Tecnologia

Agendamento de serviços na Rede SAC passará para o SAC Digital

Agendamento de serviços na Rede SAC passará para o SAC Digital 1

A Rede SAC passará por mudanças no agendamento de serviços para os postos da capital e interior do estado. A partir da próxima segunda-feira (2), o sistema de agendamentos do Portal SAC será desativado e os atendimentos por hora marcada deverão ser realizados através do site e do aplicativo SAC Digital, plataforma de serviços on-line do Governo da Bahia. A medida, além de padronizar o atendimento, vai concentrar informações sobre os serviços ofertados em toda a Rede e personalizar o relacionamento com o usuário, com o envio de alertas, sugestão de serviços e acesso rápido aos favoritos.

Para realizar o agendamento através do SAC Digital, seja portal ou aplicativo, o usuário precisar criar um novo cadastro na plataforma, informando dados pessoais, endereço e senha. Uma mensagem automática para ativação do perfil é encaminhada para o e-mail do cidadão, que deve ser válido e informado corretamente. Após a validação, o cadastro está concluído e o usuário pode acessar seu perfil, realizar agendamentos e buscar informações sobre serviços diretamente no SAC Digital.

Para o secretário da Administração, Edelvino Góes, a mudança está em consonância com os investimentos do Estado em governança digital. “Está é mais uma iniciativa exitosa da administração estadual baiana com foco na digitalização de serviços e na oferta de atendimento de excelência ao cidadão, que poderá buscar informações e realizar atendimentos de forma mais ágil e rápida, com serviços na palma da mão”, avaliou. Continue lendo

WhatsApp vai banir compartilhamento em massa, entenda

WhatsApp vai banir compartilhamento em massa, entenda 2

A plataforma de mensagens WhatsApp sugeriu a inclusão nas regras de propaganda eleitoral para as eleições municipais de 2020 de um artigo que vede expressamente os disparos em massa via aplicativos de troca de mensagens.

Em audiência pública realizada na quarta-feira (27/11) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre tais regras, o advogado Thiago Sombra, que representa o WhatsApp, sugeriu que o artigo 34 da minuta de resolução, que proíbe a propaganda eleitoral via telemarketing, seja expandido para vedar também o disparo em massa de mensagens através de aplicativos.

“Nossa sugestão é que essa vedação se estenda a ferramentas que oferecem mensagens eletrônicas em massa, automatizadas ou em forma de spam”, defendeu Sombra. “Essa é a maior contribuição que acredito que o WhatsApp quer dar a essas eleições”, afirmou o advogado durante a audiência pública. Continue lendo

Carteirinha digital de estudante já pode ser baixada nas lojas virtuais de celular

Carteirinha digital de estudante já pode ser baixada nas lojas virtuais de celular 3

A carteirinha digital gratuita do Ministério da Educação, ID Estudantil, já pode ser baixada nas lojas virtuais de celular: Apple Store, para iOS, e Google Play, para Android.

O aplicativo foi lançado esta semana e já está inteiramente disponível.

Ele pode ser localizado como “ID Estudantil” tanto nas lojas, quanto no espaço “Governo do Brasil”, dentro das plataformas.

Fique atento: somente o aplicativo com este nome é do MEC. Continue lendo

Celulares pré-pagos desatualizados são bloqueados hoje (18)

celular pre pago

As pessoas portadoras de telefones celulares pré-pagos que não atualizaram seus cadastros, após terem recebido notificação das operadoras, estão com suas linhas bloqueadas a partir desta segunda-feira (18), segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

De acordo com a Anatel, a medida vale para os clientes dos seguintes estados: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Roraima, Sergipe e São Paulo.

A agência informou que menos de 1% dos 91 milhões de celulares pré-pagos dessas regiões apresenta alguma pendência cadastral. Alertou também que é a última fase da campanha de comunicação aos consumidores com cadastros desatualizados, realizada pelas prestadoras Algar, Claro, Oi, Sercomtel, Tim e Vivo, dentro do Projeto Cadastro Pré-Pago, acompanhado pela Anatel. Continue lendo

COMON divulga boletim de balneabilidade das praias do litoral Sul

COMON divulga boletim de balneabilidade das praias do litoral Sul 4

O boletim de balneabilidade nº 44/2019, emitido na última sexta-feira (1º) pela Coordenação de Monitoramento dos Recursos Ambientais e Hídricos (COMON), vinculada ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), divulgou a situação da qualidade da água das praias do litoral sul da Bahia, em decorrência do derramamento de óleo na costa do Nordeste.

O relatório traz uma notícia positiva. De acordo com os dados disponibilizados pelo órgão, oito praias de Ilhéus estão próprias para banho: Ponta da Tulha; Praia do Cristo; Opaba; Ceplus Montante; Ceplus Jusante; Milionários; Cururupe e Olivença. O Inema informa que o monitoramento é divulgado semanalmente. Enquanto isso, voluntários também contribuem com o esforço nas atividades.

O comitê gestor montado em Ilhéus realiza ações de limpeza e fiscalização contínua das praias atingidas. As ações preventivas de combate às manchas de óleo foram alinhadas semanas antes, mediante a atuação da Prefeitura, junto à Marinha, Corpo de Bombeiros Militar e órgãos ambientais, reunindo militares e técnicos com a participação de centena de voluntários para limpeza das praias. Continue lendo

Twitter vai passar a proibir todos os tipos de propaganda política

Twitter vai passar a proibir todos os tipos de propaganda política 5

O microblog Twitter anunciou que vai passar a proibir todos os tipos de propaganda política em todo o mundo a partir de novembro. A decisão foi tuitada pelo diretor Jack Dorsey. Ele disse que a proibição de todos os tipos de propaganda política paga passará a valer do dia 22 de novembro em diante, mas algumas exceções, como, por exemplo, anúncios em apoio ao recenseamento eleitoral, ainda serão permitidas.

O Twitter adotou a medida em meio às crescentes críticas de que anúncios pagos em redes sociais provocam campanhas de difamação e que muitos deles contêm equívocos ou informações falsas. A medida contrasta com o Facebook, que afirmou que não vai proibir propagandas políticas e nem vai verificar o conteúdo de anúncios de políticos.

WhatsApp libera mais uma nova versão do aplicativo de mensagens

WhatsApp libera mais uma nova versão do aplicativo de mensagens 6

O WhatsApp liberou nesta segunda-feira (28) uma nova versão do aplicativo de mensagens. Com o update, foram liberados dois novos recursos.

A versão 2.19.110 está disponível para o sistema operacional iOS. Com ela, mensagens recebidas em conversas silenciadas agora não serão mais indicadas no ícone do app.

Outro novidade, o app também recebeu melhorias na usabilidade. “Edite arquivos de mídia com as novas guias de alinhamento que ajudam a posicionar melhor figurinhas, emojis e muito mais”, revela a descrição. Continue lendo

WhatsApp admite envio ilegal de mensagens em massa nas eleições de 2018

WhatsApp admite envio ilegal de mensagens em massa nas eleições de 2018 7

Finalmente, a confirmação. Depois de muita polêmica, o WhatsApp finalmente admitiu oficialmente que houve envio ilegal de mensagens em massa durante as eleições de 2018 no Brasil. A informação foi confirmada pelo gerente de Políticas Públicas e Eleições Globais da empresa, Ben Supple, e divulgada pela Folha de S. Paulo nesta terça (08), em uma reportagem da jornalista Patrícia Campos Mello.

“Na eleição brasileira do ano passado houve a atuação de empresas fornecedoras de envios maciços de mensagens, que violaram nossos termos de uso para atingir um grande número de pessoas”, disse Supple, durante uma palestra no Festival Gabo. Este tipo de estratégia eleitoral é proibido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O executivo do WhatsApp também condenou grupos públicos que compartilham conteúdo político. “Vemos esses grupos como tabloides sensacionalistas, onde as pessoas querem espalhar uma mensagem para uma plateia e normalmente divulgam conteúdo mais polêmico e problemático”, disse. “Nossa visão é: não entre nesses grupos grandes, com gente que você não conhece. Saia desses grupos e os denuncie.” Continue lendo