Na segunda-feira, 11, o presidente da Comissão do Direito Trabalhista da OAB de Ilhéus, Dr. Marcos Flávio, e a Conselheira Estadual da OAB-BA, Dra. France Anne Nolasco, representando a OAB de Ilhéus, e a Presidente da OAB-BA Daniela Borges, entregaram ao Governador do Estado da Bahia, Jeronimo Rodrigues, um diagnóstico da necessidade de preservação da Terceira Vara do Trabalho de Ilhéus.

“O encerramento das atividades da Terceira Vara do Trabalho de Ilhéus ocasionará enormes prejuízos à advocacia, aos jurisdicionados, bem como toda a população, atingida direta ou indiretamente. Significa um retrocesso à tutela de direitos trabalhistas no Sul da Bahia, já que sua jurisdição também abrange as demandas de Canavieiras, Itacaré, Una e Uruçuca. É imprescindível a mobilização de todos para que se evite a perda da vara ilheense”, pontuou a Dra. France Anne Nolasco, Conselheira Estadual da OAB/BA.

“Precisamos adotar uma visão expansionista! Um recuo das atividades naquela corte, trará danos futuros irreparáveis para toda a advocacia regional. Estamos mobilizando os poderes públicos, políticos, as instituições e toda a sociedade no sentido de impedir a extinção deste instrumento de defesa da população e fortalecimento da advocacia. Ilhéus atravessa um de seus melhores momentos com a chegada do Porto Sul e dezenas de empreendimentos voltados para essa nova realidade do Município. Portanto, essa bandeira em defesa da Terceira Vara Trabalhista é uma luta de todos”. desabafou o Presidente da Comissão do Direito Trabalhista da OAB Subseção de Ilhéus, Dr. Marcos Flávio.

Informações do Diário Bahia

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *