Candidatos ao processo seletivo para a contratação temporária de profissionais de saúde do Hospital Materno infantil, em Ilhéus, reclamam de desigualdade na avaliação de títulos por parte da banca organizadora. O processo é de responsabilidade da Fundação CEFET e FESF-SUS.

Ao ILHÉUS.NET, alguns candidatos relataram que se sentem prejudicados e questionaram os critérios de avaliação do seletivo.

A candidata M.S.V, de 50 anos, relatou que enviou os documentos com mais de 400 horas de cursos e, mesmo com 27 anos de carreira, obteve poucos pontos.

Outro ponto questionado pelos candidatos é a eliminação de todos candidatos para o cargo de Assistente Social, mesmo pontuando.

O seletivo seleciona candidatos para a prestação de serviços por tempo determinado e formação de cadastro reserva na rede pública do referido hospital, com oportunidades para assistente administrativo, assistente social, enfermeiro, enfermeiro intensivista, enfermeiro obstetra, farmacêutico, fisioterapeuta, fisioterapeuta intensivista, fonoaudiólogo, nutricionista, psicólogo, técnico em análises clínicas, técnico de enfermagem, técnico em nutrição e dietética, técnico em radiologia e terapeuta ocupacional.

Veja o resultado provisório clicando aqui

Para entrar com recurso contra o resultado clique aqui

Caberá interposição de recursos, devidamente fundamentados à Fundação CEFETBAHIA no prazo de 1 (um) dia útil da publicação das decisões objetos dos recursos, no horário de 10 às 18h, conforme o edital.

 

 

::Publicidade
Compartilhar Post:

4 thoughts on “CANDIDATOS DO PROCESSO SELETIVO DO HOSPITAL MATERNO INFANTIL DE ILHÉUS DENUNCIAM DESIGUALDADE E ERROS NA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS

  1. Aconteceu o mesmo comigo vou acionar a justiça se era para ser cabide de emprego por que cobrou uma taxa,deveria ser processo seletivo com prova,aqui nessa terra é tudo sempre assim máfia.por cima de máfia mas vou acionar a justiça

  2. Esse processo seletivo ,foi mais pra arrecadar dinheiro ,tiramos de onde não tinha ,pra pagar taxa , autenticar documentos não sei pra que ,o edital super complicado que até às pessoas entendida , estava tudo voando sem saber ,eu só acho que a justiça tem que está a pé disso aí .

  3. Bom dia. Eu sou profissional da área de saúde e entre auxiliar e técnico de enfermagem são mais de 20 anos. Passei pelo serviço de atendimento móvel de urgência SAMU com uma vasta experiência , também faço parte de um time de instrutores em APH SBV e RESGATE aqui em Ilhéus desde 2017 e não fui habilitado. Eu gostaria de saber qual o critério de avaliação dessa empresa!?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *