Ex-Vereador (PAI) e Vereador (Filho) não querem o UBER em Ilhéus

Foto: Blog Agravo

O Ex-Vereador Jailson Nascimento e seu filho Fabrício Nascimento não querem o UBER em Ilhéus. 

Na última segunda-feira (11), o atual presidente, representante do Sindicato dos Taxistas de Ilhéus – SINDTAXI, Jailson Nascimento, com dois requerimentos, solicitando ao poder público com intuito de impedir a atividade do sistema UBER em Ilhéus, sob alegação de forte prejuízo iminente para a categoria de taxistas, cujo SINDTAXI assina o documento, e um requerimento de revisão tarifária ou majoração de tarifa contratual do transporte público, direcionada à Prefeitura Municipal de Ilhéus, sob alegação de rompimento do equilíbrio econômico e financeiro da Associação das Empresas de Transporte de Ilhéus – ATRANSPI e redução de demanda por conta do transporte clandestino.

Na sessão desta quarta-feira (13), o vereador Fabrício Nascimento (Filho de Jailson) apresentou ao plenário da Câmara de Vereadores de Ilhéus o Projeto de Lei nº 157/2017, que dispõe sobre a proibição do Uber em Ilhéus.

Na justificativa, Fabrício alega que a ausência de vistoria municipal ou estadual torna o serviço inseguro para os usuários. O projeto de lei ainda determina a multa de R$ 10.000,00 (dez mil reais) como penalidade para aqueles que contrariarem a proibição do Uber em Ilhéus, conforme publicou o Blog IILHÉUS24H. 

Nota do site: Muita pretensão dos familiares querer proibir o Uber em Ilhéus. Nenhuma cidade do Brasil conseguiu ainda. Se o projeto passar, o Tribunal de Justiça suspende. Proibir o transporte alternativo e defender os interesses do cartel das empresas de ônibus em Ilhéus é fácil, principalmente quando essas empresas financiam campanhas políticas, e não concede a população um transporte de qualidade. Encarem o Uber. Essa eu quero ver. No que diz respeito ao aumento da passagem de ônibus ninguém fala nada. Por que os senhores Ex. e Vereador não protocola um projeto de lei que vise proibir o aumento iminente da passagem de ônibus até que as empresas comprem ônibus novos e melhorem o serviço? Em outras palavras: toda vez que você pensa em jogar o busão ou o táxi no colo da política, mesmo quando usa expressões pretensiosas como “direito ao transporte” ou “democratização da via pública”, ou ainda “combate à clandestinidade”, não é apenas com as catracas, os aplicativos e os taxímetros que está lidando, mas contra as forças invencíveis da criatividade. Disputar contra a inovação e a competição no transporte urbano moderno é ignorar todos os processos inventivos que possibilitaram o nascimento do próprio transporte urbano moderno. Não adianta lutar contra o Uber, senhores! É o fim, mesmo com eventuais conquistas políticas. Mais dia, menos dia, já era. Você perdeu essa!

 

Link permanente para este artigo: https://www.ilheus.net/2017/12/ex-vereador-pai-e-vereador-filho-nao-querem-o-uber-em-ilheus.html

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.