CPB CRIA PARCERIA COM EMPRESA JAPONESA COM O OBJETIVO DOS JOGOS PARAOLIMPICOS DE TÓQUIO

CPB

O CPB – Comitê Paralímpico Brasileiro – oficialmente anunciou no dia 7 de maio a realização de uma parceria com a Ajinomoto, multinacional japonesa. A empresa irá agir como a principal apoiadora do CPB até o mês de dezembro de 2020, data está que encerra o ciclo atual do esporte paraolímpico brasileiro, com o objetivo na disputa das Paraolimpíadas de 2020, que acontecerão em Toquio entre 25 de agosto e 6 de setembro.

O acordo realizado entre as duas organizações estabelece que a multinacional irá oferecer suporte ao CPB quanto à nutrição dos atletas, em especial quanto aos benefícios trazidos pela ingestão de aminoácidos pelos mesmos para alcançarem alto rendimento. Para quem gosta de torcer e apostar em seus esportes favoritos estão aqui os melhores sites de apostas 2019.

SOBRE O ANUNCIO DO CPB

Ao anunciar a parceria com a Ajinomoto, o presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, Mizael Conrado – que é também bicampeão paraolímpico de futebol de 5 para cegos – declarou, através de comunicação divulgada pelo CPB:

“O esporte é uma poderosa ferramenta de inclusão social e de respeito ao cidadão, e os Jogos Paralímpicos chamam a atenção global para os desafios, a garra e o poder de superação dos atletas paralímpicos em todo o mundo. O apoio de uma grande empresa como a Ajinomoto do Brasil nos enche de orgulho e reforça a seriedade do nosso trabalho para que cada vez mais os pódios sejam verdes e amarelos”.

SOBRE A EMPRESA

A Ajinomoto tem sua matriz sediada em Tóquio, e atua em diversos mercados além da indústria alimentícia e de nutrição, sendo eles a indústria farmacêutica, cosmética e de agronegócios. Está não é a primeira vez que ela patrocina comitês esportivos, sendo patrocinadora do Comitê Olímpico Japonês desde 2003 e atuando no Projeto Vitória, que busca oferecer suporte nutricional para atletas do país.

A Ajinomoto também já foi anunciada oficialmente, em março, como patrocinadora do COB – Comitê Olímpico Brasileiro – com um acordo parecido, que também irá se estender até o mês de dezembro de 2020 e tem como objetivo preparar os atletas para as Olimpíadas de Tóquio de 2020, que ocorrerão entre 24 de julho e 9 de agosto.

Masayoshi Kurosaki, presidente da multinacional no Brasil, declarou que: “A partir de agora, reforçaremos ainda mais nosso apoio ao esporte nacional, apoiando também os paratletas brasileiros. Vamos aplicar a experiência que temos em nutrição e aminoácidos nessa jornada paraolímpica. Queremos traduzir na prática nossa mensagem corporativa ‘Alimente-se Bem, Viva Bem’, ao lado desses grandes heróis”.

A META DA CPB

O CPB tem como meta para as Paraolimpíadas de Tóquio manter o Brasil entre o Top 10 do quadro de medalhas, mesma conquista alcançada nas Paraolimpíadas do Rio, em 2016, em que obteve 72 pódios. Com 14 medalhas de ouro, 29 de prata e 29 de bronze, o Brasil conquistou a 8ª posição nas últimas paraolimpíadas. O objetivo é manter este padrão de desempenho nos próximos jogos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *