Bairro Gogó da Ema em Itabuna

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) do Brasil divulgou no dia 31 de agosto o resultado de seleção ao edital de apoio à Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social (ATHIS). A proposta Projeto de Reabilitação Urbana e Ambiental do Bairro Gogó da Ema em Itabuna foi classificada em primeiro lugar em uma lista com 17 projetos de todo o Brasil, e deve contar com R$ 250 mil para iniciar as atividades. A criação do projeto se deve à equipe do Núcleo de Estudos e Intervenções nas Cidades (NEIC) da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) e a submissão foi feita via Fapex, que fará a coordenação administrativa do projeto. A coordenação técnica está a cargo do professor, arquiteto e urbanista Joel Felipe (IHAC-CJA) e a equipe responsável é composta por docentes e cientistas da UFSB: Regina Oliveira, Fabiana Costa, Júlia Gouvêa, Vanner Boere, Ita Oliveira e Valerie Nicollier.

A iniciativa tem parceria com a Prefeitura Municipal de Itabuna, dentre outras entidades, e vai consistir, em um primeiro momento, em um curso de extensão sobre ATHIS e Direito à Cidade que vai preparar equipes para a segunda fase, que será a de desenvolvimento de projetos de obras e infraestrutura segundo os parâmetros de reabilitação urbana e ambiental do bairro. A conclusão da proposta está prevista para o final de 2023.

O coordenador técnico da proposta vencedora, professor Joel Felipe, falou em entrevista a respeito da formação e dos motivos para a iniciativa, do conceito de ATHIS e seu diferencial para o padrão de moradias populares e sobre os próximos passos do trabalho. (Veja aqui a entrevista completa)

Via: CAU / UFSB

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *