Saúde

PROGRAMA LATIN DE TELEMEDICINA CHEGA A ITABUNA

PROGRAMA LATIN DE TELEMEDICINA CHEGA A ITABUNA 1

Um eletrocardiograma realizado em uma cidade de qualquer ponto do Brasil viaja centenas de quilômetros em segundos, até chegar a uma central em Uberlândia (MG), onde uma equipe de cardiologistas de plantão consegue avaliar com precisão e rapidez de até 10 minutos os resultados do exame. Com o diagnóstico em mãos, os médicos podem iniciar o tratamento com muito mais rapidez e eficiência, em um processo que antes demorava muito mais tempo.

Essa tecnologia, conhecida como telemedicina, agora estará disponível a todos os moradores da cidade de Itabuna, Bahia, a partir de 05 de abril com a implementação do LATIN (da sigla em inglês para Rede Latino-Americana de Telemedicina para Infarto) na Santa Casa de Itabuna. O hospital foi fundado em 1917 e hoje realiza cerca de cinco mil internamentos e mais de seis mil cirurgias por ano.

“A telemedicina promove o intercâmbio de informações médicas de um local a outro via comunicações eletrônicas para melhorar o estado de saúde clínica do paciente. Permite que um tratamento cardíaco que salva vidas tenha início na unidade de tratamento básico ou na ambulância e não na chegada ao hospital”, explica o Dr. Roberto Botelho, presidente da ITMS Brasil, uma das idealizadoras do programa, ao lado da Lumen Foundation e da Medtronic. “A telemedicina é o elemento crítico que ganha na corrida contra o tempo, já que a cada 30 minutos o risco de morte em casos graves de infarto aumenta 7,5%”, ressalta Botelho. A agilidade do processo aumenta a chance do paciente e diminui o tempo de internação, fazendo com que o sistema tenha uma significativa redução de custos.

No Hospital Santa Marcelina, que tem 80% dos pacientes atendidos pelo SUS e está localizado na capital paulista, foi observada redução de 50% no tempo para o início do tratamento (de 80 para 40 minutos), além de diminuição da mortalidade de 11,4% para 5,2%. Em pouco mais de dois anos de funcionamento do projeto, foram realizados mais de 69 mil eletrocardiogramas (ECG) e, com o apoio do LATIN, 718 pacientes foram identificados com infarto agudo do miocárdio e tiveram a possibilidade de receber o tratamento muito mais rápido. Continue lendo

HRCC vai implantar serviço de diálise para pacientes internados

HRCC vai implantar serviço de diálise  para pacientes internados 2

Foto: GOV/BA

A partir deste mês de abril, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, vai implementar o serviço de hemodiálise, exclusivo para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Hernani Vaz Krüger, diretor-geral do HRCC, ressalta que os procedimentos de diálise intra-hospitalar, em caráter de urgência darão maior assistência aos usuários que demandam os serviços.

“Com a implantação do serviço de diálise reduziremos a necessidade de transferências para outras unidades. A equipe dará suporte preciso aos usuários dialíticos internados. Contudo, é importante lembrar que as pessoas que precisam de diálise crônica, continuarão o tratamento nas unidades indicadas”, explica.

De acordo com Cláudio Moura Costa, diretor técnico do HRCC, o serviço vai atender exclusivamente os usuários em estado grave, internados na UTI e que apresentam quadro de insuficiência renal. “Quando há indicação para realização de hemodiálise, o usuário deve ter acesso rápido aos procedimentos, pelo fato de implicar maior risco de morte caso não seja dialisado para restabelecimento das funções renais”, enfatiza. Continue lendo

ILHÉUS: Desabastecimento Temporário da vacina pentavalente; Sesau aguarda repasse

ILHÉUS: Desabastecimento Temporário da vacina pentavalente; Sesau aguarda repasse 3

O Ministério da Saúde informou por meio de nota, que o país enfrenta o desabastecimento temporário da vacina pentavalente, pelo sistema público de saúde. Há mais de 10 milhões de doses prontas, diz a nota, para serem distribuídas pelo país, mas para isso acontecer, ainda falta a liberação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A secretaria de Saúde de Ilhéus aguarda o repasse para a regularização da rotina nos postos e registra que a vacina pentavalente está no calendário vacinal obrigatório para imunização dos bebês.

O governo federal informou ainda que está resolvendo o problema, mas não deu prazo para começar a distribuição. Esse impasse aconteceu porque houve uma recente variação de temperatura e as vacinas são sensíveis a essas mudanças. Nas unidades de saúde, não há previsão de chegada. Segundo a Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI), a vacina deve ser aplicada nos bebês em três doses: uma aos dois meses, depois aos quatro e depois aos seis. As doses podem ser encontradas na rede particular, mas o preço não é popular.

A expectativa, segundo a chefe da seção de imunização da Sesau, Walkiria Cardeal, é de que a situação se normalize dentro de um mês. “A falta da vacina é preocupante, pois pode comprometer o esquema vacinal da criança e vai afetar a cobertura vacinal”, lamenta. Os pais ou responsáveis, alerta Walkiria “serão informados por meios de divulgação, então não há motivo para alarde por enquanto, é só aguardar um pouco mais que a vacina vai chegar. Portanto, devem retornar aos postos para completar o esquema vacinal de seus filhos, assim que for regularizado o quadro”, orienta. Continue lendo

ILHÉUS: CENOE renova com a Secretaria de Saúde

ILHÉUS: CENOE renova com a Secretaria de Saúde 4

O Centro de Olhos Especializado – CENOE teve seu contrato com a Secretaria de Saúde renovado, o fato foi publicado ontem (02) no Diário Oficial do Município

A Clínica responde pela prestação de serviços especializados em oftalmologia, tendo Ilhéus como referência, o que legitima a remuneração pelos serviços regularmente prestados.

A prorrogação do contrato Nº 000048-S/2016 vale agora até 02 de janeiro de 2019 no valor total de mais de 2 milhões de reais. Continue lendo

Consórcios de Saúde tem mais de 150 vagas abertas pela Bahia

Consórcios de Saúde tem mais de 150 vagas abertas pela Bahia 5

O Consórcios Público de Saúde abre inscrições do Processo Seletivo que visa à contratação e formação de cadastro de reserva de profissionais para atuarem na Policlínica da Região de Valença, Feira de Santana, Barreiras e Reconvale. 

Com jornadas de 20 a 40 horas semanais e remunerações que vão de R$ 1.448,00 a R$ 4.388,32, as vagas de níveis Médio, Técnico e Superior ofertadas são para os cargos de Enfermeiro; Farmacêutico; Médicos nas especialidades de: Anestesiologista, Angiologista, Cardiologista – Ergometria, Cardiologista – Ecocardiografia, Cardiologista, Cirurgião Geral, Dermatologista, Diagnóstico por Imagem – Ultrassonografia Geral, Endocrinologia e Metabologia, Endoscopia Digestiva, Gastroenterologista, Ginecologia e Obstetrícia, Hematologia e Hemoterapia, Infectologista, Mastologista, Neurologista, Oftalmologista, Ortopedia e Traumatologia, Otorrinolaringologista, Médico Pneumologista, Radiologia e Diagnóstico por Imagem, Reumatologista e Urologista; Nutricionista; Ouvidor; Psicólogo; Assessor técnico; Assistente Administrativo; Técnico em Enfermagem e Técnico em Radiologia.

Dentro do total de oportunidades ofertadas, há aquelas que são exclusivas para candidatos que se enquadram nos itens especificados no edital. Continue lendo

Preços de remédios ficam até 2,84% mais caros a partir de hoje

Preços de remédios ficam até 2,84% mais caros a partir de hoje 6

Os preços de 13.000 medicamentos ficam mais caros a partir deste sábado (31). O reajuste anual foi confirmado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED). Os reajustes vão variar de 2,09%, 2,47% e 2,84%, dependendo da concorrência no mercado, sendo o maior índice para produtos com mais fabricantes e versões de medicamentos genéricos. Já o índice menor é destinado a produtos ainda protegidos por patentes, como oncológicos, antivirais e vacinas.

Este é o segundo ano seguido que o reajuste dos medicamentos será baixo, de acordo com a Sindusfarma (Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo). “A indústria farmacêutica tem conseguido segurar seus preços, apesar do expressivo aumento dos custos de produção nos últimos anos e a tendência deve se repetir em 2018”, afirma Nelson Mussolini, presidente-executivo do Sindusfarma.

Os reajustes de preço dos medicamentos têm ficado abaixo da inflação geral. De 2013 a 2017, o IPCA acumulado foi de 36,48% ante 32,51% dos reajustes médios autorizados pelo governo.

“É importante o consumidor pesquisar nas farmácias e drogarias os melhores ofertas dos medicamentos prescritos”, recomenda Mussolini. “Dependendo da reposição de estoques e das estratégias comerciais dos estabelecimentos, aumentos de preço podem demorar meses ou nem acontecer.” Continue lendo

HRCC realiza feira de saúde com rastreamento do câncer de mama

HRCC realiza feira de saúde com rastreamento do câncer de mama 7

Foto: Paula Souza Ascom/HRCC

O Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, realizou nos dias 26 e 27 de março, a I Feira de Saúde, evento que marcou os 100 dias de funcionamento da unidade. Com serviços gratuitos, a feira atendeu cerca de 860 pessoas. Desse total, 200 realizaram o exame de mamografia e 660 pessoas realizaram consulta ambulatorial nas especialidades: buco-maxilo-fa cial, cardiologia, clínica geral, cirurgia geral, gastroenterologia, ortopedia, pneumologia e urologia, com destaque para o atendimento na área de clínica geral.

As mulheres que fizeram o exame de mamografia poderão se dirigir ao hospital, a partir do dia 03 de maio, das 08h às 12h. É necessário apresentação de documento com foto para entrega do resultado. A doméstica Izania dos Reis, de 38 anos, saiu de Ibicaraí, município longínquo cerca de 80 km de Ilhéus e conseguiu atendimento para o clínico geral. “Essa feira é uma iniciativa muito boa. Eu já fui atendida pelo médico e agora irei fazer o teste da hepatite. Não tenho do que reclamar, o tratamento que recebi foi ótimo”, afirmou.

“É de suma importância a ligação entre o hospital e a comunidade e entre todas as equipes de Atenção à Saúde. A ação realizada visa, sobretudo, fortalecer o nível de informação da população sobre a saúde preventiva, ou seja, o conjunto de medidas e ações voltadas para a prevenção de doenças ou qualquer tipo de agravo à saúde”, encerra o diretor-geral do HRCC, Hernani Vaz Krüger. A feira contou também com o apoio dos profissionais da Secretaria Municipal da Saúde de Ilhéus, conforme diz a Ascom/HRCC.

SAÚDE: Tuberculose terá novo tratamento

Tuberculose

Pacientes com tuberculose terão acesso a um novo tratamento, com menor quantidade de comprimidos, passando de três para uma ingestão diária. Ele favorece a adesão ao tratamento e estará disponível a partir de maio na rede pública.

Para o uso da Isoniazida 300mg, o Ministério da Saúde vai financiar uma pesquisa, desenvolvida pela Universidade Federal do Espírito Santo, com apoio de pesquisadores externos do ES, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Distrito Federal.

Será nestes estados que terá início a distribuição do novo medicamento contra a tuberculose. Para isso, a pasta adquiriu 5 mil caixas, que correspondem a 2,5 milhões de comprimidos. O objetivo é conhecer o processo de utilização do medicamento, bem como a sua oferta pelos serviços de saúde.

Para o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Adeilson Cavalcante, esse é mais um avanço no tratamento. Segundo ele, objetivo é garantir o que há de mais inovador para o tratamento da doença. Continue lendo