Witzel elogia ação que matou miliciano e diz que polícia da Bahia está em ‘outro patamar’

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), elogiou a ação das polícias da Bahia e do Rio de Janeiro, que culminou na morte do miliciano Adriano da Nóbrega, no último domingo (9). Em declarações à imprensa durante agenda pública na Baixada Fluminense, o chefe do Executivo disse que a Polícia está “num outro patamar”.

“Não podemos deixar de agradecer à Polícia Civil do Rio de Janeiro. Ontem tivemos duas importantes operações em parceria com outra polícia, a polícia da Bahia, e obteve o resultado que se esperava. Chegamos ao local do crime para prender, mas, infelizmente, o bandido que ali estava não quis se entregar. Trocou tiros com a polícia e infelizmente faleceu”, disse Witzel, de acordo com a Folha.

Adriano era apontado como chefe do Escritório do Crime, grupo miliciano que comanda a comunidade do Rio das Pedras. O ex-policial estava foragido desde janeiro de 2019 e foi localizado no sítio do vereador Gilson Neto, no município de Esplanada.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) informou que Adriano reagiu à ordem de prisão e atirou contra os policiais. O miliciano chegou a ser socorrido a um hospital da região, segundo informado pela pasta, mas ele não resistiu aos ferimentos.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2020/02/witzel-elogia-acao-que-matou-miliciano-e-diz-que-policia-da-bahia-esta-em-outro-patamar.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.