Una

Marinha alerta para possível formação de ciclone ao Sul da Bahia e do Espírito Santo

Marinha alerta para possível formação de ciclone ao Sul da Bahia e do Espírito Santo 1

Foto: windy.com

Centro de Hidrografia da Marinha (CHM) da Marinha do Brasil e o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC/INPE), emitiram nota à imprensa informando sobre a possível formação de ciclone com características tropicais, a partir do dia 23, até o início da próxima semana, dia 26, sobre o Oceano Atlântico, a Leste dos estados da Bahia e do Espírito Santo.

O CHM informou que a condição de tempo severo provocada por esse sistema ocorrerá principalmente em alto-mar, associada à chuva intensa, com volumes significativos e ventos intensos, com rajadas. Porém, não se descarta a condição de intensificação dos ventos na costa do Rio de Janeiro, Espírito Santo e sul da Bahia, podendo chegar a até 89 km/h, além de chuvas entre fraca e moderada.

O órgão informou ainda que a Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor no endereço eletrônico e que continuará acompanhando junto ao CPTEC/INPE a atuação desse sistema nos próximos dias.  As informações também poderão ser acessadas pelo aplicativo “Boletim ao Mar”, disponível para dispositivos com sistema operacional Android e IOS.

A Marinha alerta aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio. Continue lendo

UESC abre seleção para monitores/professores do Curso Universidade para todos

UNIVERSIDADE PARA TODOS

A seleção pública simplificada de Monitor para o curso do Projeto Universidade para Todos (UPT) está ofertando vagas para graduandos e pós-graduandos da UESC.

Os interessados devem efetivar inscrição presencialmente, nos dias 19/03/2019 a 25/03/2019 das 8h às 12h e das 14h às 21h, no Protocolo Geral da UESC – Térreo do Pavilhão Adonias Filho e na Secretaria de Educação dos Municípios de extensão. Continue lendo

Tartaruga ferida em praia do sul da BA se recupera com soro; ONG contabiliza 46 animais mortos este ano na região

Tartaruga ferida em praia do sul da BA se recupera com soro; ONG contabiliza 46 animais mortos este ano na região 2

Foto: Divulgação/Projeto A-mar

Uma tartaruga juvenil foi encontrada ferida, em uma praia de Canavieiras, na noite de quarta feira (6). Conforme o Projeto A-mar, que monitora os animais na região, a tartaruga se recupera à base de soro fisiológico.

De acordo com o Projeto A-mar, o animal foi encontrado por um voluntário, levado para a Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA) e depois foi transferido para a sede do grupo, em Ilhéus.

A Ong informou que a tartaruga, que foi batizada como “Nina”, ficou encalhada por vários dias. Continue lendo

Ocupação hoteleira tem média de 96% nos principais destinos do interior da Bahia

Ocupação hoteleira tem média de 96% nos principais destinos do interior da Bahia 3

Foto: Renan Calixto

Das cachoeiras em Lençóis à tradição das máscaras em Maragogipe, do ecoturismo de Mucugê às praias do litoral, a Bahia oferece neste Carnaval diversos atrativos para os turistas. Segundo estimativas da Secretaria do Turismo do Estado (Setur), dos 2,2 milhões de visitantes esperados para o período da folia, 1,4 milhão tem como destino o interior do estado. Por conta disso, a ocupação hoteleira nos oito principais destinos do interior no Carnaval tem média de 96% este ano.

Em Mucugê, um dos locais mais charmosos da Chapada, os 1,8 mil leitos de hotéis e pousadas estão ocupados. A expectativa é que até esta terça-feira (5) mais de cinco mil pessoas tenham passado pelo município. Já Lençóis, também na Chapada, possui quatro mil leitos. Segundo o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Anselmo Macedo, a média de ocupação hoteleira da cidade é de 97%.

Quem curte a folia à moda antiga, Maragogipe, no Recôncavo, é destino certo com seu tradicional Carnaval com marchinhas, fantasias e máscaras que remetem à tradição de Veneza. Segundo a prefeitura, os cinco meios de hospedagem do município estão lotados. A expectativa local era receber cerca de 50 mil turistas, a maioria mineiros, cariocas, paulistas, sergipanos e brasilienses, habituais visitantes, bem como franceses e argentinos. Continue lendo

Depin reforça segurança do Carnaval em Ilhéus e mais 37 municípios

Depin reforça segurança do Carnaval em Ilhéus e mais 37 municípios 4

O efetivo do Departamento de Polícia do Interior (Depin), da Polícia Civil, estará presente em 38 cidades e na sede do Departamento, em Salvador, reforçando a segurança dos foliões, no Carnaval 2019. As equipes estão atuando desde o dia 15 de fevereiro, quando ocorreu o carnaval antecipado em Juazeiro, até nove de março, quando Porto Seguro encerra o ciclo de festas no estado.

O diretor do Depin, delegado Flávio Góis, detalhou o esquema de reforço montado nas unidades subordinadas ao Departamento. “Aproximadamente 420 servidores, entre delegados, investigadores, escrivães e servidores administrativos foram designados para trabalhar em 41 municípios”, explica.

Na sede do Depin, na Piedade, policiais estão de prontidão para prestar apoio técnico e operacional às unidades do interior, além de realizar a coleta de dados estatísticos. “Durante todos os dias de folia, os policiais trabalharão em plantões de 24 horas para atender o cidadão”, afirma o diretor do Depin. Continue lendo

Campeonato Baiano de Basquetebol 3×3 começa nesta sexta (01)

Campeonato Baiano de Basquetebol 3x3 começa nesta sexta (01) 5

O Campeonato Baiano de Basquetebol 3×3 terá início nesta sexta-feira (1º). Organizado pela Liga Nordeste de Basquetebol, a competição acontece com disputas no masculino e no feminino. A Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) investiu R$ 142.500 mil em material promocional, premiação, material esportivo e recursos humanos.

O certame, composto por 10 equipes masculinas e cinco femininas, será disputado em cinco categorias. As partidas serão realizadas em Salvador, Eunápolis, Ilhéus, Vitória da Conquista, Luís Eduardo Magalhães, Feira de Santana, Lauro de Freitas e Senhor do Bonfim. Continue lendo

Secretaria de Educação – BA divulga Processo Seletivo para Professores Indígenas

Secretaria de Educação - BA divulga Processo Seletivo para Professores Indígenas 6

A Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC – BA) anuncia o Processo Seletivo para contratação de profissionais em Regime Especial de Direito Administrativo – REDA.

Serão contratados 190 Professores Indígenas. As Aldeias que contemplam vagas são: Acuípe de Baixo (8); Águas Belas (6); Aldeia Serrota (2); Alegria Nova (1); Araças (17); Assentamento Terra Indígena Tuxa; Baixa da Cangalha (1); Baixa das Pedras (4); Baixa do Juá (2); Cajazeira; Caramuru Paraguaçu (24); Corumbauzinho; Craveiro; Dois Irmãos (3); Fazenda Batida (2); Guaxuma (1); Itapuã (10); Juerana (2); KAI (4); Marcação; Massacará (11); Meio da Mata (1); Mirandela (12); Mirapé (2); Monte Dourado (3); Pankarare (8); Pataxó (5); Pau Ferro; Pequi; Ponta D’água (4); Renascer (1); Santana (8); Sapucaeira; Segredo (5); Serra do Padeiro (19); Tawa (9); Tibá (3); Tumbalala (3); Tuxa (5); Tuxa Fazenda Sítio; e Xucuru Kariri (4). Continue lendo

Mais de 35 tartarugas foram achadas mortas no sul da Bahia este ano; ação do homem é maior causadora de óbitos, diz ONG

Mais de 35 tartarugas foram achadas mortas no sul da Bahia este ano; ação do homem é maior causadora de óbitos, diz ONG 7

Foto: Vânia Miranda/ Arquivo Pessoal

Trinta e seis tartarugas foram encontradas mortas na região sul da Bahia, entre o início do mês de janeiro e esta terça-feira (19). Os animais foram localizados numa faixa litorânea correspondente a cerca de 217 km, que vai do município de Maraú a Canavieiras.

De acordo com o médico veterinário Wellington Laudando, que faz parte do projeto A-Mar, a principal causa das mortes é asfixia por afogamento, relacionada à ação predatória do homem. Para minimizar os casos, a extensão da área é monitorada por biólogos do projeto, que fazem ações de prevenção e promoção da consciência ambiental.

“A gente avalia que mais de 70% das mortes de tartarugas no sul da Bahia têm ligação com a pesca. A maior parte dessas tartarugas fica presa em redes de espera deixadas por pescadores, em alto mar”, disse Wellington.

Muitas tartarugas também acabam presas em redes fantasmas, que são os restos de materiais usados para fazer as redes, descartados no mar pelos pescadores. “Há também a questão da pesca industrial, que acaba com a vida de muitas tartarugas”, complementou o biólogo. Continue lendo

Anúncio
Técnico em informática em Ilhéus

Técnico em informática em Ilhéus

Life Saúde
Life Saúde
Publicidade