O Banco de Leite Humano do Hospital Manoel Novaes (HMN), da Santa Casa de Itabuna, promove diversas ações para promoção, sensibilização, proteção e incentivo à amamentação nos primeiros anos de vida da criança.

Entre as atividades, orientações previstas no Programa “Roda de Conversa” nas unidades básicas de saúde do município, transmissão ao vivo no Instagram, além da participação no V Seminário Agosto Dourado da Bahia-Webinário.

A diretora técnica do HMN, médica Fabiane Chávez, destaca que o leite materno é a melhor fonte de nutrição para os bebês. “É a alternativa mais eficiente para diminuir as taxas de mortalidade infantil”.

Ela lembra que dados do Ministério da Saúde mostram a amamentação capaz de reduzir em até 13% os índices de morte de crianças com até cinco anos idade. “É um percentual significativo. Por isso, a importância de um envolvimento cada vez maior da população, principalmente do público feminino”, afirma.

Proteção contra doenças
A enfermeira do Banco de Leite da Santa Casa, Bianca Baleeiro, observa que o leite materno é alimento tão rico que, entre outros benefícios, protege a criança de doenças como diarreia, infecções respiratórias e alergias.

“Estudos indicam ainda que a amamentação ajuda a reduzir o risco de a criança desenvolver hipertensão, colesterol alto, diabetes, combate e até evita a obesidade. Além dessas vantagens, o leite materno é um produto de custo zero”, pontua a enfermeira.

Em todo o Brasil, há 222 bancos de leite humano e um deles é o da Santa Casa de Itabuna, instalado no Manoel Novaes, um dos 301 Hospitais Amigos da Criança, que promovem 10 passos para o sucesso do aleitamento materno, iniciativa desenvolvida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para a infância (Unicef).

“Rodas de conversa”

A gerente de Enfermagem do HMN, Luciana Nobre, conta que a retomada das “Rodas de Conversa” nas unidades básicas de saúde é uma das ações da programação do “Agosto Dourado”.

O programa orienta as gestantes e seus companheiros sobre a importância do pré-parto, parto, pós-parto e a amamentação nos primeiros anos de vida. “Essas ações eram promovidas antes da pandemia, foram suspensas e retomadas recentemente. Esses encontros são fundamentais para a sensibilização e conscientização das mamães”.

Na quarta-feira (4), as atividades foram realizadas na Unidade Básica de Saúde (UBS) Fátima I, no bairro de Fátima. Na oportunidade, gestantes e mães de recém-nascidos puderam tirar dúvidas sobre a amamentação e como devem se comportar durante o pré e pós-parto.

Entre as participantes estava dona Alexsandra Santos Gonçalves, que será mãe pela segunda vez. “Mesmo com certa experiência, eu ainda tinha algumas dúvidas, principalmente sobre o aleitamento, quando devemos parar de amamentar”, conta.

Webinário e aumento de mães doadoras

No dia 12, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, as atividades serão realizadas na UBS José Edites, na Rua Floresta, bairro São Caetano, com a participação de Agentes Comunitários de Saúde e coordenação do representante da Saúde da Mulher em Itabuna.

Além disso, o Banco de Leite Humano participa, como convidado, no dia 25 deste mês, do Seminário Agosto Dourado da Bahia 2021-Webinário, promovido pela Secretaria de Saúde do Estado.

De acordo com o Ministério da Saúde, a estratégia para incentivar a amamentação tem ajudado a gerar bons resultados. Os índices nacionais do aleitamento materno entre crianças menores de seis meses aumentaram de 2,9%, em 1986, para 45,7% em 2020. No mesmo período, o aleitamento para crianças menores de quatro anos passou de 4,7% para 60%.

::Publicidade
Compartilhar Post:

1 thought on “ITABUNA: Banco de Leite reúne ações sobre importância da amamentação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *