Na tarde desta sexta-feira (01), aconteceu um movimento muito importante para o futuro eleitoral ilheense. O presidente do PSD em Ilhéus e atual prefeito, Mário Alexandre, se reuniu, no Hotel Barravento, com representantes dos partidos da base – PSD, PT, PV, PCdoB, PSB, AGIR, Podemos, Republicanos e Avante –, a fim de discutir estratégias e até nomes para as eleições municipais que se aproximam.

O discurso adotado, tanto pelo líder político ilheense, como dos representantes dos partidos da base é de fortalecimento do grupo pela unidade. Com isso, Marão cravou ao afirmar que não seria o nome dele o nome do sucessor ao Executivo municipal, mas sim, um nome que representasse o grupo.

O tempo está se esgotando e os lugares estão sendo tomados

Por um lado, esse suspense em torno do nome de Marão para concorrer à sucessão faça com que o nome do próprio Marão ganhe mais evidência como líder político e um dos principais articuladores em Ilhéus, o que também faz com que se crie uma grande expectativa sobre a indicação, por outro lado, o correr do calendário mina a possibilidade de testes ou blefes. O tiro precisa ser certeiro.

Por isso mesmo, uma reunião como essa se torna mais que importante, essencial. Pois mostra a força de um grupo, mostra a organização e o compromisso com Ilhéus. A construção de uma estratégia sólida para as próximas eleições municipais passa credibilidade e confiança para o eleitor, sem perder de vista a missão política do grupo que é de dar continuidade a todo trabalho empenhado visando o desenvolvimento e o crescimento de Ilhéus enquanto cidade. Março chegou, Marão vai precisar decidir, mesmo que seja uma decisão em bloco, agora ela precisa vir, para que esse nome consiga ser colocado e conquiste não apenas a base, mas e principalmente, os eleitores que confiam e apoiam Mário Alexandre.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *