Turismo e cultura elevam Ilhéus no cenário nacional

Turismo e cultura elevam Ilhéus no cenário nacional 1

Ilhéus tem se destacado cada vez mais como terra amada não só dos ilheenses e gente da Bahia, mas do Brasil e do mundo todo. Com classificação na categoria A em 2019-2021 pelo Ministério do Turismo, que avaliou e mapeou indicadores, a cidade caminha para os 500 anos como um dos seis destinos mais procurados da Bahia, por experienciar contínuas transformações. Com a estima ilheense melhorada por meio do conjunto de ações desenvolvido pela Prefeitura, a cultura e o turismo têm sido fortalecidos e despontam a terra do chocolate no horizonte da ascensão.

As realizações protagonizadas pelo executivo municipal com o planejado pacote de medidas executadas e em continuidade de implementação, como na infraestrutura, educação, saúde e, inclusive, no cenário turístico e cultural, têm impactado positivamente e refletido na qualidade de vida da população.

Do meado de 2019 para cá, a Secretaria de Cultura e Turismo trouxe para o calendário turístico da cidade eventos estruturados com artistas de renome nacional. A exemplo, a edição do Viva Ilhéus de 2019, trouxe Bell Marques como atração principal, em comemoração ao aniversário de 485 anos de Ilhéus, com um show inesquecível que já fez história na memória dos ilheenses.

No recente réveillon, a maior virada da região, a Prefeitura trouxe Armandinho, Dodô e Osmar com um super show em grande estilo, em plena Avenida Soares Lopes lotada no acesso para a nova ponte. O grupo foi homenageado pelos 70 anos do trio elétrico e trajetória dos artistas, que contribuíram para a história da música baiana. Outros sucessos nacionais como Cheiro de Amor, Denny Denan e Solange Almeida também marcaram o réveillon, que contou com forte presença de músicos e bandas locais.

Potencializar a capacidade turística, reconhecer e valorizar a cultura de Ilhéus, planejar e fazer acontecer eventos estruturados para destacar ainda mais a cidade na Bahia e no Brasil, são algumas das diretrizes seguidas pela pasta da Cultura e Turismo.

“Estou muito grato de poder estar neste paraíso. As praias são maravilhosas, e eu pude aproveitá-las. As pessoas são muito gentis, hospitaleiras. A comida é muito boa. Me alegro toda vez que vou comer. A cidade me pareceu bastante segura. Me senti livre pra passear por aí sem precisar ter medo de nada. Agradeço por poder ter passado este tempo aqui, e ter conhecido as coisas que conheci. Espero voltar pra poder conhecer mais”, elogiou o turista suíço, da cidade de Berna, Lukas Suter, durante estadia em Ilhéus.

O secretário da Cultura e Turismo de Ilhéus, Fábio Manzi Jr., informa que “além da proposta de realizar eventos estruturados, as próximas ações também estarão voltadas às capacitações, no atendimento aos seguimentos de hotelaria e restaurantes, bem como de política digital na área cultural, ações que a Secretaria de Cultura e Turismo realizará”.

Atualmente, iniciativas de fomento e participação no planejamento e realização de projetos como o Cidade Verão são realizadas pelo município, que oferece o atual complexo de lazer instalado na Avenida Soares Lopes. Música na Praça Castro Alves com apresentações de artistas locais e regionais, Ilhéus rumo aos 500 anos, planejamento para o museu da capitania, realização e apoio a eventos das manifestações culturais e populares como a Puxada do Mastro de São Sebastião, festa da lavagem da escadaria da Catedral, carnavais culturais do Hernani Sá e Pontal, festa de Iemanjá, festividades juninas como São João nos bairros e aniversário da cidade são também outros trabalhos empreendidos.

Com vistas à valorização e reconhecimento da cultura local, a pasta da Cultura e Turismo da Prefeitura fomenta relacionamento com a classe dos músicos ilheenses, para garantir a participação de bandas locais nos eventos da cidade. Além disso, outras ações que incluem a cultura como matriz para fomento ao turismo se refletem na realização da semana Jorge Amado, bem como na organização dos vinte receptivos de navios que importam para Ilhéus mais de 70 mil pessoas durante a temporada até o mês de abril 2020, com as apresentações de baianas, capoeiristas e percussionistas, na exportação, pela arte, de Ilhéus, para todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *