Ilhéus

Ilhéus: União de esforços buscam meios na capital baiana para resolver outro caso de amputação

Ilhéus: União de esforços buscam meios na capital baiana para resolver outro caso de amputação 1

Sensibilizada com mais uma situação, Dra Valéria Campos busca meios junto a capital baiana para resolver outro caso de amputação. 

Agora mais complexo, pois a paciente necessitará de uma “endarteriecfomia” (procedimento realizado somente em Hospitais Vasculares com cateter para desobstrução das veias) seguida de amputação de um dos dedos do membro inferior que já encontra-se necrosado.

Semelhante ao caso de dona Darcy Conceição Guimarães, que chocou toda população por ser idosa e já está se internada no Hospital São José há mais de 1 mês, ainda que portadora de diabetes.

A família desesperada acionou o Ministério Publico que através de liminar consegui realização dos os procedimentos e a mesma passa bem. Porém, mais casos vão surgindo com mesmo teor. Continue lendo

Governador Rui Costa recebe grupo de chineses para firmar acordo

Governador Rui Costa recebe grupo de chineses para firmar acordo 2

Na tarde da última terça (20), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), o Governador Rui Costa se reuniu com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster e com executivos de duas empresas chinesas que formam o consórcio com a Bahia Mineração para construção do Porto Sul, Ferrovia Oeste-Leste e exploração da mina de minério de ferro em Caetité.

Na reunião, os executivos reforçaram o interesse em começar as atividades, em conjunto com a Bahia de Mineração, o mais rápido possível no estado. O grupo de chineses aproveitou para visitar a mina em Caetité, as obras da Fiol e o local onde será construído o Porto Sul, em Ilhéus.

O encontro é importante para que os envolvidos no consórcio conheçam o potencial de cada um dos empreendimentos. No dia 6 de fevereiro foi assinado o acordo com a Bahia de Mineração, que possibilitou a aliança entre as empresas para a realização das atividades. Continue lendo

Baiana System e se apresenta em abril na Concha Acústica de Ilhéus

Baiana System e se apresenta em  abril na Concha Acústica de Ilhéus 3

“…De dentro das frestas da selva de concreto e aço, brotam novas raízes, de uma espécie soteropolitana ainda não estudada”. É com esse pensamento do rapper carioca BNegron, que a banda BaianaSystem, comandada pelo vocalista Russo Passapusso se apresentará na Concha Acústica de Ilhéus. O evento, que acontece no dia 21 de abril, às 21 horas, terá outras convidadas especialíssimas: O Quadro e Bad Maria. O BaianaSystem é uma das principais revelações do cenário musical brasileiro nos últimos tempos, pois, traz uma mistura de África, Brasil e Caribe, com ritmos extraídos do Ijexá, Afoxé, Dancehall, Pagodão, Sambareggae, Cumbia, Chula, Dub, Cabula, Kuduro, Samba Duro, Cantiga de Roda e Eletrônica.

“A sonoridade dos artistas é diversa, mas as discussões sobre liberdade de gênero e luta pela igualdade social e racial estão muito presentes no trabalho destas três bandas”, comentam os organizadores. Para eles, todas as três bandas lidam bem com as ferramentas digitais, que transformaram a relação com o público e também a maneira de produzir e ouvir música na última década. “O conceito moderno de música em movimento, envolve novas possibilidades sonoras para a guitarra baiana, instrumento criado em Salvador, nos idos de 1940 e que foi responsável pela criação do trio elétrico”, explicam. Continue lendo

180 servidores do Regional cedidos à Saúde de Ilhéus recebem acolhimento do prefeito

180 servidores do Regional cedidos à Saúde  de Ilhéus recebem acolhimento do prefeito 4

Foto: Clodoaldo Ribeiro

Acolhimento, humanização e o papel do profissional da saúde como protagonista na construção de redes de cuidado. Foram os propósitos do encontro realizado na quarta (21), pela manhã, no auditório da Câmara Municipal. O ato marcou a boas-vindas aos 180 servidores – médicos, enfermeiros, bioquímicos, técnicos em radiologia, auxiliares administrativos entre outros -, que foram cedidos pelo Estado à saúde municipal. O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, acompanhado da secretária municipal de Saúde, Elizângela Oliveira, discursou, traçando um panorama geral de como encontrou a saúde no município. “Quando assumimos, herdamos uma rede básica destruída. São problemas acumulados ao longo de 30 anos, mas vamos responder com trabalho e você são importantes trazendo para a nossa rede básica a experiência vivenciada no Hospital Regional”, lembrou o prefeito.

“Ilhéus precisa de todos vocês. Vejo e reconheço o brilhantismo de cada um na luta por uma cidade mais digna, com mais qualidade e volume no atendimento à população”, conclama. Esse momento, disse ainda, “é de grande importância, pois permite a troca de saberes e experiências, refletindo diretamente no cuidado com os pacientes. A transformação vai acontecer aos poucos, mas será eficiente. Não tenho dúvidas que deste modo, vamos construir juntos, olhando para cada um de nós, e se perguntando de que forma gostaríamos de ser atendido na saúde pública e como proporcionar isso ao outro? Por isso, a partir de agora, avancemos com autoestima e mas também com resolutividade”, sublinhou Mário Alexandre.

Qualidade da atenção – Por sua vez, a secretária municipal de Saúde, Elizângela Oliveira, ressaltou o compromisso da atual gestão em ofertar à população um atendimento digno e de qualidade. Na oportunidade, a gestora apresentou sua equipe de trabalho que já atua na rede de saúde. Na sua avaliação, esse momento serve para oferecer informações, tirar dúvidas e passar o sentimento deste novo momento em que o município recebe estes profissionais. “A qualidade da atenção prestada pelos serviços de saúde está diretamente ligada a qualidade de cada profissional. Sabemos que é preciso treiná-los e fazê-los entender que ao final, o seu profissionalismo estará ligado à satisfação de cada paciente”, justifica.

Como vai ficar – A secretária explicou que os profissionais que já trabalham na assistência, continuarão cumprindo com seu ofício, assim como os profissionais que atuam na área administrativa. De acordo com ela, por determinação do prefeito Mário Alexandre, “foram mantidos os servidores e suas escalas, para que não fossem prejudicados”. Esse acolhimento individual é importante, acrescenta Elizângela, “pois já ficarão sabendo, a partir de hoje, em que unidade vai trabalhar e cumprindo a mesma carga horária que já cumpriam anteriormente”.

Depois de 30 anos servindo a saúde no Estado, o técnico em radiologia, Gumercindo do Rosário se sente mais servidor do que nunca. “Me sinto honrado poder somar e ser participante desta parceria. Irei continuar servindo a população como sempre fiz, contudo, sei que mudanças não são fáceis, mas é perceptível a atuação do município quanto a gestão desse processo”, elogia. Continue lendo

Morre em Ilhéus o jovem Ualef Silva, de apenas 14 anos, medalhista de ouro na canoagem

Morre em Ilhéus o jovem Ualef Silva, de apenas 14 anos, medalhista de ouro na canoagem 5

A equipe brasileira de Canoagem Velocidade sofreu uma perda nesta quarta-feira, em Ubaitaba, no Sul da Bahia. Faleceu no Hospital Regional da Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, o atleta Ualef Silva Moreira, 14 anos, que havia sido internado depois de sofrer parada cardíaca, consequência de uma convulsão em casa no bairro da Ruinha. Foi infrutífera a tentativa de reanimação por parte da equipe médica do hospital.

Atleta promissor, Ualef Moreira conquistou títulos de campeão Baiano e Brasileiro na categoria cadete ano passado, o que o credenciou a integrar a equipe que participou entre os dias 2 e 5 de novembro do Campeonato Sul-americano Menor, Cadete, Master e SUP, que foi realizado em Montevidéu, no Uruguai. No certame, a equipe brasileira esteve composta por 34 atletas, sendo 28 deles das categorias menor e cadete, categorias de atletas jovens, o futuro da Canoagem Brasileira. Ualef conquistou duas medalhas de ouro.

Ao tomar conhecimento do falecimento do atleta de Ubaitaba, a prefeita Suka Carneiro, externou à sua família Moção do Pesar em nome da canoagem que tem elevado o nome do Município no cenário esportivo nacional e internacional. “Ualef não deixa um vazio apenas no seio de seus familiares, mas sua partida entristece a todos nós, que vemos no esporte, como a canoagem, a saída digna de crianças e adolescentes como ele que buscam viver com dignidade”, disse a prefeita. Conforme diz o Blog do Rodrigo Ferraz.

ILHÉUS: Corpo de adolescente é encontrado no Teotônio Vilela

ILHÉUS: Corpo de adolescente é encontrado no Teotônio Vilela 6

O corpo de um adolescente foi encontrado nesta tarde no Teotônio Vilela. A vítima foi identificada por Luiz Fernando, que estava desaparecido desde ontem (21), quando foi surpreendido por uma corrente e acabou desaparecendo nas águas do rio, e consequentemente, morreu afogado. 

O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal de Ilhéus. O Luiz era morador do Alto São João e o corpo foi encontrado atrás do sítio de Gilmar ex-candidato a vereador na cidade.  Continue lendo

Prefeitura de Ilhéus vai combater trabalho infantil

Prefeitura de Ilhéus vai combater trabalho infantil 7

Foto: Noberto Alves

A Prefeitura de Ilhéus nomeou a comissão comissão interssetorial do programa de erradicação do trabalho infantil para combater o trabalho de crianças. Este grupo de trabalho tem como finalidade alcançar progressivamente todo a cidade num esforço para implantação de políticas públicas voltadas ao enfrentamento do trabalho infantil, atendendo as demandas da sociedade, articuladas pelo Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI).

O novo desenho do programa tem como objetivo acelerar as ações de prevenção e erradicação do trabalho infantil de acordo com o Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador e com a Carta de Constituição de Estratégias em Defesa da Proteção Integral dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Segundo o Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente, são consideradas trabalho infantil as diversas atividades econômicas ou atividades de sobrevivência realizadas por crianças ou adolescentes em idade inferior a 16 anos, exceto na condição de aprendiz, a partir dos 14 anos, sejam elas remuneradas ou não, com ou sem finalidade de lucro.
Continue lendo

Exposição itinerante Navio Negreiro – Castro Alves e Hansen Bahia chega a Ilhéus

Exposição itinerante Navio Negreiro – Castro Alves e Hansen Bahia chega a Ilhéus 8

Os negros, considerados mercadorias, eram obrigados a atravessar o Atlântico nos porões dos navios. Essa situação de violência e desumanidade foi retratada pelo poeta Castro Alves, no poema O Navio Negreiro. E, inspirado pelo poema baiano, o artista alemão Hansen Bahia retratou este período histórico na obra “Caminho das Lágrimas”.

Tanto o poema de Castro Alves, quanto à obra de Hansen serviram como referência para criação da exposição itinerante O Navio Negreiro – Castro Alves e Hansen Bahia.  A mostra está visitando algumas cidades baianas e depois de passar pela cidade de Porto Seguro será apresentada aos ilheenses, no Teatro Municipal de Ilhéus,de 23 de março a 01 de abril.

Durante a exposição, acontece na sede da Secretaria de Cultura de Ilhéus oficinas de xilogravura, ministrada pelo artista plástico Zimaldo Baptista Melo. As atividades ocorrerão nos dias 26 (manhã e tarde) e 27 (manhã). Formado em Artes Visuais, pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Zimaldo Baptista foi um dos participantes da XI Bienal do Recôncavo da Bahia.

Projeto do Centro de Memória da Bahia (CMB), unidade da Fundação Pedro Calmon (FPC), órgão vinculado à Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, a exposição teve a curadoria de Ayrson Heráclico e já passou por Salvador, São Francisco do Conde, Santo Amaro, Alagoinhas, Juazeiro, Feira de Santana, Jequié, Vitória da Conquista e Porto Seguro.

Para o diretor do CMB, Rafael Fontes, as obras de Hansen provoca no público a reflexão sobre o que foi a escravidão, “a história precisa ser pensada e discutida nos dias de hoje. Por isso, a exposição itinerante leva às cidades oficinas, debates e discussões sobre o que foi a escravidão”, disse Rafael. As cidades de Itabuna, Valença e Cachoeira ainda receberão a mostra este ano. Continue lendo