História fascinante do idoso Ilheense de 100 anos que ainda trabalha e gosta de ouvir moda sertaneja

Nem parece que este homem tem 100 anos de idade. De origem simples do campo que trabalhou em roça de toco e que foi atraído para Mato Grosso em busca de garimpo na cidade de General Carneiro em 1950.

Foi assim que começou a história de João Antônio Costa que nasceu na cidade do escritor Jorge Amado, Ilhéus na Bahia, em 17 de setembro de 1918, mas se criou em Belo Horizonte e depois na cidade de Sete Lagoas em Minas Gerais. Com 32 anos, João pegou as malas e seguiu para Mato Grosso em busca de diamantes.

Ele conta que o garimpo já estava no seu final e logo teve que trocar a bateia pela enxada e foi trabalhar na roça de toco e plantio de arroz e feijão. E foi na roça que ele conseguiu se aposentar como lavrador e passou a morar num pequeno sítio na beira do rio Barreiro na companhia da esposa, dona Alexandrina de 83 anos, que é conhecida como Duquesa.

Um casal bastante simpático que criou onze filhos, vários netos, bisnetos e até tataranetos. “Eu aprendi a lê e escrever ainda menino lá em Minas Gerais na época da palmatória só que a professora não precisava usar ela com a gente porque a gente era comportado e estudava mesmo”, explica o aposentado. “Eu tinha que caminhar uma légua (cerca de seis quilômetros) para estudar”, completou.

Ao completar 100 anos, sr João Antônio está longe de parar com o trabalho. Ele continua mexendo com uma horta de onde tira alface, cheiro verde e cebolinha para comer e adora pescar no Barreiro. Outra alegria do idoso centenário é ouvir música principalmente clássicos sertanejos. Para tanto ele tem um som potente em casa para relembrar as modas de viola do passado. Pelo menos uma vez por semana o aposentado vem de ônibus a cidade de Barra do Garças para gravar um pen drive com músicas antigas.

No sábado, dia 22/9, familiares e amigos estiveram no sítio e fizeram uma festa surpresa para o aposentado com bolo e delicioso churrasco. A equipe do Site Araguaia Notícia esteve lá e na ocasião conheceu um pouco mais desta história fascinante de um homem de 100 anos que merece todo o nosso respeito e admiração.

Assista o vídeo do homem de 100 anos que está longe de parar e que é muito feliz com a vida que leva. E segue um vídeo de brinde onde ele está sentado ouvindo as músicas sertanejas que ele curte, informou o folhamt.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/09/historia-fascinante-do-idoso-ilheense-de-100-anos-que-ainda-trabalha-e-gosta-de-ouvir-moda-sertaneja.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.