Ministério da Saúde nega incluir no SUS único medicamento para atrofia muscular espinhal

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), do Ministério da Saúde, rejeitou a recomendação inicial para incorporar o Spinraza® (nusinersena) na lista de medicamentos oferecidos pelo SUS. Esta medicação é a única disponível no mundo para tratar a atrofia muscular espinhal (AME).

Para Fátima Braga, da Associação Brasileira de Atrofia Muscular Espinhal (Abrame), a recomendação inicial da Conitec é desanimadora. “Estamos acompanhando o desenvolvimento desse medicamento há anos. Fizemos uma grande pressão sobre a companhia e o governo para que ele fosse registrado e precificado o mais rápido possível, e conseguimos isso em tempo recorde. Agora, temos que nos mobilizar para mostrar, na consulta pública, o quão transformador essa inclusão pode ser na vida dos pacientes”, avalia.

Médicos, pacientes, familiares e demais interessados podem opinar sobre esta decisão até o dia 17 de setembro, por meio da Consulta Pública nº45 está disponível no próprio site da Conitec (clique aqui), informou o BN.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/09/ministerio-da-saude-nega-incluir-no-sus-unico-medicamento-para-atrofia-muscular-espinhal.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.