Saúde

Vigilância, prevenção e controle da febre amarela debatidos em Ilhéus

Vigilância, prevenção e controle da febre amarela debatidos em Ilhéus 1

De acordo com um levantamento feito pelo governo baiano, nas duas últimas décadas, foram registradas transmissões de febre amarela além dos limites da área considerada endêmica, que é a Região Amazônica. Isso levou os entes federativos agirem, através de políticas de prevenção e controle da febre amarela. E entre os dias 23 e 25 de outubro, Ilhéus recebeu uma oficina para tratar desses objetivos.

A atividade foi realizada pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado da Bahia (Divep/Suvisa/Sesab), em articulação com o Núcleo Regional de Saúde Sul e Coordenação Geral das Arboviroses (CGARB/SVS/MS). Oportunidade de ampliar a sensibilidade do sistema de vigilância na detecção precoce da circulação do vírus amarílico na Bahia, possibilitando a predição do risco, a prevenção e controle de casos autóctones de Febre Amarela.  

Estratégias – De acordo com o Rodrigo Said, coordenador geral de Arboviroses do Ministério da Saúde, dentro do Departamento de Imunização e de Doenças Transmissíveis. “Nosso objetivo foi discutir as estratégias de intensificação das ações de vigilância, prevenção e promoção da febre amarela na região, frente ao cenário ecoepidemiológico favorável para essa distribuição, e também num cenário susceptível à ocorrência da vacina”, explicou. Continue lendo

Feira cidadã atinge marca de 20 mil atendimentos em Ilhéus

Feira cidadã atinge marca de 20 mil atendimentos em Ilhéus 2

Entre os dias 24 e 27 de outubro Ilhéus recebeu a maior feira de saúde e cidadania do interior de estado, com atendimentos em várias especialidades médicas, serviços de odontologia, além de castração de cães e gatos e emissão de 1ª e 2ª via da carteira de identidade. De acordo com os organizadores, 20 mil pessoas foram atendidas nos stands montados no Centro de Convenções. A iniciativa é viabilizada pela Prefeitura e pelo Governo do Estado e conta com o apoio das Voluntárias Sociais da Bahia.

O prefeito Mário Alexandre reafirmou o compromisso assumido em atender as pessoas mais carentes do município. “Não conseguiríamos realizar uma ação tão importante não fosse com o apoio do Governo do Estado. Encerramos a Feira com o sentimento de dever cumprido e gratidão às equipes de saúde envolvidas. Agradecer também em especial às Voluntárias Sociais, na pessoa da primeira-dama, Aline Peixoto. Essa parceria é construtiva e quem ganha é a população. Meu agradecimento em nome não apenas de Ilhéus, mas da região”.

Satisfação da Ivanelza Mendes, moradora do Teotônio Vilela. “O atendimento foi ótimo, tudo organizado. Passei pelo oftalmologista, pelo dentista e vou tentar fazer mamografia também. Toda a equipe está de parabéns pela estrutura, pelos equipamentos e especialmente pelo atendimento”, contou. Já a Simone Silva aproveitou o final de semana para colocar a saúde em dia. “Eu fiz a transvaginal, preventivo e passei pelo dentista. Gostei muito. Aproveitei o dia para me cuidar, porque às vezes falta tempo”, comentou. Continue lendo

HTLV se espalha pela Bahia

HTLV se espalha pela Bahia 3

Pouco se tem falado sobre um vírus que não é recente, mas que vem atingindo uma parcela da população. O HTLV, que faz parte da família do HIV, vírus causador da AIDS, atinge as células de defesa do organismo. Diferente do HIV, que diminui a produção de células de defesa, o HTLV aumenta a produção de linfócitos T, podendo causar o aumento de doenças graves como câncer, doença com alta taxa de letalidade. 

O vírus é classificado em dois grupos: HTLV-I e HTVL-II, o primeiro caso está associado a doenças neurológicas graves e degenerativas e o segundo caso ainda não está ligado a nenhum tipo de patologia determinada.

Uma pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) divulgada neste ano após análise de testes realizados no Laboratório Central de Saúde Público (Lacen), entre 2003 e 2014, mostrou que a Bahia é o estado com o maior número de casos do vírus no Brasil.

Segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) os maiores índices de contágio são em pessoas pardas com idades entre 35 a 54 anos. Quando se comparado os dados entre 2017 e 2018 é possível notar uma queda nos casos da doença, quando foram contabilizados 712 e 693 registros, respectivamente. Até maio deste ano, a Bahia já contabilizou 206 casos. Ainda conforme a Sesab, levando-se em consideração os índices entre 2017 até maio de 2019, as cidades com maior incidência do vírus foram Salvador (797), Feira de Santana (112), Vitória da Conquista (76) e Itabuna (36), em números totais. Continue lendo

Secretaria de Saúde de Ilhéus realiza ações no Dia Mundial de Combate ao AVC

Secretaria de Saúde de Ilhéus realiza ações no Dia Mundial de Combate ao AVC 4

Você sabia que uma em cada quatro pessoas terá um AVC ao longo da vida? Diante dessa ocorrência, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), em parceria com a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e a Faculdade Madre Thaís (FMT), promove ações de prevenção, orientação e combate ao Acidente Vascular Cerebral (AVC), mais conhecido como derrame cerebral.

De acordo com a Prefeitura, as ações serão realizadas nos dias 29 e 30 de outubro, das 8h às 17h, na Praça José Joaquim Seabra, no centro, com oferta dos serviços de aferição de pressão arterial; teste de glicemia capilar; realização de Eletrocardiograma; avaliação clínica; medição de peso, altura e índice de massa corporal (IMC).

Antônio Fernando Ribeiro, médico neurologista e equipe multidisciplinar formada por enfermeiros, nutricionista e estudantes de Medicina, Enfermagem, Biomedicina e Fisioterapia, irão instruir a população sobre o reconhecimento da doença e o que fazer diante de uma suspeita de AVC. De acordo com a Academia Brasileira de Neurologia (ABN), o AVC decorre da alteração do fluxo de sangue ao cérebro, provocando paralisia da área afetada. Continue lendo

Sesab confirma mais um caso de sarampo; número sobe para 23 na Bahia

Sesab confirma mais um caso de sarampo; número sobe para 23 na Bahia 5

Foto: Cristine Rochol/PMPA

Um novo caso de sarampo foi registrado na cidade de Ituberá, no baixo sul da Bahia, na última quinta-feira (24). Este é o segundo caso confirmado neste município. No total, 23 pessoas já foram diagnosticadas com a doença em todo estado, sendo 12 em Santo Amaro, 5 em Gandu, 2 em Ituberá, 1 em Jacobina, 1 em Palmeiras, 1 em Salvador e 1 em Andorinha.

Além destes confirmados, outros 561 casos suspeitos de sarampo foram notificados, sendo 310 descartados e 251 em processo de investigação.

A primeira fase da Campanha de Vacinação contra o sarampo encerra nesta sexta-feira (25). A segunda fase será iniciada dia 18 de novembro.

Primeiro dia da Feira Cidadã em 2019 em Ilhéus levou mais de 5 mil pessoas ao Centro de Convenções

Primeiro dia da Feira Cidadã em 2019 em Ilhéus levou mais de 5 mil pessoas ao Centro de Convenções 6

Foto: Alberto Coutinho/GOVBA

A maior edição da Feira Cidadã em 2019 chegou a Ilhéus, na região sul, nesta quinta-feira (24), e segue até o próximo domingo (27). A iniciativa realizada pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) em parceria com as Voluntárias Sociais da Bahia (VSBA), instituição presidida pela primeira-dama Aline Peixoto, deve realizar cerca de 20 mil atendimentos para os mais diversos tipos de exames e procedimentos. A estrutura da Feira foi montada no Centro de Convenções da cidade.

O coordenador da Feira Cidadã, Edvaldo Gomes, lembra que para conseguir a ficha de atendimento a população deve levar o cartão do SUS, comprovante de residência e RG. “São cerca de 20 mil fichas que serão distribuídas entre hoje e amanhã. Nós iremos agendar os atendimentos que seguem até domingo. A intenção é realmente facilitar o acesso da população aos serviços de saúde e cidadania, e com isso desafogar a demanda, que é muito grande dos municípios que recebem essa ação”.

Em Ilhéus, os procedimentos mais procurados são odontologia, ultrassonografia, mamografia e oftalmologia. A dona de casa Maria Vitória conseguiu realizar o exame oftalmológico e foi encaminhada para cirurgia de catarata no Hospital Regional da Costa do Cacau. “Eu estou com minha visão muito curta e vinha sentindo um incômodo. Hoje consegui fazer esse exame de graça e para a gente que não consegue pagar em clínica particular é muito importante”, pontuou. Continue lendo

Ilhéus sedia oficina sobre vigilância, prevenção e controle da Febre Amarela

Ilhéus sedia oficina sobre vigilância, prevenção e controle da Febre Amarela 7

Deu início na manhã desta quarta-feira (23), no Hotel Praia do Sol, em Ilhéus, no Sul da Bahia, a oficina sobre vigilância, prevenção e controle da Febre Amarela. O evento regional é organizado pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado da Bahia (Divep/Suvisa/Sesab), com articulação do Núcleo Regional de Saúde Sul e da Coordenação Geral das Arboviroses (CGARB/SVS/MS). A programação segue até sexta-feira (25).

No local, profissionais das Regionais de Saúde e municípios prioritários que atuam na vigilância epidemiológica das arboviroses e na vigilância de epizootias e vigilância de vetores relacionada à vigilância da Febre Amarela. O objetivo é ampliar a sensibilidade do sistema de vigilância na detecção precoce da circulação do vírus amarílico na Bahia, possibilitando a predição do risco, a prevenção e controle de casos autóctones de Febre Amarela.

Nível nacional – Alberto Araújo, diretor de Planejamento, representou o secretário Geraldo Magela, durante o primeiro dia das atividades. Embora seja um evento regional, considerou a programação de nível nacional, já que a estratégia foi capitaneada pelo Ministério da Saúde. “São doutores e especialistas nas áreas de Vigilância à Saúde, dispostos a serem multiplicadores nos municípios, e tudo isso coloca Ilhéus num patamar diferenciado”. Continue lendo

ILHÉUS: Com baixa procura, dia ‘D’ contra o sarampo vacina crianças com menos de 5 anos

ILHÉUS: Com baixa procura, dia ‘D’ contra o sarampo vacina crianças com menos de 5 anos 8

O Dia ‘D’ da vacinação contra o sarampo ocorreu no último sábado (19), em Ilhéus. A primeira etapa da vacinação contra o sarampo vai até a próxima sexta-feira (25). O objetivo é vacinar as crianças entre seis meses até 4 anos, 11 meses e 29 dias. A vacina tríplice viral protege contra o sarampo, caxumba e rubéola. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), o trabalho de rotina nos postos de saúde no município fortaleceu a campanha seletiva.

Nos postos de saúde, a baixa procura marcou as primeiras horas do ‘Dia D’. Durante todo o dia as unidades ficaram abertas para atender o público-alvo e algumas salas de vacinação ficaram vazias durante boa parte do tempo. As equipes aproveitaram o dia para imunizar pessoas de 1 a 29, que não possuíam as duas doses da vacina e pessoas de 30 a 49 anos, que precisavam a dose na caderneta.

Para Walkiria Cardeal, a chefe do Setor de Imunização da Sesau, “a intenção do município sempre foi imunizar todas as crianças, evitando que fiquem doentes. Neste sábado foi uma estratégia para alcançar aqueles pais que não têm tempo com a sua criança durante a semana. Com essa vacina a criança está imunizada contra três doenças graves que estão voltando. Com a baixa cobertura vacinal estas doenças estão voltando”, alertou. Continue lendo