JOVEM QUE ATIROU EM OUTRO NO SHOW DA VIRADA COM VINGADORA EM ILHÉUS, PEGOU 24 ANOS DE PRISÃO

Foto do preso na época

O Tribunal do Júri de Ilhéus condenou o jovem Rafson Lima Calazans a 24 anos de reclusão, em regime inicial fechado, por suposta prática de homicídio qualificado e tentativa de homicídio qualificado.

O caso aconteceu no último dia do ano de 2017, quando a Banda A Vingadora tocava na Avenida Soares Lopes, policiais do PETO 68, em ação no circuito da festa de fim de ano, se deparou com uma multidão correndo, após um homem ser baleado.

Com a aproximação dos policiais um indivíduo identificado por Rafson Lima Calazans fugiu do local com a arma em punho, não conseguindo ir muito longe sendo alcançado pelos PMS.

A arma usada no homicídio foi um revólver calibre 32, com dois cartuchos deflagrados e 04 picotados.

Cabe recurso da sentença.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2019/05/jovem-que-atirou-em-outro-no-show-da-virada-com-vingadora-em-ilheus-pegou-24-anos-de-prisao.html

2 comentários

    • Juliana em 27 de maio de 2019 às 20:25
    • Responder

    Suposto não e tentativa não tb… Ele tirou a vida de um inocente, sem direito a defesa. Que a justiça dos homens se cumpra! #PAZ #Jhonatasteamamos #famíliaemluto

    • Mariana em 29 de maio de 2019 às 15:07
    • Responder

    Ele errou , sim mas agora tá tendo uma nova chance de remeçar vive uma nova vida uma nova história , pagará pelo seu erro , que Deus o perdoe e fortaleça a família da vítima e a dele também , somos todos pecadores mas Deus diz que devemos amar o próximo e também está na bíblia 70×7

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.