Foto: TV Santa Cruz

O soldado da Polícia Militar Felipe Prado de Araújo, suspeito de assassinar o fotógrafo Sandro Silva Santos, de 36 anos, teve prisão decretada nesta segunda-feira, 6, durante uma ação da Coordenadoria Regional do Interior (Coorpin) de Itabuna, com apoio da PM. Felipe está sendo ouvido em uma unidade policial.

O crime é investigado pela Polícia Civil. Foi instaurado pela PM um Inquérito Policial Militar (IPM) e um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar a conduta do militar na esfera administrativa. 

O crime ocorreu na tarde da quarta-feira, 1º, na Rua São Geraldo, no bairro Novo Lomanto, em Itabuna, na região Sul da Bahia. Sandro foi atingido em diversas partes do corpo por disparos de pistola.40. O caso ocorreu na casa do fotógrafo e o PM estava fardado no momento da ação.

De acordo com a polícia, Sandro era namorado da ex-companheira de Felipe e o crime teria sido motivado por ciúme. A vítima deixou três filhos, informou o Jornal A Tarde.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *