Salvador e Ilhéus alinham protocolos para chegada de cruzeiros no verão

Foto: Reprodução do Jornal A Região

Sedes dos dois únicos portos que recebem cruzeiros turísticos na Bahia, Salvador e Ilhéus já estão mais que preparadas para a chegada de quem vai desembarcar aqui pelo mar. Nesta segunda-feira (8), as secretarias de Saúde e Turismo das duas cidades e a Secretaria de Turismo (Setur) do Governo do Estado se reuniram para falar sobre os protocolos sanitários que já estão definidos para os cruzeiros.

Uma reunião que, de acordo com Fábio Mota, titular da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Salvador (Secult), serviu para consolidar o grupo de trabalho conjunto que envolve as secretarias e também a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“A reunião aconteceu para alinhar as nossas ações nesse sentido porque tem protocolo que cabe ao município e tem protocolo que é de responsabilidade do estado cumprir. Além de falar sobre os protocolos que estão bem claros e serão facilmente cumpridos, programamos as ações em conjunto”, disse Mota, avisando que novas reuniões devem acontecer.

Entre os protocolos estabelecidos pela Anvisa, as principais são a obrigatoriedade de vacinação contra a covid-19 – à exceção de crianças e pessoas não elegíveis a receber o imunizante -, a limitação da ocupação dos navios à 75% da sua capacidade, o uso de máscaras nos terminais e também a bordo e a testagem regular de 10% dos funcionários dos cruzeiros em contato com os passageiros.

Precauções para que a retomada dos cruzeiros, que não desembarcaram aqui no último verão por conta da pandemia, aconteça sem maiores problemas. O que interessa muito a Salvador, que deve receber pelos cruzeiros um público maior do que o do fim de 2019 e começo de 2020, quando 180 mil turistas chegaram à cidade por navios.

“A nossa expectativa é que, pelos cruzeiros, 200 mil turistas desembarquem em Salvador de novembro de 2021 até março de 2022. Um número que representa muito para nossa cidade, que tem na sua base primária o turismo, com 30% da economia ligados diretamente a essa área. E, destes 200 mil, cada um deve gastar em torno de R$ 500 por dia, o que aquece a economia e ajuda na nossa retomada”, projeta Fábio Mota.

A reportagem procurou as secretarias de turismo do Ilhéus e do estado para falarem sobre a reunião e a expectativa de desembarques por navios no verão, mas não teve retorno até o fechamento desta matéria.

Informações do Correio 24h

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2021/11/salvador-e-ilheus-alinham-protocolos-para-chegada-de-cruzeiros-no-verao.html

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.