:: Colunistas
::Publicidade

Itabuna foi município que mais perdeu vagas de empregos na Bahia, em outubro

Itabuna foi município que mais perdeu vagas de empregos na Bahia, em outubro 1

Segundo relatório levantado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) – sistematizado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia – SEI, o estado abriu 625 postos de trabalho com registro em carteira em outubro de 2018, uma ampliação de 0,04% em relação ao montante existente no estoque do mês anterior.

O resultado positivo decorreu da diferença entre 48.140 admissões e 47.515 desligamentos. O saldo para o estado da Bahia, em outubro de 2018, foi positivo depois de seis anos consecutivos de saldos negativos (na comparação com o mesmo mês). Análise Região Metropolitana de Salvador (RMS) e Interior Analisando os dados referentes aos saldos de empregos com carteira assinada distribuídos no estado em outubro de 2018, constata-se o surgimento de postos na RMS e no interior.

De forma mais precisa, enquanto na RMS foram criados 264 postos de trabalho no décimo mês do ano, no interior foram geradas 361 posições celetistas. Quanto ao saldo de emprego acumulado no ano de 2018, enfatiza-se que a RMS gerou (+8.688 postos) e o interior criou (+29.463 postos) posições de trabalho com carteira assinada. Análise Municipal Em outubro, entre os municípios com mais de 30 mil habitantes, Lauro de Freitas (+628 postos), Guanambi (+277 postos) e Barreiras (+205 postos) tiveram os maiores saldos de empregos. Em compensação, entre os que mais fecharam posições de trabalho formal na Bahia em outubro de 2018 estão Salvador (-517 postos), Cruz das Almas (-269 postos) e Casa Nova (-190 postos).

Quanto ao saldo acumulado do ano, na geração de postos, destacaram-se Salvador (+5.199 postos), Juazeiro (+4.247 postos) e Dias D ́Ávila (+1.832 postos). Por outro lado, Itabuna (-1.155 postos), Mata de São João (-449 postos) e Porto Seguro (-323 postos) foram os municípios com as maiores perdas de postos de trabalho celetista entre os municípios com mais de 30 mil habitantes.

Com informações do Caged. Conteúdo extraído de agenciasertao.com – Mantenha os Créditos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Life Saúde
Life Saúde
::Publicidade