ITABUNA: Parte de obra inacabada de shopping popular desaba pela segunda vez em menos de dois anos, bombeiros resgatam duas vítimas

Foto: Raphael Marques/TV Santa Cruz

Parte da obra inacabada do shopping popular de Itabuna, desabou na madrugada desta quinta-feira (26). O espaço está em construção desde 2014, mas as obras foram abandonadas desde o ano passado.

Esta é a segunda vez que a construção desaba em menos de dois anos. 

Com a queda da estrutura, parte dos escombros tomou a calçada onde o shopping é construído e ainda alcançou a via de passagem de veículos. A Defesa Civil do município esteve no local para avaliar o imóvel que fica no centro da cidade. Parte do quarteirão da Avenida Inácio Tosta Filho, onde está localizado o shopping foi isolada.

A primeira vez que o espaço caiu foi em novembro de 2016. Na época, o Corpo de Bombeiros embargou as obras por cerca de oito meses. Porém, em 2017, a construção foi retomada. Ainda no ano passado, as obras foram embargadas mais uma vez.

Foram gastos mais de R$ 2 milhões para construir o prédio, que tem três andares e 150 boxes para abrigar os camelôs que atualmente ocupam a praça Adami, em Itabuna. Entretanto o espaço possui muitos problemas estruturais, como infiltrações e rachaduras.

Além disso, o forro de gesso está apodrecendo. Uma cerca foi instalada para isolar a área, mas não impediram que as portas de metal fossem destruídas por vândalos, que também furtaram materiais da obra.

De acordo com a prefeitura da cidade, em janeiro deste ano, uma comissão da gestão municipal emitiu um relatório sugerindo a demolição do prédio. A situação foi parar na Justiça, que então nomeou um perito para avaliar se realmente o prédio será demolido ou se há possibilidade de ser reformado. Porém, até a publicação desta reportagem, a obra segue abandonada.

Bombeiros resgataram, na tarde desta quinta-feira (26), duas vítimas do desabamento de parte da estrutura do Shopping Popular. Dois homens foram removidos dos escombros do segundo pavimento do imóvel que desabou parcialmente. Apesar de não sofrerem ferimentos graves, os homens estavam impossibilitados de sair do local após a estrutura ceder.

As buscas por mais vítimas foram encerradas e a área do acidente foi isolada pelos militares, para evitar novos casos com transeuntes. O centro de compras, idealizado para comércio popular, continua interditado desde o último desabamento, em 2016, ocorrido na gestão do então prefeito Claudevane Leite. O desabamento ocorreu por volta das 4h. Equipes do Corpo de Bombeiros continuam no local. Uma retroescavadeira da prefeitura foi enviada para o espaço para ajudar na remoção dos escombros. As causas do acidente ainda são desconhecidas, informou o G1/BA e BN.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/07/itabuna-parte-de-obra-inacabada-de-shopping-popular-desaba-pela-segunda-vez-em-menos-de-dois-anos-bombeiros-resgatam-duas-vitimas.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.