Petrobras anuncia fechamento de fábrica em Camaçari e Rui se revolta: “inconsequente”

A Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), localizada em Camaçari, será fechada. A informação foi anunciada na segunda-feira (19) pela Petrobras, que alegou prejuízo milionário e disse que o processo será efetivado até o final do semestre. Nesta terça-feira (20), o governador da Bahia, Rui Costa, lamentou o caso.

“Como baiano, cidadão e governador, manifesto aqui o meu repúdio e minha indignação com essa postura do governo federal. Esta é uma péssima notícia para o Nordeste e para todo o país.  O fechamento da Fafen terá um impacto negativo no Brasil, que está se firmando como uma das principais nações do mundo no agronegócio, na agricultura de médio e grande porte e na agricultura familiar. Não dá para entender esta medida. Quantas fábricas mais eles vão fechar? Os brasileiros não aguentam mais esse verdadeiro desmonte que está acontecendo no país”, declarou o gestor estadual durante o seu programa, “Papo Correria”, transmitido pelas redes sociais.

Com início das atividades na Bahia em 1971, a então Nitrofértil passou a ter a denominação atual após ser incorporada à Petrobras, em 1993. O Governo da Bahia acredita que o fechamento da Fafen, anunciado pela estatal, implica na demissão em massa dos funcionários.

“São pais e mães de família que perderão o emprego. Não podemos aceitar, em hipótese alguma, o que eles estão fazendo com o Nordeste e com o Brasil. Estou conclamando deputados e senadores da minha bancada, e vou reagir a esta decisão inconsequente”, garantiu o governador, conforme diz o Simões Filho Online.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/03/petrobras-anuncia-fechamento-de-fabrica-em-camacari-e-rui-se-revolta-inconsequente.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.