Saúde

GERIR sufoca pelo Brasil, e deve deixar de administrar o Hospital Regional Costa do Cacau em Ilhéus

GERIR sufoca pelo Brasil, e deve deixar de administrar o Hospital Regional Costa do Cacau em Ilhéus 1

O Instituto Gerir que administra vários hospitais pelo Brasil, deve em 2019 deixar de administrar o moderno Hospital Regional Costa do Cacau em Ilhéus.

A SESAB hoje (26), informou que vai abrir uma sindicância para verificar os constantes atrasos nos pagamentos dos médicos, enfermeiros, entre outros, uma vez que, os repasses estão em dia, conforme o Governo do Estado.

A mesma empresa está atrasando os salários no Hospital de Sinop, no Mato Grosso. Neste caso, o Instituto Gerir pontua que os atrasos se deram devido à falta de regularidade dos repasses por parte do Estado de Mato Grosso e acrescenta que parcela das verbas não quitadas já foi regularizada, faltando apenas os salários do mês de novembro. Continue lendo

Ministério da Saúde faz alerta para vacinação em período de férias

Ministério da Saúde faz alerta para vacinação em período de férias 2

Foto: Clodoaldo Ribeiro

O Ministério da Saúde faz um alerta aos viajantes neste fim de ano: manter a caderneta de vacinação atualizada é fundamental para ter uma viagem saudável e tranquila. Pelo menos 10 dias antes da viagem, o turista deve atualizar a caderneta de acordo com as orientações do Calendário Nacional de Vacinação. Segundo a pasta, viajantes devem dar atenção especial às vacinas contra sarampo, hepatites A e B, e a febre amarela.

Uma das doenças de maior risco de transmissão no verão é a febre amarela, com registro em áreas com grande contingente populacional desde 2017. Atualmente, mais de 4 mil municípios são considerados áreas com recomendação de imunização. A vacina contra a febre amarela é ofertada gratuitamente no Calendário Nacional de Vacinação, e apenas uma dose é suficiente para a proteção por toda a vida.

Outra vacina importante para quem for viajar é a contra o sarampo. Isso porque o Brasil enfrenta atualmente dois surtos da doença: no Amazonas, com 9.724 casos confirmados e, em Roraima, com 349. Também há registros de casos em São Paulo, no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, em Rondônia, Bahia, Pernambuco, no Pará, Distrito Federal e em Sergipe. Continue lendo

Hospital Regional Costa do Cacau completa um ano de funcionamento neste sábado

Hospital Regional Costa do Cacau completa um ano de funcionamento neste sábado 3

O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, completa seu primeiro ano de funcionamento neste sábado (15). De acordo com os dados, neste período a unidade realizou mais de 180 mil procedimentos, dentre os quais 30 mil atendimentos e mais de 3.500 cirurgias em nove especialidades, destacando-se 1.422 em Ortopedia. Além de uma captação de múltiplos órgãos e 24 captações de córneas, 854 exames de cateterismo, 32 angioplastias, mais de 110 mil exames laboratoriais e 30 mil exames de imagem (raio-X, tomografia e ressonância magnética).

O hospital oferece atendimento à população em 13 especialidades: Clínica Médica Geral, Cardiologia, Saúde Mental, Neurologia, Ortopedia, Infectologia, Urologia, Nefrologia, Terapia Intensiva e Cirurgia Geral, Ortopédica, Neurológica e Vascular. O serviço de diálise implantado na Unidade de Terapia Intensiva reduziu a necessidade de transferências para outras unidades, atendendo exclusivamente os usuários em estado grave e que apresentam quadro de insuficiência renal.

“O funcionamento do Hospital Regional Costa do Cacau foi um dos compromissos assumidos pelo governo do Estado e apresenta um grande avanço para a região do sul da Bahia. Procedimentos que não eram realizados ou deixaram de ser realizados na região, por meio do hospital, estão sendo oferecidos de forma efetiva. Antes os pacientes aguardavam até seis meses para conseguir fazer uma cirurgia ortopédica. Agora, os pacientes fazem esses procedimentos em cerca de uma semana. É gratificante saber que através do serviço prestado quem ganha é a população”, comentou Hernani Vaz Krüger, diretor-geral da unidade. Continue lendo

Mais Médicos: 10 dos 19 inscritos para distritos indígenas na Bahia desistiram de vagas

Mais Médicos: 10 dos 19 inscritos para distritos indígenas na Bahia desistiram de vagas 4

Apesar de balanço do Ministério da Saúde apontar que todas as vagas do Programa Mais Médicos na Bahia foram preenchidas na primeira etapa de inscrições, a realidade se mostra diferente, especialmente nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs). Do total de 19 vagas abertas no edital, 10 já foram recusadas pelos profissionais.

De acordo com Itana Miranda, chefe da Divisão de Atenção à Saúde Indígena do DSEI Bahia, além das desistências, há ainda um médico com um pedido não previsto no edital, de iniciar sua atividade apenas em janeiro de 2019. Dessa forma, apenas oito profissionais estão atuando nas comunidades indígenas baianas.

“Nós tínhamos necessidade de 19 médicos. No total, tínhamos 20 médicos do programa, sendo uma brasileira. Quando foram abertas as inscrições, tivemos adesão de 100%. Todos os 19 foram inscritos, compareceram e, quando fizemos o processo de explicar como funciona a saúde indígena e onde eles iriam ficar – não nos municípios, mas nas aldeias -, muitos desistiram”, explicou, em entrevista ao Bahia Notícias.

Continue lendo

Estado busca ampliar repasses federais para saúde em mais R$520 milhões

Estado busca ampliar repasses federais para saúde em mais R$520 milhões 5

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, se reuniu nesta quarta-feira (12), em Brasília, com o ministro da Saúde Gilberto Occhi, acompanhado dos deputados Cacá Leão e Mário Negromonte Jr, a fim de ampliar os repasses federais para saúde da Bahia em mais de R$ 520 milhões por ano.

Os recursos adicionais referem-se a operação de novas unidades hospitalares estaduais e policlínicas, a ampliação de leitos e serviços de diagnóstico, bem como a recomposição do custeio de instituições federais como o Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes).

De acordo com o secretário, o Ministério da Saúde reconhece o esforço do Governo da Bahia para ampliar e descentralizar a assistência à saúde, sobretudo, em um momento de restrições orçamentárias e financeiras.

“O tesouro estadual vem mantendo unidades hospitalares operacionais, como o HGE 2, Hospital da Mulher e Instituto Couto Maia, todos em Salvador, além do Hospital da Chapada, em Seabra, e o Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus. Neste cenário, o governo federal deveria aportar, no mínimo, R$ 241 milhões”, ressalta Vilas-Boas. Continue lendo

Anvisa alerta: medicamento muito comum contra hipertensão pode causar câncer de pele

Anvisa alerta: medicamento muito comum contra hipertensão pode causar câncer de pele 6

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou hoje (4) um alerta para o aumento do risco de câncer de pele não-melanoma decorrente do uso cumulativo do medicamento hidroclorotiazida, utilizado para tratamento da hipertensão arterial e para controle de edemas.

“A descoberta foi realizada por meio de estudos epidemiológicos que demonstraram uma associação dose-dependente cumulativa — que ocorre quando a dose utilizada de um determinado medicamento está diretamente relacionada com seus efeitos — entre o medicamento em questão e o câncer de pele não-melanoma”, informou a Anvisa.

 
De acordo com a agência, em um dos estudos, foi possível notar também uma possível associação entre câncer de lábio e a exposição ao medicamento. “Ações fotossensibilizadoras da hidroclorotiazida, que facilitam a sua absorção pela pele, podem atuar como um possível mecanismo para a doença”.

A Anvisa considerou ainda as recomendações do Comitê de Avaliação de Riscos em Farmacovigilância da Agência Europeia de Medicamentos para classificar como plausível a associação entre o aumento do risco de câncer de pele não-melanoma e o uso em longo prazo de medicamentos contendo hidroclorotiazida. Continue lendo

Mutirão em Ilhéus garante 186 novos cadastros de medula óssea para transplante

Mutirão em Ilhéus garante 186 novos cadastros de medula óssea para transplante 7

Foto: Rodrigo Macedo

O mutirão promovido pela ONG Enaultinho Rocha garantiu o cadastramento de 186 novos doadores de medula óssea, no último sábado (1º). O evento aconteceu na sede do 2º Batalhão de Polícia Militar e contou contou com o apoio da instituição policial e da Prefeitura de Ilhéus. O prefeito Mário Alexandre, acompanhado do secretário de Saúde do município, Geraldo Magela prestigiou o mutirão e destacou a importância da iniciativa.

Para o prefeito, é preciso obter conhecimento quanto ao método de transplante em detrimento de outras vidas. “Esta é uma ação para salvar vidas. A prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, busca fortalecer, através de parceiras, o estímulo e a conscientização para a necessidade e importância de ser um doador”, ressaltou.

O medo do transplante e a falta de informação são os maiores obstáculos para quem está lutando pela vida. Este foi o motivo que provocou a criação da Ong que leva o nome do filho de Enault Freitas da Rocha, Enault Figueiredo da Rocha, ou Enaultinho, que perdeu a vida na luta contra uma leucemia linfobiástica aguda, no ano de 2014, aos 36 anos de idade. Ele foi acometido pela doença em 2012. Continue lendo

Programação do Dezembro Vermelho começa com conscientização sobre IST/Aids

Programação do Dezembro Vermelho começa com conscientização sobre IST/Aids 8

Com o slogan “Nenhum mal pode ser vencido sem a conscientização”, o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Ilhéus dá início à campanha Dezembro Vermelho, evento alusivo ao Dia Mundial de Luta contra a Aids, neste sábado (1°), na praça da Dom Eduardo, centro, em frente à Catedral de São Sebastião, das 9 às 17h30. A ação é uma parceria com o setor de Vigilância à Saúde, ambos vinculados à Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

O evento conta com o apoio do setor de Imunização da Sesau e das ONG’s Nepsi e Mais Você, além dos estudantes do curso de Medicina da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), representando a Internacional Federation of Students Associations (IFMSA). Com o objetivo reforçar as ações de conscientização e tratamento das IST/Aids, o programa municipal de IST’S executará programação especial em todo mês de dezembro, com várias ações, entre palestras, testagem e distribuição de preservativos. As atividades serão realizadas nas unidades de saúde do município e estarão disponíveis a toda população, com demanda livre.

Segundo a coordenadora do programa municipal de IST/HIV/AIDS, Uiara Soub, este mês de dezembro também será marcado pela descentralização dos testes rápidos para a Atenção Básica, que serão inseridos nas rotinas dos postos de saúde dos bairros Iguape, Pontal, Nelson Costa, Hernani Sá e Ilhéus II.  “A descentralização dos testes rápidos tem o objetivo de ampliar o acesso ao diagnóstico do HIV, sífilis e Hepatites virais, especialmente em gestantes e populações mais vulneráveis”, explica. Continue lendo

Anúncio
Técnico em informática em Ilhéus

Técnico em informática em Ilhéus