Política

Vote em Cacá Colchões (PP) e reeleja Ângela Sousa (PSD); entenda

Que o sistema partidário brasileiro se encontra em estado de decomposição, qualquer cidadão comum há de saber.

Mas é importante lembrar que as coligações partidárias, nas eleições proporcionais – para deputados estadual e federal –, ainda estão valendo nas eleições deste ano.

Um perigo!

Um partido se coliga a outro, eles somam os votos como se fossem um só – e não são – para disputar os votos do eleitorado.

Em 2022, adeus, coligações proporcionais, o que vai deixar muita gente desempregada.

Do que deve cuidar com atenção o eleitor?

Se você escolher um candidato por convicção, procure saber com que partidos e outros candidatos ele está coligado.

Ou seja: com quem ele vai concorrer, internamente, ao cargo que disputa.

Por que isso é importante?

Muitas vezes, nós votamos com absoluta convicção em um nome escolhido, mas o nosso voto vai ajudar a eleger outro personagem, que pode ser alguém desprezível em que nunca depositaríamos um real de confiança (e, em regra, estes têm milhões de reais).

A depender da sua conclusão, é possível encontrar outro candidato em outra coligação – a deputado estadual ou federal – que mereça o seu voto e não seja apenas ‘bucha de canhão’.

Os Deputados são eleitos pelo coeficiente eleitoral, logo não é apenas pelo seu voto, é um conjunto de votos, que seu partido ou uma determinada coligação tem. Continue lendo

Eleitores não poderão mais ser presos a partir desta terça-feira (2)

A partir desta terça-feira (2/10), a cinco dias das eleições, nenhum eleitor poderá ser preso ou detido exceto em casos de flagrante delito ou de sentença criminal condenatória por crime inafiançável por desrespeito a salvo-conduto. A orientação está na legislação e prevista no calendário eleitoral.

Também nesta terça será o último dia para a verificação das assinaturas digitais do Sistema de Transporte de Arquivos da Urna Eletrônica, do Subsistema de Instalação e Segurança e da Solução JE-Connect instalados nos equipamentos da Justiça Eleitoral.

Essa verificação deve ser feita por representantes dos partidos políticos e das coligações, da Ordem dos Advogados do Brasil, do Ministério Público e das pessoas autorizadas em resolução específica a formalizar pedido ao juízo eleitoral. Amanhã também é o último dia para os tribunais regionais eleitorais divulgarem na internet os pontos de transmissão de dados que funcionarão em locais distintos daquele de funcionamento da junta eleitoral.

Em apenas 52 cidades da Bahia eleitores perdem o direito de votar

586.333 eleitores de 52 cidades baianas onde a biometria era obrigatória (confira a lista abaixo) tiveram o título cancelado por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) na última semana. A Bahia foi o estado brasileiro com o maior número de títulos cancelados, com 5,6% do total, seguida por São Paulo e Paraná.

A decisão do STF refere-se apenas às cidades onde a biometria era obrigatória. Nas cidades onde a biometria era facultativa, os eleitores que não fizeram cadastramento biométrico podem votar normalmente.

Para conferir se o eleitor teve o título cancelado ou não, basta acessar o site do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) e conferir. São necessários nome completo e data de nascimento. (http://www.tre-ba.jus.br/eleitor/situacao-eleitoral/consulta-por-titulo)

Lista das cidades onde a biometria foi obrigatória: Continue lendo

Lei da Ficha Limpa retira 173 candidatos das eleições de outubro

Dos 29.101 candidatos que pediram registro, a Justiça Eleitoral rejeitou 1.888, o que representa 6,5% do total. Segundo dados disponíveis no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 173 candidatos foram julgados inaptos por causa da Lei da Ficha Limpa, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que disputaria o Palácio do Planalto pelo PT.

A falta de requisitos para registro – como a não comprovação de pleno exercício dos direitos políticos, alistamento eleitoral e filiação partidária – foi o principal motivo para indeferimento de candidaturas – 75,46% do total de pedidos. Treze candidatos foram considerados inaptos a disputar as eleições por abuso de poder e outros cinco por gasto ilícito de recursos.

A Justiça Eleitoral confirmou 27.213 candidaturas, um crescimento de 4% em relação a 2014, quando 26.162 disputaram as eleições gerais – presidente, governador, senador, deputado federal, estadual e distrital. Até agora, 682 candidatos renunciaram e três morreram.

Embora a corrida presidencial seja a mais discutida no país, a eleição para a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) é a mais disputada: são 40,88 candidatos por vaga. A Câmara Legislativa tem 24 cadeiras e se apresentaram 981 concorrentes.

As 26 assembleias legislativas têm 1.035 cadeiras e 17.950 candidatos, o que dá em média 17,34 concorrentes por vaga. Para as 513 vagas na Câmara dos Deputados, são 8.595 postulantes (16,75 por vaga). Continue lendo

Prazo para requerer segunda via de título termina nesta quinta-feira (27)

Termina nesta quinta-feira (27/9) o prazo para o eleitor solicitar a segunda via do título no cartório eleitoral da zona onde está cadastrado. O documento não é o único aceito no pleito de outubro e o eleitor pode se apresentar com outros, desde que seja oficial com foto, como a carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira de motorista ou passaporte.

Para solicitar a segunda via do título, o eleitor deve estar em dia com a Justiça Eleitoral, ou seja, não poderá ter débitos pendentes, como multas por ausência às urnas ou aos trabalhos eleitorais, como o de mesário, ou ainda ter recebido multas em razão de violação de dispositivos do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965), da Lei das Eleições (Lei 9.504/1997) e leis conexas. Multas devem ser pagas por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU) emitida pelo cartório eleitoral e podem variar de R$ 1 a R$ 35,14.

Eleitores que estiverem com a situação regular também podem optar pela versão digital do título de eleitor que pode ser obtida gratuitamente por meio do aplicativo e-Título, disponível para smartphones gratuitamente nas lojas virtuais Apple Store e Google Play. Continue lendo

Bolsonaro na liderança; Haddad mantém escalada; Ciro cai, diz BTG/FSB

Foto: Ilustrativa

A semana começou com más notícias para os adversários de Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Segundo levantamento BTG/FSB divulgado na madrugada desta segunda-feira, os dois se mantêm na ponta. Bolsonaro repetiu os 33% da semana passada, enquanto Haddad manteve a escalada: passou de 16% para 23%. Ciro Gomes (PDT) recuou de 14% para 10%, enquanto Geraldo Alckmin (PSDB) passou de 6% para 8%. Marina Silva (Rede) manteve os 5%.

7% disseram que não vão votam em ninguém, 2% votarão nulo ou branco, 4% não sabem.

A pesquisa do BTG é a que tem dado maior pontuação a Bolsonaro na comparação aos outros levantamentos como o Datafolha e o Ibope. Continue lendo

Ciano Filho diz que região precisa de mais representantes na Câmara dos Deputados

“A Região Sudoeste é um verdadeiro estado dentro da Bahia, um território imenso e com uma grande população carente de muitos serviços públicos, desde a distribuição de água a escolas, hospitais e emprego. Hoje temos poucos representantes para garantir o efetivo desenvolvimento deste lado da Bahia”. Quem afirma é o candidato a deputado federal pelo PROS, Ciano Filho.

Segundo ele, o eleitorado do sudoeste precisa tomar consciência da importância de eleger representantes que conheçam suas necessidades e que possam destinar emendas parlamentares para atender essas carências. “Não será votando deputados de outras regiões que vamos resolver os nossos problemas. Precisamos nos unir para aumentar o número de representantes federais”, disse.

Ciano Filho vem angariando apoios importantes para sua campanha em diversos municípios do Sudoeste e também do Sul do Estado. Para ele, o eleitor deve ter consciência de que é preciso conhecer a história de cada candidato para não mandar para a Câmara Federal pessoas que não conhecem a realidade dos municípios onde são votados. Continue lendo

Ridículo, mas Alagoas vai eleger Renan Calheiros pra mais um mandato no Senado Federal

A eleição para o Senado em Alagoas segue acirrada. É o que mostra os números da pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (19). Nove candidatos disputam o pleito e dois devem ser escolhidos pelos eleitores no dia 7 de outubro.

Conforme os números mostrados pelo Ibope, em parceria com a TV Gazeta, o candidato à reeleição Renan Calheiros (MDB) foi mais citado pelos eleitores na preferência de votos com 39%. Rodrigo Cunha (PSDB) aparece em segundo, com 37%, Benedito de Lira (PP) tem 25% da preferência e Maurício Quintella (PR) fica em quarto com 18%. Continue lendo

Anúncio
Técnico em informática em Ilhéus

Técnico em informática em Ilhéus

Ultra Li

ADMINISTRAÇÃO DE SITES, BLOG E HOSPEDAGEM WEB
Administração técnica do seu site e blog, mantendo o funcionamento otimizado.

Solicite seu orçamento Aqui