Covid-19: Rui fala sobre projeto de lei que prevê pagamento de bolsa para pessoas que apresentarem sintomas leves

Foto: Secom/BA

O governador do estado da Bahia, Rui Costa, falou sobre o projeto de lei proposto que prevê o pagamento de R$ 500 para pessoas com sintomas leves da Covid-19 e concordarem em sair de casa para centros de acolhimento. Durante o ‘Papo Correria’ desta segunda-feira (11), ele disse que está dando prioridade aos municípios com grande quantidade de casos.

“O [centro de acolhimento] de Salvador já está montado, estamos fazendo a busca ativa, ligando para as pessoas para saber quem quer se alojar”, disse. O governador pontuou que é o estado e a prefeitura que faz essa busca. “Não aceite convite de outras pessoas, tem que ser um representante da prefeitura ou do governo do estado”, falou.

De acordo com Rui, em conversa com os prefeitos Mário Alexandre, de Ilhéus, Fernando Gomes, de Itabuna e Maria das Graças, de Ipiaú, foi confirmado que os três já estão buscando local para funcionar o centro de acolhimento. “Ilhéus e Itabuna já estão certos os locais. Nós estamos fazendo os contratos e até amanhã eu já espero estar colocando os primeiros pacientes nestes locais”.

Além disso, Rui aproveitou para chamar atenção sobre a vantagem dos centros. “A vantagem é evitar que eles [contaminados] contaminem outros e conseguir colocar eles no lugar onde vai ter médico, enfermeiro, vai ter gente medindo os sinais vitais, oxigenação, a pressão, examinando a pessoa para ver se está tudo bem”, disse.

“Quando a pessoa está em casa, você não sabe como ela está, e quando ela começa a passar mal já chega muitas vezes em colapso na unidade de saúde. Então tem essa vantagem adicional, monitorando vamos percebendo se a pessoa vai ter algum problema de saúde para encaminhá-la logo para a unidade”, concluiu.

Informações do Varela Notícias

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2020/05/covid-19-rui-fala-sobre-projeto-de-lei-que-preve-pagamento-de-bolsa-para-pessoas-que-apresentarem-sintomas-leves.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.