Duplicação da Rodovia Ilhéus-Itabuna só depende do DNIT, afirma Rui Costa

Foto: Blog agravo

A rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415), popularmente conhecida como rodovia Jorge Amado, é uma das mais importantes estradas baianas. A duplicação do trecho que contempla as duas maiores cidades do sul do estado está com licitação feita, contrato assinado e pronta para começar. O governador Rui Costa afirmou que embora os recursos já estejam disponíveis, ainda é necessário autorização junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT) para início das obras.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, enfatizou a importância da obra para diversos segmentos, em especial turismo e educação. “A obra melhorará a mobilidade no trecho, além de impulsionar o crescimento de áreas importantes para a economia local. O projeto é a realização de um sonho antigo das populações que aqui residem, mas acima de tudo mostra o trabalho sólido que está sendo realizado por meio da parceria com o Governo do Estado”.

A rodovia é um corredor de exportação, que integra o porto de Malhado, em Ilhéus, e de turismo, na Costa do Cacau. Diariamente, circulam nos dois sentidos da rodovia, 10.270 veículos. A obra vai beneficiar 511 mil habitantes, incluindo a população dos municípios de Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca. A empresa vencedora do pregão eletrônico, na modalidade menor preço, foi a Jds Engenharia e Consultoria Ltda. O valor total da obra é de R$ 105 milhões, de acordo com informações da Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia.

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2020/01/duplicacao-da-rodovia-ilheus-itabuna-so-depende-do-dnit-afirma-rui-costa.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.