Tecnologia

Oi inclui WhatsApp ilimitado em plano pré-pago de R$ 10 por mês

Oi

O aplicativo favorito do brasileiro cada vez mais deixa de ser um diferencial para operadoras e passa a ser uma obrigação. Agora foi a vez da Oi assumir a necessidade de oferecer o WhatsApp sem descontar da franquia e integrar esse recurso até mesmo aos pacotes mais baratos.

Com isso, a empresa agora oferece pacotes de R$ 10 mensais que já contam com o WhatsApp (quase) ilimitado, com a exceção que a ferramenta de chamadas de voz e de vídeo ainda descontarão o plano de dados normalmente.

Junto do WhatsApp, os novos planos também contarão com o Facebook Messenger liberado, de modo que os principais aplicativos de mensagens estão cobertos até mesmo nos planos mais baratos Continue lendo

Juiz em Ilhéus ouve testemunha por aplicativo de rede social

Juiz em Ilhéus ouve testemunha por aplicativo de rede social 1

Em audiência realizada na tarde desta terça-feira (25/9), o juiz José Cairo Júnior, titular da 3ª Vara do Trabalho de Ilhéus, usou um aplicativo de rede social para ouvir testemunha que se encontrava em outra jurisdição. O contato, que é autorizado pelo § 1º, art. 453 do Código de Processo Civil de 2015, foi feito com conhecimento prévio da testemunha e das partes envolvidas na ação. Além de suprir a necessidade de provas, a inovação contribui para a duração razoável do processo e evita sobrecarregar outra vara, da localidade onde a pessoa ouvida reside, para que realize audiência específica com ela. Continue lendo

Você Sabia? Quando faz isto, suas mensagens não estão protegidas pelo WhatsApp

Você Sabia? Quando faz isto, suas mensagens não estão protegidas pelo WhatsApp 2

As suas mensagens do WhatsApp no smartphone Android podem não estar tão seguras quanto você pensa. Apesar de a empresa ser enfática ao dizer que as mensagens trocadas por meio do aplicativo contam com criptografia, uma codificação complexa que impede a interpretação de dados em caso de vazamento, as cópias de segurança do histórico que ficam guardadas no Google Drive não têm essa proteção–mesmo que o Google conte com a sua própria criptografia.

O recurso de guardar os dados do WhatsApp no Google Drive é opcional e só está disponível em smartphones com sistema Android. Os iPhones não contam com essa função.

Na semana passada, o aplicativo de mensagens anunciou que o espaço ocupado pelos dados de histórico não ocupariam mais espaço no Drive, independentemente do seu tamanho. Na terça-feira, o Google mudou seus planos do Drive e unificou suas opções de armazenamento na nuvem sob o nome de Google One, com opção de 100 GB a 30 TB. Continue lendo

‘Documento do carro’ também ganha versão para smartphones

‘Documento do carro’ também ganha versão para smartphones 3

A partir desta segunda-feira (27), começou a ser disponibilizada a versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV), popularmente conhecido como “documento do carro”. Até o momento, a liberação só ocorreu no Distrito Federal, mas os Detrans do resto do país também devem adotar esta nova versão até 31 de dezembro deste ano.

Com o mesmo valor do documento impresso (que segue sendo obrigatório), o CRLVe é o segundo documento a integrar a Carteira Digital de Trânsito, o aplicativo da CNH digital com um novo nome. O documento também conta com QR code e as mesmas informações do original impresso, e através do próprio aplicativo, é possível emitir um PDF com assinatura digital, caso seja necessária uma cópia impressa do documento. Continue lendo

CUIDADO! Novo golpe tenta roubar plano de dados do celular

CUIDADO! Novo golpe tenta roubar plano de dados do celular 4

A regra é clara: se desconfiar, não clique. A dica vale principalmente para anúncios espalhados pela internet. O risco de ser vítima de um ciberataque traz consequências que vão além da infecção do celular. Algumas ameaças conseguem roubar o plano de dados e até mesmo drenar a bateria do seu dispositivo.

Conhecido como malware móvel, o ataque, projetado para celulares e aparelhos similares, registrou alta de 31,3% nos últimos 12 meses, de acordo com a empresa de cibersegurança Kaspersky Lab. Os usuários do Android são as principais vítimas, como explica o analista sênior de segurança da Kaspersky, Fabio Assolini. “Por ser um dos sistemas operacionais mais populares e pela sua liberdade, os cibercriminosos visam aparelhos Android com a intenção de massificar seus ataques e atingir um maior número de pessoas”.

O Android domina o mercado brasileiro, com 94,2% de participação, segundo a empresa de análise de dados Kantar. Segundo Assolini, o sistema operacional do Google tem problemas mais frequentes de segurança do que o iOS, da Apple. Continue lendo

WhatsApp muda e vai dar espaço ‘infinito’ para guardar arquivos

WhatsApp muda e vai dar espaço ‘infinito’ para guardar arquivos 5

Um novo acordo entre o WhatsApp e o Google tornará ilimitado o espaço para backup do mensageiro para Android no Google Drive. A partir de 12 de novembro, o arquivo de dados do aplicativo de mensagens não ocupará mais armazenamento na nuvem, independentemente do tamanho do conjunto de fotos, vídeos e documentos incluídos.

A mudança foi informada a alguns usuários e ao site TechTudo por e-mail. Na mensagem, o Google alerta que apenas backups realizados há menos de um ano serão contabilizados na cota infinita de armazenamento. Qualquer arquivo do WhatsApp salvo antes desse prazo será removido automaticamente do Drive, impossibilitando a recuperação de conversas. Vale lembrar que essa mudança não envolve usuários de iPhone (iOS), que permanecem com backup via iCloud.

 

Cerca de 40% dos sites brasileiros não têm certificado de segurança, ILHÉUS.NET tem

Cerca de 40% dos sites brasileiros não têm certificado de segurança, ILHÉUS.NET tem 6

Cerca de 40% dos sites brasileiros ainda não usam protocolo de segurança chamado de SSL (Secure Socket Layer), segundo pesquisa da empresa BigDataCorp.

A ausência desse recurso torna as páginas vulneráveis a ataques de hackers e outras formas de invasões, além de prejudicar os sites em mecanismos de busca, como no caso do Google.

O levantamento foi realizado pela empresa de tecnologia a pedido da companhia de serviços no ramo de crédito Serasa Experian.

O SSL é um protocolo de segurança que permite uma conexão segura usando criptografia entre o servidor onde são armazenados os dados e o seu tráfego. Isso garante um acesso seguro.

A adoção deste protocolo é registrada na identificação das páginas, com o acréscimo do “s” às letras “http”, apresentada antes do endereço de um site, e uma sinalização, com a imagem de um cadeado.

Os sites que não usam o protocolo SSL deixam os dados acessados por usuários expostos. Além disso, podem ser identificados como sites sem requisitos de segurança necessários. Continue lendo

ILHÉUS: Estudantes do CEEPGTIAMEV desenvolvem aplicativo para divulgar pontos turísticos da Cidade

ILHÉUS: Estudantes do CEEPGTIAMEV desenvolvem aplicativo para divulgar pontos turísticos da Cidade 7

Foto: Jefferson e Caroline.

Com o objetivo de divulgar os pontos turísticos, igrejas, casarões antigos e monumentos históricos do município de Ilhéus, os estudantes Jefferson Almeida de Jesus, 21, e Caroline Santos Santana, 17, que fazem o curso técnico em Manutenção e Suporte em Informática, no Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira (CEEPGTIAMEV), estão desenvolvendo o aplicativo #Apptour – Marketing Turístico: uma ferramenta de auxílio do turismo nas cidades com foco tecnológico. A ideia é que através do app, os turistas possam conferir a localização, além de fotos, vídeos e informações gerais sobre os locais que desejam visitar.

Por se tratar de um protótipo, o aplicativo ainda não está disponível para download. No entanto, os estudantes envolvidos pensam em laçá-lo no mercado. Para isso, estão pensando em algumas melhorias.

Uma delas, é a leitura do QR Code (código de barras bidimensional) que poderão ser encontrados em placas a serem implantadas nos pontos turísticos. Desta forma, o usuário poderá obter informações sobre o local visitado ao escancear o QR Code através da câmera de um smathphone ou tablet equipado com a tecnologia de leitura de QR Code.

O estudante Jefferson de Jesus falou sobre a importância do projeto para movimentar o turismo na cidade.

“Percebemos que o turismo é pouco divulgado na região e, por conta disso, resolvemos criar um aplicativo de intervenção para valorizar a cidade, trazendo o aspecto cultural com o foco tecnológico. Com este projeto, Ilhéus vai crescer economicamente, pois a cidade será mais conhecida por turistas, que visitarão os locais divulgados no app”, explicou.

Continue lendo