Governo da Bahia lança programa com 10 mil vagas em cursos de tecnologia para incentivar empresas digitais

Fonte: Unsplash

No início de junho, o Governo da Bahia anunciou um novo projeto que deve causar um grande impacto positivo na economia da região, principalmente pensando no longo prazo. Em parceria com a empresa Digital Innovation One (DIO), o estado confirmou que o ProgramAÊ vai oferecer 10 mil vagas gratuitas em cursos de tecnologia. A ideia é aumentar o número de pessoas que atuam na área, e desenvolver negócios que possam desenvolver animações, jogos digitais e até mesmo conteúdo de realidade aumentada.

Esse projeto era estudado desde o início do ano, mas foi anunciado oficialmente apenas no dia 2 de junho, em transmissão direta pelo YouTube. O governo local confirmou que o programa será totalmente coordenado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação. Segundo comunicado oficial para a imprensa, o objetivo principal é incentivar a educação em desenvolvimento de software para o máximo de pessoas possíveis e de forma gratuita. Ou seja, é uma forma de democratizar as oportunidades no setor, que está ficando cada vez mais digital e interativo.

Nos últimos anos, a área de inovação e tecnologia ganhou muita importância no Brasil, principalmente no desenvolvimento de software. Algumas empresas conseguiram destaque, e mostraram o potencial que existe no setor em todo o país. É o caso, por exemplo, da mineira Aioros Studios, que foi criada em 2015 e chamou atenção por aplicar conceitos dos  jogos digitais em soluções de negócios. A empresa desenvolve aplicativos personalizados, conteúdo de realidade virtual, animações 3D e até mesmo jogos mobile. A ideia é usar todos esses elementos para promover produtos, marcas, treinamento e todo o tipo de conteúdo que uma organização possa precisar.

Com o incentivo na educação voltada para o mundo digital, o Governo da Bahia quer fazer com que empresas neste mesmo conceito também ganhem espaço na região baiana. Uma área com grande potencial é a de realidade aumentada, também conhecida como Realidade Virtual. Alguns especialistas garantem que essa tecnologia será capaz de mudar grandes setores da economia, desde o varejo até a educação. Algumas lojas virtuais já se utilizam dessa tecnologia para realizar vendas, principalmente na China. Porém, é preciso de bons desenvolvedores de softwares para que isso se transforme em realidade.

Iniciativa em Ilhéus

Apesar de boa parte do investimento no estado ser direcionado para Salvador, a cidade de Ilhéus não fica de fora das iniciativas voltadas para o setor de tecnologia. Em fevereiro deste ano, representantes locais estiveram no lançamento oficial da Câmara de Inovação e Tecnologia da Bahia. Ilhéus é uma das cidades que integra a iniciativa criada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA).

Isso mostra que o setor também pode causar impacto na região, principalmente no turismo, que é uma das áreas mais importantes para Ilhéus. A criação de aplicativos, ou até mesmo a produção de animações 3D para serem veiculadas nas redes sociais, por exemplo, se transformaram em ferramentas importantes que ampliam o alcance em plataformas como o Instagram e o Facebook.

O ProgramAÊ ainda está começando, e será preciso algum tempo para avaliar o impacto positivo na região. Afinal, oferecer 10 mil cursos de tecnologia significa um incentivo de longo prazo, e não algo de resposta imediatista. Uma boa notícia que pode trazer grandes benefícios para os moradores da Bahia e também para o governo local. Afinal, com mais pessoas capacitadas, o número de empresas na região também deve aumentar e trazer investimentos que podem ser realocados para outros setores. É assim que a economia se desenvolve, e com cada vez mais impacto financeiro vindo das inovações e novas tecnologias.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2021/06/governo-da-bahia-lanca-programa-com-10-mil-vagas-em-cursos-de-tecnologia-para-incentivar-empresas-digitais.html

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.