:: Colunistas
::Publicidade

Saúde

Ilhéus está em alerta contra a Dengue e Chikungunya

Ilhéus está em alerta contra a Dengue e Chikungunya 1

Segundo dados obtidos pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), o número de casos de Dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, cresceu 301,4% em 2019 na Bahia. O município de Ilhéus ainda não apresentou aumento significativo nos números de caso, porém o índice de infestação predial (IIP) do mosquito transmissor está em 10%. O Ministério da Saúde preconiza meta de 1%.

A combinação de altas temperaturas e chuvas, características do período de primavera/verão, aumentam as chances de proliferação do vetor transmissor, já que os moradores acabam descuidando da limpeza dos quintais. O mosquito procria-se até mesmo em depósitos pequenos com água parada como tampinhas de garrafas e folhas secas.

Considerando o alto IIP e o período de chuvas, a secretaria municipal de Saúde (Sesau), através da Vigilância em Saúde, está intensificando as ações de controle das arboviroses (Dengue, Zika e Chikungunya) realizando vistoria de rotina nos imóveis, bloqueio focal e perifocal de criadouros em situações de casos suspeitos e confirmados, pesquisa larvária em 1/3 dos imóveis e vistorias aos pontos estratégicos de 15 em 15 dias. Continue lendo

Ilhéus: Família de bebê com doença rara faz campanha para achar doador de medula

Ilhéus: Família de bebê com doença rara faz campanha para achar doador de medula 2

Uma campanha procura doador de medula óssea para uma bebê de apenas dois meses que mora em Ilhéus, no litoral sul baiano. A iniciativa foi criada por familiares da criança. Segundo a TV Santa Cruz, os esforços são para cuidar da saúde da pequena Cecília Kruschewsky Bastos da Fonseca, que nasceu com uma doença imunológica rara. Até o momento, a criança não teve contato com toda a família devido à baixa imunidade provocada pela doença.

A bebê tem uma descamação na pele diferente de outras crianças. A menina teve de ficar internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal por uma semana. Depois de receber alta e precisar voltar para o hospital, a bebê foi transferida para tentar o tratamento em Curitiba, no do Paraná. Continue lendo

Preço de medicamentos poderão ser reajustados em até 4,33% em 2019

Preço de medicamentos poderão ser reajustados em até 4,33% em 2019 3
Os medicamentos comercializados no país só poderão ser reajustados em até 4,33% em 2019. O índice definido pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED) vale a partir de abril. O reajuste não será automático e cada empresa pode optar pela aplicação do índice total ou menor, a depender das estratégias comerciais. Atualmente, mais de 12 mil apresentações de medicamentos são comercializadas no Brasil.

Para chegar ao índice, a CMED observa fatores como a inflação dos últimos 12 meses (IPCA), a produtividade das indústrias de medicamentos (X), custos não captados pela inflação, como o câmbio e tarifa de energia elétrica (Y) e a concorrência de mercado (Z), conforme determina o cálculo aderido desde 2015. Diante destes fatores, foi observado que não houve projeção de ganhos de produtividade do setor farmacêutico, o que impactou na própria concorrência entre as farmacêuticas, já que os dois índices são interligados. Continue lendo

Tuberculose mata 24 pessoas por mês na Bahia

Tuberculose

O primeiro sinal foi a tosse. Depois, aumentaram os sintomas: cansaço, frio, febre. Não foi à toa que o comerciário Edson Chaves Filho, 55 anos, logo achou que se tratava de uma gripe. O problema é que ele não parava de tossir. Passaram-se algumas semanas e o incômodo continuava. Quando veio o diagnóstico, há aproximadamente dez meses, descobriu ter uma doença que sequer passara pela sua cabeça: tuberculose. 

“Cheguei a pesar 49 quilos. É um quadro de enfraquecimento geral”, diz ele, revelando uma realidade comum para milhares de pessoas na Bahia. Em todo o estado, no ano passado, foram 4.750 casos de tuberculose. A maioria deles está em Salvador – 1.561 ocorrências, representando mais de 32% do total. 

 
E o mais assustador: mesmo sendo uma doença que tem cura, cujo tratamento é gratuito na rede pública e que existe desde a Idade Média, a tuberculose ainda tem altos índices de mortalidade. No ano passado, foram 295 mortes na Bahia – ou seja, mais de 24 por mês no estado. 

Praticamente uma em cada quatro dessas mortes foi registrada em Salvador. Este ano, já foram 21 óbitos no estado, sendo sete na capital baiana. O total de casos no estado era de 489 no último dia 8, sendo 155 em Salvador. Continue lendo

Clínica Multiprofissional Life Saúde vai atender a partir de segunda (01) no Malhado

Clínica Multiprofissional Life Saúde vai atender a partir de segunda (01) no Malhado 4

Vacinação contra a gripe tem início em 15 de abril na Bahia

Vacinação contra a gripe tem início em 15 de abril na Bahia 5
Para distribuir aproximadamente 4 milhões de doses de vacina destinadas à Bahia, a 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (gripe) será aplicada conforme o calendário de ações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab). A campanha ocorrerá no período de 15 de abril a 31 de maio, sendo o dia de mobilização nacional em 4 de maio. 
Nesta campanha, além de indivíduos com 60 anos ou mais de idade, serão vacinadas as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes e as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, professores, povos indígenas, grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Continue lendo

ILHÉUS: Família de paciente idoso que veio a óbito denuncia descaso no Hospital Costa do Cacau

ILHÉUS: Família de paciente idoso que veio a óbito denuncia descaso no Hospital Costa do Cacau 6

Familiares de um idoso de 68 anos denunciaram neste último sábado (23), o descaso no tratamento de um paciente no Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus.

De acordo com a família, o senhor ficou internado no Costa do Cacau para fazer exames, pois ele estava doente e muito debilitado, ao decorrer dos dias, ele foi piorando e precisou por diversas vezes ficar no balão de oxigênio, antes dele ir para o semi-UTI, ele tinha um acompanhante da família para dormir com ele e durante o dia outro integrante da família o acompanhava, durante a transferência dele para o semi-UTI, o paciente não podia mais ficar com um acompanhante.

A partir daí, a família ficou sem notícias dele, uma vez que não tinha mais um familiar acompanhando, tudo indica que a situação se agravou e a família não foi comunicada, a notícia que chegou a família foi que o paciente havia falecido, isso aconteceu às 11 horas da manhã, e a família só foi informada quando a esposa foi realizar uma visita às 16h.

Após isso, iniciou toda revolta, pois o paciente tem uma ficha clínica com todos os dados, e a pergunta que não quer calar, por quê o Hospital Costa do Cacau que é referência no estado, não entrou em contato com a família para informar o acontecido. Continue lendo

ILHÉUS: Pacientes reclamam de demora no atendimento no Hospital Vida Memorial; Assista o vídeo

ILHÉUS: Pacientes reclamam de demora no atendimento no Hospital Vida Memorial; Assista o vídeo 7

O Hospital Vida Memorial, em Ilhéus, continua sendo motivo de reclamações por partes da população que procura consulta médica pediátrica naquela unidade de saúde.

Neste domingo (24), pacientes reclamaram, bem como registraram uma confusão por conta da demora do atendimento, o atraso nos atendimentos ultrapassaram horas, parece que há falta de profissionais da saúde em número suficiente para atender a demanda de pacientes. Assista a discussão:
Continue lendo

Life Saúde
Life Saúde
::Publicidade