MobCidades entrega a vereadores de Ilhéus sugestões de emendas ao PLOA 2020 para a área de mobilidade

MobCidades entrega a vereadores de Ilhéus sugestões de emendas ao PLOA 2020 para a área de mobilidade 1

Na última terça-feira (12), o Instituto Nossa Ilhéus, por meio do projeto MobCidades, apresentou aos vereadores do município, durante audiência pública na Câmara Legislativa, oito propostas de emendas ao Projeto de Lei Orçamentária Anual 2020 (PLOA) para a área da mobilidade urbana. As propostas foram desenvolvidas a partir da realização de uma oficina de incidência no orçamento, realizada nos dias 24 e 25 de outubro, em parceria com o Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) – que coordena nacionalmente o projeto MobCidades.

Das emendas sugeridas, duas são para investimentos em acessibilidade, duas para o planejamento da mobilidade, duas para o apoio a conselhos de políticas públicas, uma para o transporte cicloviário e uma para a mobilidade a pé. As sugestões estão adequadas aos parâmetros dispostos na Política Nacional de Mobilidade Urbana (Lei Federal nº 12.587/2012), que estabelece a prioridade aos modos de transporte não-motorizados, a garantia da acessibilidade universal, a participação social na elaboração das políticas de mobilidade e a obrigação das cidades com mais de 20 mil habitantes elaborarem seus Planos Municipais de Mobilidade Urbana. Continue lendo

Encerra hoje (19) as inscrições para o concurso público da PM e Corpo de Bombeiros

Encerra hoje (19) as inscrições para o concurso público da PM e Corpo de Bombeiros 2

Encerra nesta terça-feira (19), o concurso público da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia. São ao todo, 1.250 vagas para contratar profissionais para o curso de formação de soldado. As inscrições são realizadas no site do Instituto IBFC, com taxa de participação no valor de R$ 70.

As vagas são divididas em: PM 900 vagas para homens e 100 para mulheres. Já o Corpo de Bombeiros: 207 para homens e 43 mulheres.

Os candidatos aprovados podem atuar nos municípios: Salvador, Interior Juazeiro, Interior Feira de Santana, Interior Ilhéus, Interior Vitória da Conquista, Interior Barreiras, Interior Itaberaba, Interior Teixeira de Freitas, Interior Alagoinhas, Interior Itabuna, Interior Porto Seguro, Interior Jequié, Interior Paulo Afonso, Interior Santo Antônio de Jesus. Continue lendo

Começa pré-matrícula para Educação Inclusiva na rede estadual de ensino com processo 100% online

Começa pré-matrícula para Educação Inclusiva na rede estadual de ensino com processo 100% online 3

Começa nesta segunda-feira (18) e segue até quarta-feira (20) a pré-matrícula de estudantes da Educação Inclusiva na rede estadual de ensino. A grande novidade para este ano é que todo o processo poderá ser feito por dispositivos móveis como tablets e celulares. Basta que os pais ou responsáveis baixem o aplicativo do SAC Digital nas lojas APP Store ou Google Play, ou façam  o cadastro através do site www.sacdigital.ba.gov.br para realizar a pré-matrícula e garantir a vaga dos seus filhos.

Quem preferir ainda pode fazer a pré-matrícula na própria unidade de ensino, mas a matrícula da rede estadual de ensino já pode ser feita 100% online pelo SAC Digital, que é uma moderna plataforma, que unifica todos os serviços do Estado em um único portal. A matrícula online foi incluída nesta ferramenta graças à parceria entre a Secretaria da Educação do Estado (SEC), a Secretaria da Administração do Estado (Saeb), e a Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).
Continue lendo

IF Baiano abre inscrições para Processo Seletivo de Professor Substituto

IF Baiano abre inscrições para Processo Seletivo de Professor Substituto 4

Com objetivo de contratar Professores Substitutos, Processo Seletivo é aberto por meio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano – IF Baiano.

A oportunidade oferece vagas para as áreas de Filosofia (1) e Química (1), em que o profissional contratado exercerá as funções em regime de 20 a 40 horas semanais no Campus Santa Inês, referente ao salário que varia entre R$ 2.694,32 a R$ 3.588,85.
Continue lendo

Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados hoje (18)

celular pre pago

As pessoas portadoras de telefones celulares pré-pagos que não atualizaram seus cadastros, após terem recebido notificação das operadoras, estão com suas linhas bloqueadas a partir desta segunda-feira (18), segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

De acordo com a Anatel, a medida vale para os clientes dos seguintes estados: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Roraima, Sergipe e São Paulo.

A agência informou que menos de 1% dos 91 milhões de celulares pré-pagos dessas regiões apresenta alguma pendência cadastral. Alertou também que é a última fase da campanha de comunicação aos consumidores com cadastros desatualizados, realizada pelas prestadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo, dentro do Projeto Cadastro Pré-Pago, acompanhado pela Anatel. Continue lendo

ILHÉUS: Sesau promove ações gratuitas em combate ao diabetes

ILHÉUS: Sesau promove ações gratuitas em combate ao diabetes 5

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), por meio do Centro de Atenção ao Diabético Hipertenso e Idoso de Ilhéus (CADHI) realizou no sábado (16) um mutirão de atendimentos e exames em atenção ao Dia Mundial do Diabetes. A ação aconteceu no Calçadão da Rua Marquês de Paranaguá e contou com a parceria das Drogarias Velanes e o prestígio do prefeito Mário Alexandre.

“O propósito do prefeito Mário Alexandre é levar serviços de saúde à população em diversas localidades. A ação é fruto da parceria entre grupos para montar um projeto de identificação e prevenção do diabetes. Esse foi o primeiro de muitos mutirões que estão por vir”, ressaltou Geraldo Magela, titular da Saúde em Ilhéus.

O prefeito elogiou a iniciativa e fez questão de lembrar que quando assumiu a Administração Municipal, os setores da saúde eram vistos com desprezo e desatenção.

“A realidade mudou e deixamos de exportar saúde para promovê-la. Com a força do trabalho, mudamos o conceito das pessoas, e hoje, vemos isso, o sorriso e a alegria da população que precisa dos serviços”.

De acordo com Pedro Maciel Couto, gerente administrativo da Velanes, foram distribuídas mais de 200 senhas para os serviços de triagem, orientação farmacêutica, consulta cardiológica, realização de eletrocardiograma, teste de pé diabético, exames de fundo de olho e pressão ocular e exames laboratoriais para os recém-diagnosticados com a doença. Continue lendo

Ilheense transforma pequeno negócio de lanches em franquia

Ilheense transforma pequeno negócio de lanches em franquia 6

Larissa Souza criou a Snack Saudável há 3 anos e tem hoje 54 unidades franqueadas (Foto: Divulgação/ Google)

Ela tinha R$ 3 mil e a ideia de transformar a hora do recreio de onde as filhas estudavam. Baiana de Ilhéus, a assistente social Larissa Souza se assustou, na verdade, com o lanche que as crianças levavam para escola. “Este público é muito exigente, não porque já sabem fazer as melhores escolhas, mas porque a concorrência com o que é ofertado às crianças em termos de produtos industrializado cheios de açúcar e calorias vazia é grande. E fazer com que elas escolham por um bom alimento é sempre um desafio”, destaca a empreendedora. 

Da lancheira veio à inspiração de criar o Snack Saudável, que passou a entregar os kits de lanches – com uma fruta, bebida natural e carboidrato na medida certa – um pouco antes do intervalo das aulas. E não demorou muito para um negócio que começou na cozinha de casa se tornar uma franquia.

Em três anos, a Snack Saudável saiu de uma cidade do interior de Rondônia, onde Larissa mora atualmente, e ganhou 54 unidades franqueadas. Até o final deste ano, inclusive, três delas devem ser inauguradas na Bahia, nas cidades de Salvador, Lauro de Freitas e Feira de Santana. “Muitas pessoas começaram a procurar pelo nosso modelo de negócio e então formatamos a franquia. Conquistamos a multiplicação de uma ideia, um conceito de um estilo de vida diferente para um público tão assediado por uma alimentação industrial”, acrescenta.

A história de Larissa é mais uma experiência que mostra que não precisa ser grande para franquear um negócio e usar isso a favor do crescimento da marca. O que vale é o tamanho da ideia. Segundo o diretor regional Nordeste da Associação Brasileira de Franchising (ABF), Leonardo Lamartine, o primeiro passo é identificar se a marca é mesmo replicável. “É o que a gente chama de análise de franquiabilidade. Mostrar os propósitos, ganhos financeiros que o franqueado pode ter. É a melhor forma de vender franquias e se criar neste mercado”, pontua. 

Em seguida, o caminho é buscar o auxílio de um advogado especializado em franquia ou um consultor da área. Outra dica também é ouvir franqueadores que escalonaram seu negócio com sucesso. “Se você tiver algum franqueador já com a expertise, converse. Se possível, se junte a ele e o transforme em um acelerador da sua franquia. O ponto de equilíbrio de uma franquia é a partir de 20 franquias vendidas. Antes disso é investimento. Ele precisa investir em estrutura e consultoria”, afirma. Continue lendo

Vila Galé cancela construção de resort em área indígena no sul da Bahia

 

Vila Galé cancela construção de resort em área indígena no sul da Bahia 7

Crédito: Gerhard

O grupo hoteleiro Vila Galé cancelou o projeto de construir um resort turístico numa área reclamada por uma tribo indígena brasileira no sul do estado da Bahia.

O Vila Galé garante que o projecto nasceu em Abril de 2017 fruto de um convite do Governo da Bahia e da Prefeitura de Una para a realização deste investimento, que teria como objectivo “ajudar ao desenvolvimento da região”. Todos os estudos feitos ao projecto foram aprovados, garante o grupo.

“Ao longo de todo esse tempo não surgiu qualquer reclamação ou reivindicação”, prossegue a nota. “No local e num raio de muitos quilômetros, não havia nem há qualquer tipo de ocupação/utilização, nem sinais de qualquer atividade extrativista por parte de quem quer que seja. Não existe qualquer reserva indígena decretada para esta área, nem previsão de a vir a ser. Passaram três mandatos governamentais anteriores, com vários ministros da Justiça e nenhum deles aprovou a demarcação das terras indígenas.”

“Certamente porque não encontraram fundamento legal para o efeito de decretar uma gigantesca área de reserva de 47 mil hectares”, justifica o grupo. Reconhecendo tratar-se de “um tema delicado que suscita estados emocionais”, o revela abandonará o projecto, por não quererem que um dos seus hotéis nasça “com a iminência de um ‘clima de guerra’, que classificam como “injusto” e “sem fundamento”. Continue lendo