Golpe: bandidos vendem falsas promoções de hospedagem em hotéis e pousadas da Bahia

Foto: Ilustração

Um final de semana incrível à beira da praia por um preço imperdível. Se você tem costume de pesquisar preços de hotéis e pousadas através das redes sociais, tome cuidado. Ao menos 25 estabelecimentos de hospedagem da Bahia tornaram-se alvos de golpes virtuais de bandidos, que andam criando contas falsas dessas hospedarias, copiando conteúdos como nome de perfil, fotos e legendas.

Através destas páginas, eles oferecem irresistíveis pacotes promocionais e aproveitam para solicitar dados pessoais para um suposto cadastro que dá acesso ao benefício. Quando conseguem o número WhatsApp, clonam e passam a pedir dinheiro para as pessoas da lista telefônica.

Delegada titular da Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur), Marita Souza investiga o caso e explica que as páginas clonadas são mesmo muito similares às originais, com simples alterações nos caracteres, como pontos (.), underline (_) ou alguma letra repetida do nome de usuário da empresa real.

O Instagram tem sido a rede preferencial da aplicação do golpe e, para quem não tem tanta habilidade com a internet, a delegada alerta que as pessoas devem prestar atenção nestes detalhes para identificar contas duplas do mesmo estabelecimento.  

“Os criminosos colocam alguns tipos de vantagens, sorteios, promoções como ‘tantos dias no hotel por tanto, um final de semana por X reais’. Isso chama a atenção das pessoas, elas entram em contato e fazem cadastro para participar”, exemplifica. Até o momento, em Salvador nenhum cliente prestou queixa na Deltur por ter sido vítima deste crime, mas estabelecimentos já registraram boletim de ocorrência por contas falsas. 

Hotéis e pousadas de quase todas as regiões turísticas da Bahia foram alvos: capital, Litoral Norte (Praia do Forte), Costa do Cacau (Ilhéus e Itacaré), Costa do Dendê (Valença, Maraú e Morro de São Paulo). Mais de 25 hospedagens já registraram queixas policiais e outros registros policiais estão em andamento. A situação está sendo monitorada pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-BA).

Chefe de gabinete da Secretaria de Turismo da Bahia (Setur), Benedito Braga montou um grupo de trabalho formado pela delegada titular da Deltur, o delegado do Grupo Especial de Repressão aos crimes Cibernéticos (GME), João Roberto Cavadas, investigadores e trade hoteleiro, para discutir estratégias de combate ao crime.

Os policiais farão uma capacitação para ensinar dicas de segurança digital para os responsáveis pelas empresas para que eles possam reconhecer e denunciar as páginas falsas, coibindo novos golpes. “Quem trabalha com crime virtual costuma ser inteligente nesse meio. Nós precisamos de um trabalho de prevenção. Se as pessoas aprenderem a se proteger, vamos reduzir isso”, comenta a delegada Marita Souza. 

À Setur, os executivos dos hotéis disseram que, neste momento de retorno às atividades, depois de mais de seis meses parados por conta da covid 19, as redes sociais se tornaram ferramentas imprescindíveis para captar clientes e muitos empresários, inclusive, fizeram investimentos durante este período para continuarem mantendo contato com a clientela já existente.

Presidente da ABIH-BA, Luciano Lopes disse: “Esta situação não pode prejudicar os hotéis da Bahia. O número de casos é pequeno e restrito aos perfis do Instagram”.

Informações do Voz da Bahia

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2020/10/golpe-bandidos-vendem-falsas-promocoes-de-hospedagem-em-hoteis-e-pousadas-da-bahia.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.