:: Colunistas
::Publicidade

Publieditorial

IBEC ABRE INSCRIÇÕES PARA O CURSO DE NR10SEP

IBEC ABRE INSCRIÇÕES PARA O CURSO DE NR10SEP 1

O Instituto Brasileiro de Educação, Ciência e Tecnologia- IBEC abre inscrições para o Curso de NR10 SEP com carga horária de 40 horas.

A NR10 SEP, o Sistema Elétrico de Potência – SEP, é uma Norma Regulamentadora para quem atua na área de Geração, Transmissão, Distribuição e Consumo. É exigida pela COELBA como requisito para contratação. Continue lendo

Por coerência, governo deve criar o Bolsa Pistola

Por coerência, governo deve criar o Bolsa Pistola 2

O afrouxamento na liberação da posse e do porte de armas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, demonstra que esta é uma política do governo, mas que atende, principalmente, aos eleitores do atual ocupante da principal cadeira do Palácio do Planalto.

Não faz parte, entretanto, de nenhum programa de Segurança Pública, já disseram o vice-presidente Mourão e o ministro Sérgio Moro, o responsável por essa área tão sensível do governo.

Quem sai ganhando com isso?

Evidentemente, além das indústrias do setor, aqueles que acreditam que quanto mais armas, menos mortes, uma equação que eu não consigo resolver por nenhum dos lados. Continue lendo

IBECBR ABRE INSCRIÇÕES PARA O CURSO DE NR10

IBECBR  ABRE INSCRIÇÕES PARA O CURSO DE NR10 3

O Instituto Brasileiro de Educação, Ciência e Tecnologia- IBEC abre inscrições para o Curso de NR10 com carga horária de 40 horas.

A Norma Regulamentadora Nº10 do Ministério do Trabalho estabelece os requisitos e condições mínimas para a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que, direta ou indiretamente, interajam em instalações elétricas e serviços com eletricidade.

Esta NR10 se aplica aos profissionais que atuam na geração, transmissão, distribuição e consumo de energia, incluindo as etapas de projeto, construção, montagem, operação, manutenção das instalações elétricas e quaisquer trabalhos realizados nas suas proximidades. Continue lendo

Publicidade do Supermercados Meira

Publicidade do Supermercados Meira 4 Publicidade do Supermercados Meira 5 Publicidade do Supermercados Meira 6

Professor Reinaldo escreve uma Carta aos Ilheenses

Professor Reinaldo escreve uma Carta aos Ilheenses 7

CARTA AOS ILHEENSES

Amigas e Amigos,

Vejo um futuro incerto. Isso tem me deixado incomodado. Por onde vou, a sensação de desordem e má gestão, tem comprometido o futuro dos ilheenses.

É estarrecedor, saber que nossa linda e rica Ilhéus, prestes a completar  500 anos de história e cultura,  que já foi uma das 10 cidades do Brasil melhor para se viver, e mesmo com um orçamento anual de mais de R$500 milhões de reais, se tornou a cidade que mais perdeu população na Bahia, tem mais de 60 mil pessoas  na extrema pobreza, crianças, cuja única refeição do dia é feita na escola, quando nesta, ainda oferece e uma enorme parcela de desempregados.

Nossa Ilhéus apresenta uma das piores taxas com capacidade de investimento próprio.

Mesmo possuindo uma estrutura logística consolidada, não consegue atrair investimentos privados para gerar empregos para nossa juventude. 

Apesar de sermos um Município predominantemente agrícola, 70% do que consumimos, vem de outros municípios. A chuva que traz esperança aos agricultores torna-se pesadelo para os moradores dos altos e morros de Ilhéus.

Depois do Rio de Janeiro e São Paulo, Ilhéus foi a cidade que mais foi tema de novelas, seriados e filmes, mesmo assim, não se conseguiu profissionalizar o turismo, limitando-nos apenas ao veraneio.

É inadmissível fechar os olhos para tudo isso e fingir que está tudo bem. Continue lendo

Covarde, impiedoso e vingativo, Zé Dirceu toma carro de jornalista do interior da Bahia

Covarde, impiedoso e vingativo, Zé Dirceu toma carro de jornalista do interior da Bahia 8

O petista José Dirceu, quando ainda era um poderoso ministro de um governo que se chafurdou no mar de lama da propina e da corrupção, não teve a coragem necessária para processar nenhum veículo da Grande Mídia. Não processou a Folha. Não processou o Estadão. E também não processou a Veja. Resolveu processar o jornalista Marcel Leal, do jornal A Região de Itabuna (BA).

O processo tramitou em tempo recorde e Marcel acabou sendo condenado a indenizar o ministro.

Mais tarde, quando ficou evidenciado que o jornalista estava correto, o processo já havia transitado em julgado.

Sem perda de tempo, o petista está executando a dívida e vai confiscar o carro do jornalista.

Marcel Leal publicou o seu relato sobre o caso:

“Sim, aquele José Dirceu, ex-ministro de Lula, eminência parda do governo, milionário, condenado a 30 anos de cadeia por corrupção, vai tomar o meu único carro, que levei três anos para pagar com muita dificuldade. Ele será confiscado para pagar uma indenização ao petista.

José Dirceu me processou porque não gostou de um artigo que escrevi sobre o assassinato do prefeito petista Celso Daniel, comentando o relatório da investigação feita pelo Ministério Público de São Paulo, que apontava para a cúpula do PT, na época comandada por ele. Continue lendo

Caso exemplar de manipulação política, corrupção e desperdícios, a VALEC consome R$ 1,3 milhão por dia

Caso exemplar de manipulação política, corrupção e desperdícios, a VALEC consome R$ 1,3 milhão por dia 9

O Ministério da Infraestrutura anunciou a intenção de deflagrar em março a liquidação da Valec, companhia estatal criada há 48 anos com foco no planejamento e na administração de engenharia de ferrovias.

Seria a primeira iniciativa do governo Jair Bolsonaro no processo de desestatização, com reflexos diretos nas contas do setor público.

A Valec é um caso exemplar de estatal com histórico de manipulação política, corrupção e desperdícios. Hoje consome cerca de R$ 1,3 milhão a cada dia útil. Gasta R$ 300 milhões por ano para manter abertas as portas dos seus escritórios, onde trabalham 800 pessoas.

Ela possui um acervo de obras caras e inacabadas, periodicamente “reinauguradas” a custos crescentes. Um desses projetos é o da ferrovia planejada para dar ao agronegócio do Centro-Oeste uma saída atlântica no litoral sul da Bahia.

São 1.527 quilômetros desde os campos de Figueirópolis, no Tocantins, até o mar em Ilhéus. Essa integração foi celebrada por Lula na campanha de reeleição, em 2006, e festejada por Dilma, nas temporadas eleitorais de 2010 e 2014. A ferrovia mal saiu do papel, mas nela já foram dissipados mais de R$ 4 bilhões em dinheiro público.

Nesse empreendimento tem-se um estuário das singularidades que caracterizam o gigantismo do Estado na economia. O plano da estrada de ferro estabelece a ligação de uma vila de cinco mil habitantes no sul do Tocantins a lugar nenhum. Continue lendo

Publicidade do Meira Supermercados

Publicidade do Meira Supermercados 10Publicidade do Meira Supermercados 11

 

Life Saúde
Life Saúde
::Publicidade