Motoristas do Uber reclamam de uso de bloqueadores de sinal no aeroporto de Ilhéus

aeroporto de ilheus

Motoristas da Uber que aguardam corridas próximos ao Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, têm reclamado do suposto uso de bloqueadores de sinal celular na região para desconectá-los da fila virtual do aplicativo e forçá-los a aguardar mais tempo por novas corridas.

Nas últimas duas semanas, o ILHÉUS.NET ouviu relatos de múltiplos motoristas do serviço que reportaram episódios semelhantes em dois pontos próximos do aeroporto: ao redor do ESTACIONAMENTO e na região interna, ambos utilizados como bolsões de estacionamento para taxistas, motoristas do Uber e de outros serviços que esperam por passageiros vindos do aeroporto.

De acordo com W.G., motorista de Uber há pouco mais de um mês que preferiu não se identificar, em um episódio recente ele foi retirado da fila virtual do aplicativo após cerca de quatro horas de espera por uma corrida, após o sinal do celular ter sido repentinamente derrubado.

Os bloqueadores de sinal são capazes de gerar interferência nas telecomunicações através da emissão de sinais de alta intensidade, que saturam a frequência de rádio usada pelos smartphones em uma região específica e impede que os dispositivos recebam dados.

O uso destes gadgets é proibido no país pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), que definiu em 2002 uma norma que restringe o uso dos chamados Bloqueadores de Sinais de Radiocomunicações (BSR) a edifícios como presídios e classifica como “clandestino” o seu uso fora dos locais indicados.

Questionar não ofende, e se ofender é problema seu.  O celular e os dados são pagos por quem? O espaço é público ou privado? O usuário não pode ter e/ou exercer seu direito de escolha pelo melhor serviço?

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2018/07/motoristas-do-uber-reclamam-de-uso-de-bloqueadores-de-sinal-no-aeroporto-de-ilheus.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.