Itabuna: Rodoviários param por reajuste salarial e cidade amanhece sem transporte

Itabuna: Rodoviários param por reajuste salarial e cidade amanhece sem transporte 1

Quem depende do transporte público em Itabuna, sul baiano, ficou sem o serviço na manhã desta terça-feira (29). É que os rodoviários decidiram paralisar as atividades devido a não concordarem com um aumento proposto pelas duas empresas que operam o serviço na cidade. Segundo o Blog do Pimenta, os trabalhadores pedem 6% de reajuste salarial e mais 10% no valor do tíquete refeição. Só que as empresas oferecem 1,78% a mais no salário e 0,78% acrescidos nos tíquetes. Além do problema do transporte público, a cidade tem sofrido também com o desabastecimento.

Segundo a TV Santa Cruz, nesta segunda-feira (28) uma carreta abasteceu apenas dois postos de combustíveis.

São José da Vitória: Homem mata a própria esposa a facadas e é encontrado abraçando corpo da vítima

São José da Vitória: Homem mata a própria esposa a facadas e é encontrado abraçando corpo da vítima 2

Um crime macabro chocou a pequena população de São José da Vitória na noite desta segunda-feira (28). De um lado, uma dona de casa de 40 anos, que entrou para a vasta lista de crimes contra a mulher. De outro, um homem possessivo, contraditório, frio, que, com ciúmes e “incentivado” pela bebida, resolveu matar a companheira durante uma suposta discussão.

Era por volta das 20h30min, quando a Polícia Militar foi chamada para atender uma ocorrência na Quadra BR, número 124, bairro Novo, naquela cidade. Chegando na casa indicada pelo denunciante anônimo, a PM se deparou com a seguinte cena: na cama do casal, Zenildo Souza de Jesus, de 36 anos, estava abraçado ao corpo ensanguentado da companheira, Maria Rita de Jesus Santos, assassinada a facadas.

Aparentemente bêbado, o homem não esboçou nenhuma reação. Foi logo confessando o crime. Do lado de fora do imóvel, cenário do bárbaro assassinato, populares estavam revoltados. Queriam linchar o criminoso, que escapou por causa da intervenção da polícia. Levado para o plantão do Complexo Policial de Itabuna, por medida de segurança, Zenildo alegou que matou a mulher porque ela o traía.

Segundo o acusado, a relação, que durou cerca de dois anos, era marcada por traições e brigas. O criminoso contou que o relacionamento com Maria Rita ficou mais sério após ele ter “tomado ela do primeiro marido”. Continue lendo

ILHÉUS: Servidores municipais não aceitam proposta do governo Marão, e já tem parada programada

 

ILHÉUS: Servidores municipais não aceitam proposta do governo Marão, e já tem parada programada 3

No inicio da noite desta segunda (28), na sede do Sindicato dos Servidores Públicos de Ilhéus ( SINSEPI) na rua carneiro da rocha no centro da cidade, foi realizado mais uma assembleia para apreciar a proposta do governo municipal, todavia, a proposta do governo de reajustar o salário em 2.98% não foi aceita pelas categorias, e decidiram conceder um prazo de 72h para o governo municipal apresentar uma nova proposta para a categoria.

Caso, o governo não apresente nenhuma proposta, na segunda (04), os servidores irão se concentrar de manhã na sede do sindicato, e será realizada primordialmente uma assembleia para verificar a posição do governo, se não houver avanços, uma paralisação já está programada.

Segundo o SINSEPI, o governo municipal quer dar o reajuste da inflação 2.98%, e zero no vale alimentação. E só conversa sobre demais vantagens após o PDV (Plano de Demissão Voluntária) avançar. O vale alimentação não terá aumento, disse o Secretário de Administração e o Prefeito Marão.

Os servidores querem, além do reajuste, o retroativo de janeiro a abril, e o reajuste no vale alimentação. Continue lendo

12 artistas são selecionados para residências artísticas em comunidades indígenas, Ilhéus na lista

12 artistas são selecionados para residências artísticas em comunidades indígenas, Ilhéus na lista 4

Arte Eletrônica Indígena (AEI), um programa que promove residências artísticas dentro de comunidades indígenas, anuncia em maio, quem são os artistas a receberem recursos para realizar 10 residências artísticas dentro de oito aldeias localizadas na Bahia, Alagoas, Pernambuco e Sergipe. O projeto é uma iniciativa idealizada pela ONG Thydêwá com patrocínio da Oi, Oi Futuro e do Governo do Estado, através do Fazcultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. AEI conta também com o apoio da British Academy. A lista dos 12 artistas selecionados oriundos do Brasil, Reino Unido e Bolívia está divulgada no site http://aei.art.br/.

Em agosto de 2018 as obras criadas desse encontro serão exibidas no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), com uma semana de atividades e oficinas dentro do Festival AEI com a presença de mais de 12 protagonistas do projeto, entre indígenas e não indígenas. Mostras itinerantes do AEI estarão acontecendo nas próprias comunidades indígenas também no mês de agosto, dentro da proposta do MAM-Expandido.

O AEI é um programa de vanguarda e inovação que promove a produção colaborativa e cocriada entre diferentes artistas e indígenas de diferentes povos. Muitas das iniciativas selecionadas abordam linguagens artísticas ainda não nomeadas, expressões híbridas, fusão de suportes, e a convergência das tecnologias analógicas e digitais, potencializando a expressão da vida.

As comunidades indígenas que vão receber os residentes são Karapotó Plakiô / São Sebastião – AL; Kariri-Xocó / Porto Real do Colégio – AL; Pankararu / Tacaratu – PE; Pataxó Dois Irmãos / Prado – BA; Pataxó Trambuco / Porto Seguro – BA; Pataxó Hã Hã Hãe / Pau Brasil – BA; Tupinambá de Olivença / Ilhéus – BA e Xocó / Porto da Folha/SE. Continue lendo

Documentário sobre Alain Ducasse é destaque de festival de cinema, Ilhéus está presente na produção

Documentário sobre Alain Ducasse é destaque de festival de cinema, Ilhéus está presente na produção 5

Longa de Maistre gravou Ducasse no Brasil

Reconhecido como um dos maiores chefs da gastronomia mundial, Alain Ducasse ganhou um documentário inédito sobre sua vida e carreira. Intitulado “A Busca do Chef Ducasse”, o filme é destaque da programação do Festival Varilux de Cinema Francês de 2018. O evento, que ocorre simultaneamente em 62 cidades brasileiras, será realizado de 7 a 20 de junho.

Dirigido por Gilles Maistre, o longa não tem uma pegada jornalística, como explica o cineasta francês. “Queria algo sentimental e não investigativo. Não é totalmente ele, mas a visão que tenho dele”, explica.

O Brasil está presente na produção. Em Ilhéus (BA), na Bahia, Ducasse acompanhou o processo de colhimento de cacau até o produto final. Já no Rio de Janeiro, cozinhou no Refettorio Gastronomotiva, restaurante comunitário que reaproveita alimentos que seriam descartados dos supermercados.

Além do Brasil, a equipe do filme acompanhou o premiado chef em viagens aos Estados Unidos, China, Mongólia, Reino Unido, Filipinas e Japão. Em paralelo, faz um recorte da trajetória de Ducasse, que possui 23 restaurantes em todo o mundo e detém 18 estrelas do Guia Michellin. Continue lendo

SJDHDS – BA anuncia Processo Seletivo com 33 vagas

SJDHDS - BA anuncia Processo Seletivo com 33 vagas 6

Com intuito de preencher 33 vagas, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado da Bahia (SJDHDS) anunciou novo Processo Seletivo de níveis médio/ técnico e superior.

As oportunidades destinam-se aos cargos de Técnicos na área de Pedagogia (4); Psicologia (4); Serviço Social (6); Sociologia (1); Administração (3); Antropologia (3); Direito (1); Contabilidade (1) e Administrativa (1). Deste total, há oportunidades para pessoas que se enquadram nos itens descritos no edital.

Os contratados devem atuar em Salvador – BA, em jornadas de 40h semanais, sob Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), com remunerações que partem de R$ 1.569,17 e podem chegar até R$ 2.729,78, além de Auxílio-Refeição e Auxílio-Transporte.

Para participar, os interessados precisam acessar, no período das 6h do dia 5 até às 20h do dia 11 de junho de 2018 (horário local), o endereço eletrônico www.saeb.ba.gov.br e formalizar a inscrição.

Aqueles que tiverem seus pedidos aceitos serão submetidos à Avaliação Curricular, prevista para ocorrer de 26 a 29 de junho de 2018, conforme determina o edital disponível em nosso site para consulta.

Acesse o edital do processo seletivo:

Continue lendo

ILHÉUS: SDS convoca mais de cinco mil famílias para atualização do Cad Único

ILHÉUS: SDS convoca mais de cinco mil famílias para atualização do Cad Único 7

A secretaria municipal de Desenvolvimento Social (SDS), em Ilhéus, está convocando cerca de 5.263 mil famílias beneficiárias dos programas sociais do governo federal para atualizar as informações do Cadastro Único (Cad Único). Os convocados devem proceder a atualização cadastral porqueela permite o acesso a programas como o Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC) e tarifa social. A iniciativa visa evitar a suspensão ou o cancelamento dos respectivos benefícios. As listas com os nomes dos convocados estão no site da Prefeitura de Ilhéus. 

De acordo com a gestora do Programa Bolsa Família, Géssica Miranda, a lista é disponibilizada pelo site do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS), e visa atualizar as informações com inconsistências de dados dos beneficiários de acordo ao informe nº 0093 do MDS que, através do Cadastro de Pessoa Física (CPF), faz a checagem desses dados.

“As pessoas devem levar todos os documentos pessoais e, no caso dos filhos, incluir o atestado de frequência escolar. Quem fez a atualização até o dia 16 de março precisa realizá-la novamente”, lembra Géssica Miranda.

A atualização deve ser feita na nova sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada na Rua Almiro Vinhais, número 45, Alto da Boa Vista (atrás da Farmácia Municipal), de segunda a sexta-feira, das 7 às 13horas. Ou no Centro de Referência da Assistência Social (Cras) mais próximo da sua residência para obter mais informações.

Documentos – São necessários os seguintes documentos: RG, CPF, Comprovante de Residência e Carteira de Trabalho e atestado de frequência escolar dos filhos.

Seguem listas abaixo para acessar os nomes dos beneficiários: Continue lendo

E daí? Greve dos caminhoneiros é a primeira mobilização nacional pelo WhatsApp

A mobilização dos caminhoneiros, cujas consequências objetivas estão à mostra, é a primeira greve nacional sob a regência das redes sociais. As manifestações de junho de 2013 foram um prenúncio, é verdade, do que poderia acontecer. Agora aconteceu (o ensaio foi no governo Dilma, seis meses antes do impeachment).

A comunicação entre os participantes do movimento se deu – e se dá -, basicamente, via WhatsApp. Até mesmo os desencontros aconteceram por causa dessa gigantesca e incontrolável rede de comunicação.

É verdade: ela, por falha nossa, que fique claro, não ‘permite’ que os que recebem as mensagens – na média – pensem sobre o seu conteúdo. É pegar ou largar.

Fato concreto é que pela própria disseminação das informações, de origens diversas, ficou ainda mais difícil saber com quem negociar, por parte do governo. Algumas lideranças comandavam pequenos grupos e se comportavam como seus representantes legítimos, porque assim se sentiram (há também uma evidente tentativa de pura criminalização do movimento).

Eis mais um evento para que aprendamos um pouco sobre o muito que ainda precisamos saber sobre esse instrumento e o nosso comportamento quando da sua utilização.

Até mesmo do outro lado – dos consumidores, dos demais cidadãos -, o contágio via redes sociais teve um efeito devastador. Muitas vezes, a informação virou desinformação e causou pânico.

Agimos como agem todos os da nossa espécie quando bate o medo: acionamos os mecanismos de autoproteção (e da família), expondo o nosso tribalismo mais primitivo. Assim, outros saíram prejudicados pelas nossas ações puramente emocionais. Parte do desabastecimento se deve à corrida aos centros de compra.

É claro que os oportunistas se beneficiaram – e se beneficiarão sempre – da realidade dura e do medo real. Mas assim caminha a humanidade desde que ela surgiu (basta fazer uma breve pesquisa sobre o “gueto de Varsóvia” e seu mercado negro). Continue lendo