Em decisão proferida na quarta-feira (29), a desembargadora Heloísa Pinto de Freitas Vieira Graddi determinou o retorno do vereador Luca Lima à Câmara de Vereadores de Ilhéus. Luca Lima havia sido cassado em 25 de agosto de 2021, com 18 votos a favor e um contra, tornando-se o primeiro vereador na história do município a perder o mandato.

A cassação de Luca Lima foi resultado da conclusão da Comissão Processante da Câmara de que ele havia quebrado o decoro parlamentar. As acusações contra Lima incluíam a prática de “rachadinha”, assédio moral e sexual, além do desvio de função de servidores do legislativo para atuarem em sua clínica particular destinada ao tratamento de dependentes químicos.

Na decisão, a desembargadora Heloísa Graddi ordenou que “este juízo de primeiro grau seja oficiado, imediatamente, para que sejam adotadas as medidas necessárias ao seu célere e irrestrito cumprimento da decisão, além de atribuir força de mandado e/ou ofício à própria decisão”. Ela também solicitou a adoção de medidas para garantir o retorno imediato de Luca Lima ao seu cargo de vereador.

Após a cassação de Luca Lima em 2021, a vaga foi ocupada por Marisvaldo dos Anjos (PSD), conhecido como “Baiano do Amendoim”, conforme determinação da Justiça à época.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *