MAKRO FECHA LOJA DA RODOVIA ILHÉUS-ITABUNA

MAKRO FECHA LOJA DA RODOVIA ILHÉUS-ITABUNA 1

Os funcionários do Makro da Rodovia Ilhéus-Itabuna, em Ilhéus, foram pegos de surpresa, nesta manhã de quarta-feira (15), ao chegar para trabalhar. Logo no portão da loja, um aviso de que a empresa havia encerrado as atividades na loja sul-baiana.

O Makro inaugurou a loja ilheense em 2010, com cerca de 150 funcionários. A empresa informou aos funcionários que haveria, para quem desejar, a opção de transferência para lojas em Minas Gerais.

No mercado, a informação é de que a estrutura na Rodovia Ilhéus-Itabuna pode ser adquirida por um grupo mineiro que já trabalha no sistema atacarejo. Desde o ano passado, o Makro está no alvo do Carrefour, dono do Atacadão, para compra em negócio estimado em R$ 5 bilhões.

Informações do Pimenta

8 respostas a MAKRO FECHA LOJA DA RODOVIA ILHÉUS-ITABUNA

  • Isto é reflexo dos ladrões que governaram o país desde sempre e o último o maior Ladrão da história do Brasil o Luladrao que arrasou quebrou o Brasil…. Mais Vamos Sim sair desta crise …. Brasil Acima de Tudo Deus Acima de TODOS . …🇳🇬💚🇳🇬😎😎😎

  • Helenildo Cardoso de Jesus disse:

    Sempre falei que não adiantava abri um monte de atacadistas ,sendo que ilhéus em especial não tenhe industriais pra gerar rendas que adianta terercada mas cadê as indústrias lamentamos isso

  • Isso se chama administração, onde o Makro fechou provavelmente irá abrir outra empresa do mesmo seguimento. Já aconteceu anteriormente com outras lojas da rede, fechou, outra comprou, abriu outra bandeira com o mesmo seguimento e está indo bem. Infelizmente algumas empresas não consegui se adotar aos clientes, ao invés disso fica esperando sentado os clientes adaptarem a eles. Claro isso nunca acontecerá.

  • Comecei a trabalhar no Makro em 2008, empresa ótima tudo que sei hoje aprendi lá. Porém o Makro não acompanhou o mercado, acostumado em ser pioneiro no ramo atacadista deixou muito a desejar em relação as formas de pagamento, preços e etc… Isso impactou muito e quando eles resolverem mudar já era tarde. A concorrência é acirrada tem que acompanhar. Isso não tem nada a ver com governo, tem a ver com a má ADM do grupo… O Makro ja vem ruim das pernas desde 2012/2013… Um exemplo clássico é o Atacadão do grupo Carrefour, tem quase os mesmo modos de trabalho porém acompanha o mercado e já está operando a mais de 50 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *