Na tarde da última segunda-feira (29), o Projeto Jovem Social realizou a aula inaugural da XI Turma, no auditório da Justiça Federal. Ao todo, 40 adolescentes assistidos pelas unidades do CRAS, CREAS Medidas e Paefi e Rede de Acolhimento estão participando do curso profissionalizante.

A primeira aula teve a participação da Promotora de Justiça, Dra. Maria Amélia, da gestora da Média Complexidade, Edlena Vaz e da Assistente Social da Associação Tonuchi, Luciana Seara, bem como equipe técnica, alunos, pais e responsáveis.

“É mais uma etapa que iniciamos para ajudar os jovens a ingressarem no mercado de trabalho”, ressaltou Edlena Vaz. O curso terá duração de cinco meses e os alunos receberão vale-transporte, alimentação e bolsa no valor de R$ 400.

“O projeto é uma iniciativa do Ministério Público do Trabalho e do Ministério Público do Estado da Bahia, em parceria com a Associação Tonuchi e a Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, com o objetivo de profissionalizar e incluir adolescentes no mercado de trabalho”, salientou a Dra. Maria Amélia.

Os jovens terão cursos e práticas de Manutenção de Celular, Tecnologia da Informação, Barbearia, Administração e Empreendedorismo, Trancista, Arte Culinária, Fotografia, Linguagem e Comunicação, Xadrez, Artes Cênicas, Psicossocial e Diálogo com a Juventude e a Polícia Militar da Bahia (PMBA).

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *