Saúde

ILHÉUS: Vacinação contra gripe segue até dia 1º de junho

ILHÉUS: Vacinação contra gripe segue até dia 1º de junho 1

No último sábado, dia 12, em Ilhéus, aconteceu o dia “D” de vacinação contra a gripe. A secretaria municipal de Saúde (Sesau) ampliou os postos de atendimento para receber o público alvo da campanha, durante todo o dia. A chefe do Setor de Imunização da Sesau, Walkiria Cardeal, informou que do início da campanha até hoje foram vacinadas 16.530 pessoas, o que corresponde a 40,53% da cobertura vacinal. E avisa que a vacinação contra a gripe no município segue até o dia 1° de junho.

No Dia D da vacinação, foram disponibilizados 16 postos de atendimento na cidade, entre eles, a unidades básicas de saúde do Iguape, do Morada do Porto – Banco da Vitória, CSU (Centro Social Urbano), posto de saúde do Pontal, Associação de Moradores da Urbis, PSF Nossa Senhora da Vitória, Olivença, Mangueira, Vila Cachoeira, Centro de Saúde Euler Ázaro, CAE III (antiga Fundação Sesp), nos PSF dos bairros Vilela 3 e 4, Salobrinho e Conquista.

Além dessas localidades, mais pontos extras foram colocados, como um na igreja Assembleia de Deus, no Parque Infantil, e na Feira da Mulher no Centro do vereador Fabrício Nascimento, além de duas equipes volantes. Mesmo assim, a chefe de Imunização considera que o comparecimento aos postos de vacinação foi menor que o esperado. Foram vacinadas 2.491 pessoas, sendo 1.933 do público alvo, e 558, pessoas com doenças crônicas. Continue lendo

ILHÉUS: Sesau mobilizada para o “Dia D”, 12 de maio, de vacinação contra a gripe

ILHÉUS: Sesau mobilizada para o "Dia D", 12 de maio, de vacinação contra a gripe 2

A vacina contra a gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações e até mesmo mortes. Por isso é muito importante que as pessoas que fazem parte do público alvo, procurem um posto de saúde durante a Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe que segue até o final do mês de maio. Mas no próximo sábado, 12 de maio, é o Dia D, data da Mobilização Nacional e a secretaria de Saúde (Sesau)de Ilhéus está mobilizada para a campanha.

De acordo com a Sesau, na primeira quinzena da campanha, cerca de 4.794 pessoas já se vacinaram no município, o que representa 11,75 por cento do grupo prioritário. O inverno se aproxima e a aposentada Sebastiana de Jesus Santos já sabe: é hora de se vacinar contra a gripe. “Eu venho todos os anos ao posto me vacinar porque eu acho que a prevenção é a melhor coisa a fazer. Não que eu não venha a ter uma gripe ou resfriado, mas será sempre sem maiores consequências”, relata.

Além dos idosos, a vacina deve ser tomada por gestantes, mulheres que tiveram filhos há menos de 45 dias, crianças entre seis meses e menos de cinco anos, trabalhadores da saúde, professores, povos indígenas e portadores de doenças crônicas. Para essas pessoas a gripe pode ser mais perigosa, como explica a secretária municipal de saúde, Elizângela Oliveira. “Uma doença que na maioria das vezes tem uma evolução benigna, mas que nesses grupos de riscos ela pode se agravar, pode levar a hospitalização e inclusive até o óbito”.

Mobilização Nacional – No sábado (12), “Dia D” da Mobilização Nacional, a Sesau vai ampliar o número de unidades de saúde. Ao todo, serão 16 postos de atendimento no município, entre eles, a UBS Iguape, Morada do Porto – Banco da Vitória, CSU, Herval, Associação de Moradores da Urbis, PSF Nossa Senhora da Vitória, Olivença, Mangueira, Vila Cachoeira, Centro de Saúde Euler Ázaro, CAE III (antiga Fundação Sesp), nos PSF dos bairros Vilela 3 e 4, Salobrinho e Conquista. Além disso, será montado um posto em frente à Câmara Municipal, no centro da cidade. Continue lendo

ILHÉUS: Atendimentos da Policlínica da Conquista estão sendo feitos na Cidade Nova

ILHÉUS: Atendimentos da Policlínica da Conquista estão sendo feitos na Cidade Nova 3

Foto: Clodoaldo Ribeiro

A Policlínica Municipal Halil Medauar, unidade de atendimento médico especializado de responsabilidade da secretaria de Saúde (Sesau) de Ilhéus, instalada no bairro da Conquista, está funcionando provisoriamente em um novo local, na Avenida Vereador Marcus Paiva, na Cidade Nova, onde funcionava a sede da secretaria.

A transferência do local de atendimento à população se deu em função de na unidade da Conquista estar sendo realizada obras de reforma e adequação para a transformação em novo Pronto Atendimento (PA) 24 horas. Por outro lado, a sede da secretaria de Saúde foi transferida para o início da Avenida Lomanto Júnior, no Pontal, nas proximidades da ponte que leva o mesmo nome.

Segundo informações da secretária de Saúde, Elizângela Oliveira, nesse novo espaço estão mantidos todos os serviços oferecidos pela Policlínica da Conquista, a exceção do atendimento odontológico. O atendimento médico acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas.

A Policlínica oferece as seguintes especialidades médicas: cardiologia, ortopedia, reumatologia, hematologia, mastologia, psicologia, cirurgia oncológica, psicologia infantil, psiquiatria, ultrassonografia, dermatologia, gastroenterologia, ginecologia e obstetrícia, oftalmologia, urologia, nefrologia e neurologia. Continue lendo

ILHÉUS: PUBLICADO EDITAL PARA CONTRATAR EMPRESA PARA ADMINISTRAR HOSPITAL DO CACAU

ILHÉUS: PUBLICADO EDITAL PARA CONTRATAR EMPRESA PARA ADMINISTRAR HOSPITAL DO CACAU 4

O governo do estado publicou no diário oficial (07), o edital da licitação para contratar empresa responsável por administrar o hospital da Costa do Cacau. A unidade foi inaugurada em dezembro de 2017, e desde então está sendo administrada pelo Instituto Gerir.

O contrato com a Gerir vence em maio, já que não foi via licitação. Já a Organização Social (OS) vencedora da licitação vai administrar a unidade pelos próximos 60 meses. Continue lendo

Demora no diagnóstico de câncer leva à mastectomia em 70% dos casos

Demora no diagnóstico de câncer leva à mastectomia em 70% dos casos 5

A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) alerta que em 70% dos casos de câncer de mama diagnosticados no país a mulher passa por uma mastectomia (remoção total da mama). O principal motivo é que a doença é identificada em estágio avançado.

Para a sociedade, esse índice está ligado à dificuldade do diagnóstico precoce e demora ao acesso a consultas, exames, biópsia e tratamento. Pesquisas internacionais apontam que se o tumor é descoberto logo no início – com menos de 2 centímetros – as chances de cura podem chegar a 95%, conforme a sociedade. Continue lendo

NACIONAL: Pesquisadores brasileiros mostram tratamento que elimina o HIV

NACIONAL: Pesquisadores brasileiros mostram tratamento que elimina o HIV 6

Um grupo de pesquisadores brasileiros ligados à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) está muito perto da cura esterilizante do HIV, ou seja, de eliminar completamente o vírus que causa a Aids.

A pesquisa foi apresentada na segunda-feira (30/04) em São Paulo, em um congresso organizado pela Sociedade Brasileira de Infectologia e Sociedade Brasileira de Hepatologia.

Há cerca de seis anos, os cientistas liderados pelo médico infectologista Ricardo Sobhie Diaz tentávam entender por que os medicamentos disponíveis no mercado não eliminam completamente o vírus para, a partir desta informação, criar uma droga capaz de curar uma pessoa portadora de HIV.

“Nós precisávamos determinar quais são as barreiras que impedem a cura com o tratamento convencional, porque quando o paciente está tomando o coquetel, mesmo que a carga viral seja indetectável, o vírus ainda está lá”, explica Ricardo Sobhie Diaz.

Essas barreiras deixaram de ser um mistério nos primeiros anos de pesquisa. A equipe descobriu que o vírus HIV consegue enganar os antirretrovirais.

Os remédios destroem os vírus que estão se multiplicando, então, para se esconder, o HIV fica quieto, sem se multiplicar e aparecer. Além disso, ele se esconde em células onde os antirretrovirais não conseguem atuar, como cérebro, intestino, ovários e testículos.

“Quando o paciente para de tomar o coquetel e o medicamento não entra mais no organismo, o vírus volta a aparecer e a se multiplicar rapidamente”, diz o médico. Continue lendo

HRCC adota modelo internacional de triagem

HRCC adota modelo internacional de triagem 7

O padrão definido pelas normas internacionais e determinado pelo Ministério da Saúde é o modelo de identificação de prioridades adotado pelo Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), de Ilhéus, na triagem dos seus usuários. Denominado Protocolo de Manchester, o modelo utiliza cinco cores, cada cor representa os casos, pelo grau de gravidade, definindo assim a ordem de atendimento. Para isso, a unidade investiu em tecnologia, com a aquisição do Sistema Manchester de Classificação de Risco, que determina a prioridade clínica garantindo que o atendimento ocorra no tempo adequado.

“A triagem não é feita por ordem de chegada. É determinada a partir da gravidade dos casos. É colocado um adesivo na ficha de identificação com a cor correspondente à gravidade dos sintomas identificados. A cor do adesivo define a prioridade no atendimento”, explica a diretora de Enfermagem do HRCC, Rusiner Rehem.

Na triagem é avaliado o potencial de risco e o grau de sofrimento do usuário, para a definição da prioridade. Dessa forma, nos casos de maior gravidade, definidos como de emergência, é utilizado adesivo da cor vermelha e os usuários terão atendimento imediato. Nos casos sinalizados com adesivos da cor laranja (muito urgente), os usuários terão que ser atendidos no período máximo de 10 minutos; amarelo (urgente), em até uma hora; verde (pouco urgente), em até duas horas; e azul (não urgente), no limite de quatro horas.

Ao chegar ao HRCC, o usuário é encaminhado à triagem, para uma avaliação do seu quadro clínico geral. É essa avaliação que, cumprindo o Protocolo de Manchester, definirá a prioridade de atendimento e a especialidade para qual o usuário será conduzido. Continue lendo

ILHÉUS: Ex-secretário desmente mais uma notícia falsa do governo Marão

ILHÉUS: Ex-secretário desmente mais uma notícia falsa do governo Marão 8

O ex-secretário de saúde de Ilhéus, José Antônio Chagouri Ocké, classificou como um absurdo à informação veiculada pela Prefeitura Municipal no dia 18 de abril intitulado “Banco do Pedro após oito anos sem atendimento ganha Mutirão da Saúde”. Para o ex-secretário, a atual administração tenta a todo custo colocar a culpa do seu fracasso na gestão anterior e para isso utiliza de declarações inverídicas que não condizem com a verdade.

A nota causou surpresa no ex-secretário já que durante a gestão passada foram oferecidos diversos serviços à comunidade através de atendimentos regulares, com equipe composta pela enfermeira Juliana Lopes, uma técnica de enfermagem e dois agentes comunitários de saúde que realizavam o atendimento periódico à população. Além disso, eram realizados mutirões que ofereciam serviços de vacinações, exames preventivos, testes de glicemia, verificação de pressão arterial, acompanhamento do programa bolsa família, consultas com nutricionistas e consultas médicas. Os últimos mutirões foram ofertados nos dias 21 de março, 24 abril, 29 de julho e 29 de setembro de 2016, desmentindo assim a informação divulgada pelo atual governo.

Vale lembrar que, durante a gestão do prefeito Jabes Ribeiro, foi inaugurado o Posto de Saúde do Banco do Pedro. O prédio do munícipio, que se encontrava abandonado, foi reformado e ampliado com recursos próprios, possibilitando dá uma maior comodidade e prestação de serviços de qualidade aos moradores. Com o objetivo de atender a demanda dos distritos e saber as necessidades dos pacientes, semanalmente eram realizadas reuniões com os administradores locais. As marcações de consultas eram feitas pela Secretaria de Saúde, em que as guias eram encaminhadas pelos Agentes Comunitários de Saúde e pelas enfermeiras como forma de simplificar o atendimento. Continue lendo