Visando fortalecer o trabalho preventivo no município, a Prefeitura de Ilhéus e a Câmara de Vereadores promoveram uma reunião nesta terça-feira (11) para apresentar propostas e discutir ações voltadas à campanha Maio Laranja. Participaram do encontro representantes das secretarias de Educação (Seduc); Promoção Social e Combate à Pobreza (SPS); Autarquia de Transporte e Trânsito (Sutram); Polícia Federal; Polícia Militar; Corpo de Bombeiros; BAMIN e do Hospital Materno-Infantil Dr Joaquim Sampaio.

O encontro foi realizado no Centro Administrativo da Conquista, com foco nas estratégias de combate à violação dos direitos das crianças e adolescentes. As instituições discutiram as atividades que serão abordadas este ano, dentre elas, audiência pública, observatório, seminário, caminhada e adesivaço.

O vereador Alzimário Belmonte (Gurita), membro da Comissão de Direitos Humanos, comentou sobre a importância da união de forças em prol da garantia de direitos conquistados ao longo dos anos.

“Nós estamos na segunda reunião preparatória para o Maio Laranja, no sentido de envolver a cidade de Ilhéus nessa questão tão importante. Queremos promover diversas ações para que as nossas crianças e os nossos adolescentes se sintam cada vez mais acolhidos”.

A Prefeitura reitera que a campanha Maio Laranja será trabalhada mais intensamente no próximo mês, entretanto, as equipes da SPS realizam trabalho de conscientização e ações práticas durante todo ano.

“Nós temos orientado a população para que denuncie qualquer ocorrência dessa natureza. Orientamos também os familiares durante eventos, locais e horários inapropriados para crianças. É preciso que todos abracem essa causa”, alertou o major Soeiro, comandante da 69ª Companhia Independente de Polícia Militar.

Sobre a campanha – O dia 18 de maio é referenciado nacionalmente como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, instituído pela Lei Federal 9.970/00, e representa uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. 

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *