Corpo de Bombeiros de Ilhéus adere ao desafio do lixo

Corpo de Bombeiros de Ilhéus adere ao desafio do lixo 1

O bairro de São Domingos, área urbana no Litoral Norte do município de Ilhéus, foi o local escolhido pelo 5º Grupamento de Bombeiros Militar (5GBM) para a primeira ação da campanha Na Onda Contra o Plástico, uma ação de conscientização para a problemática do impacto dos plásticos no ambiente costeiro e marinho, que contou com o apoio da Secretaria do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema).

A atividade aconteceu no último domingo (14), e surpreendeu pela adesão (foram mais de 180 voluntários, entre bombeiros militares e comunidade) e, principalmente, pela quantidade e tipo de lixo encontrado. Ao invés do tradicional copo descartável, canudo ou tampinhas plásticas, os voluntários retiraram das praias um tipo diferente de lixo, o residencial. Os materiais retirados da praia foram suficientes para encher dois caminhões.

“A gente identificou que as pessoas estão descartando móveis, sofás, geladeira, na praia. Objetos que a gente não encontra em outras áreas do nosso litoral, aqui, infelizmente, estamos encontrando”, alertou o Major BM Edinei Factum, um dos coordenadores da campanha. Para ele, não só a retirada deste lixo da praia foi uma ação muito positiva, como também o engajamento da população e a conscientização dos moradores do bairro. “As pessoas que moram muito próximo da praia, do rio, perceberam a importância que nós estamos dando à retirada daquele lixo. Tenho certeza que vai ficar o lado positivo de não jogar mais o seu lixo na praia”, avaliou.

O sentimento da aluna Soldado BM, Renata Cerqueira, foi de constrangimento. “Eu, pessoalmente, acho estranho, é como se viessem pessoas de fora para limpar a minha casa. Encontramos fraldas descartáveis, um sofá abandonado e já enterrado na areia da praia, roupas, sapatos, sandálias, coisas que não tem nada a ver com o ambiente da praia. Isso é horrível, os peixes já estão sofrendo esse impacto, e a população também sofre, mas não percebe. Espero que com essa iniciativa a comunidade aqui de São Domingos, e do entorno que também será impactada com a repercussão dessa atividade, venha a se conscientizar e que possam usufruir melhor da natureza”, afirmou Renata.

Corpo de Bombeiros de Ilhéus adere ao desafio do lixo 2

#Trahstag – A atividade fez parte do desafio do lixo lançado nas redes sociais. As fotos do antes de depois da ação de coleta serão divulgadas com a #trashtag das redes sociais das instituições parceiras e perfis pessoais dos participantes. O desafio do lixo, ou #trashtag, se popularizou nas redes sociais no mundo todo, e motivou o 5 GBM a entrar na campanha. Mas a sensação é que o desafio é ainda muito maior.

Vida marinha – “Essa foi uma experiência incrível, mas também estarrecedora pela quantidade de lixo que nós encontramos. Mesmo com esse grupo extenso, é muito difícil conseguirmos retirar todo o lixo da praia. Espero que a partir dessa ação a população se sensibilize para a problemática, pois acredito que eles já têm consciência de que não se pode jogar lixo na praia. Inclusive, o resultado dessa negligência está aqui, na nossa frente”, disse a Capitã Ana Isabel Araújo, referindo-se a uma tartaruga marinha encontrada morta na areia da praia. “Que sirva de exemplo e de motivação para que a gente continue esse trabalho, de recolher o nosso lixo e de levar adiante esse alerta”. Para os presentes, a morte da tartaruga marinha simboliza a negligência das pessoas com o lixo que produz. Causa da morte será avaliada pelo Inema.

Daqui, o material será levado para o “Projeto Por Nós. Reciclável não é lixo, Separe”, iniciativa do pescador Davi Pereira e família, que funciona na Vila Jerônimo, Km 10, no município de Ilhéus. Davi explica que iniciou o projeto, junto com seu irmão, para retirar o lixo do meio ambiente e dar o correto descarte, com a possibilidade de venda dos recicláveis, mas que ainda funciona de forma bastante incipiente. “Estamos colocando recursos nossos para que que dê certo. Eu também pesco, pego camarão, quando está aberta a temporada de pesca, a gente joga a rede e muitas vezes só vem lixo. Acaba com o pescado e todo mundo sofre” lamenta Davi, que também parabeniza a iniciativa do 5 GBM e acredita que se a comunidade colaborar vai diminuir muito o impacto do lixo nos oceanos.

Canavieiras – A segunda ação da campanha Na Onda Contra o Plástico já tem data marcada para 19 de maio, e fará parte das atividades em comemoração ao aniversário do município de Canavieiras (25 de maio), distante 116 km de Ilhéus.

Informações o SEMA-BA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *