Ilhéus

ILHÉUS: Cana Brava organiza ampliação para o decorrer do ano

ILHÉUS: Cana Brava organiza ampliação para o decorrer do ano 1

O Cana Brava All Inclusive Resort segue sua rotina de obras em 2018. Para o decorrer do ano, a administração prepara algumas novidades. O quarto bloco de apartamentos é a principal delas. A ampliação do restaurante e a restauração de alguns quartos completam o combo de novidades.

Na ala de habitações serão 54 quartos e as outras obras acontecem para acompanhar o aumento de clientes que deve aumentar. “Nosso público deve crescer e precisamos agir de forma compatível”, raciocina Maitê Teixeira, gerente Comercial do resort.

Num capítulo anterior do projeto de crescimento, o meio de hospedagem inaugurou o restaurante Coco Dendê, o terceiro do complexo.

Motivos para a ampliação
O aumento ganha sentido quando a executiva fala sobre os números do ano na unidade. A média de ocupação até aqui é de 84% e só há diárias disponíveis para o mês de maio. 

O público de lazer é o responsável por fazer desses índices realidade na propriedade. “As famílias são nosso principal cliente e quem lota o resort”, reforça Meitê. Continue lendo

ILHÉUS: “PERGUNTAR NÃO OFENDE”: CADÊ A OPERAÇÃO TAPA-BURACOS?

ILHÉUS: “PERGUNTAR NÃO OFENDE”: CADÊ A OPERAÇÃO TAPA-BURACOS? 2

O início do governo Newton Lima (Sem Partido) foi marcado pela política apelidada de “feijão com arroz”. Onde, para quem se lembra, os serviços tidos como básicos foram organizados, e, pelo menos por um tempo, a cidade se viu livre de buracos em suas vias, etc.

O governo Jabes (PP), iniciou fazendo auditoria em todas as pastas, em 2014 gastou 3 milhões com uma empresa para tapar buracos na cidade, em seguida, comprou uma usina asfáltica, mas Ilhéus continuou cheia de buracos.

Em 2017, O Prefeito Mário Alexandre (PSD) iniciou a recuperação de vias, até que a obra foi embargada pela Secretaria de Meio Ambiente.

Atualmente, uma nova empresa vai gerenciar a usina asfáltica municipal. A empresa já teve o contrato homologado e aguarda a conclusão do licenciamento ambiental para entrar em operação. “Acreditamos que este processo será rápido e eficiente e de acordo com normas de proteção ao meio ambiente, como tem que ser”, assegurou o titular da Seintra. Continue lendo

Prefeitura de Ilhéus não cumpre Acordo Coletivo realizado com o SINSEPI

Prefeitura de Ilhéus não cumpre Acordo Coletivo realizado com o SINSEPI 3

A Prefeitura de Ilhéus assinou acordo coletivo de trabalho com o SINSEPI para o período de 2017.  O ato está publicado no Diário Oficial Eletrônico, edição de 13 de novembro de 2017.

O acordo coletivo de trabalho foi assinado pelo prefeito Mário Alexandre Sousa; pelo procurador geral, Márcio Cunha Rafael dos Santos; e pelo secretário de Administração Bento Lima Neto; além dos representantes do SINSEPI JOSÉ JOAQUES SANTOS SILVA (Presidente) e RAFAEL DE JESUS SANTOS (Secretário Geral) respectivamente.

Sobre o adicional de insalubridade, a CLÁUSULA 11ª – ADICIONAIS, o Município se submeteu a conceder a TODOS OS FUNCIONÁRIOS QUE FAÇAM JUS, o adicional de insalubridade, periculosidade, penosidade, e outros instituídos em lei, incidindo sobre o Salário Base. Todavia, nenhum servidor foi comtemplado após acordo coletivo pelo cálculo de insalubridade pelo base, mas sim pelo mínimo, informou um servidor.

Vale salientar que o cálculo de insalubridade é pelo mínimo conforme Súmula n. 47 do TST, a saber:

“envolve maior perigo para a saúde do trabalhador e, por isso mesmo, ocasiona um aumento na remuneração do empregado. Em consequência, o trabalho nessas condições, acima dos limites de tolerância estabelecidos pelo Ministério do Trabalho, assegura ao empregado o direito ao recebimento de um adicional, de 10%, 20% ou 40% sobre o salário mínimo, ou mínimo profissional, conforme se classifique a insalubridade, respectivamente, no grau mínimo, médio ou máximo, segundo apurado por perito, médico ou engenheiro do trabalho registrado no Ministério do Trabalho”. grifo nosso

Continue lendo

ILHÉUS: Imóveis do Minha Casa Minha Vida são vendidos até no cartão de crédito

O fato é que alguns apartamentos estão sendo negociados ilegalmente

ILHÉUS: Imóveis do Minha Casa Minha Vida são vendidos até no cartão de crédito 4

Donos de imóveis que venderam ou alugaram as casas construídas através do Programa Social Minha Casa Minha Vida em Ilhéus e região podem responder administrativamente e criminalmente por fraude, além de perder o imóvel.

O fato é que: alguns imóveis estão sendo negociados ilegalmente através de “contrato de gaveta” antes do prazo de quitação, que chega até 10 anos. Há casos de unidades habitacionais que mal foram entregues após sorteio e que são repassadas a terceiros mediante pagamento em dinheiro, promissórias e até o parcelamento através do cartão de crédito.

Pelas regras do programa, se a moradia for abandonada, cedida, emprestada, locada ou vendida a outra pessoa, o mutuário poderá ter seu contrato rescindido, e o imóvel será retomado pela Caixa Econômica Federal.

Em Ilhéus, as irregularidades incluem a venda e o aluguel da casa, além da cessão do imóvel para pessoas que não estão cadastradas.

A comercialização (aluguel e venda) de imóvel, sem a respectiva quitação, é nula e não tem valor legal. Quem vende ou aluga fica obrigado a restituir integralmente os subsídios recebidos e não participará de mais nenhum programa social com recursos federais. Já quem adquire irregularmente perderá o imóvel. Esta condição é informada ao beneficiário por ocasião da assinatura do contrato com a Caixa Econômica Federal. Continue lendo

Lançado edital do Processo Seletivo PROFQUI (Mestrado em Química)

Lançado edital do Processo Seletivo PROFQUI (Mestrado em Química) 5

Mediante lançamento do Edital Nº 140 de 03/04/2018, o seletivo do PROFQUI (Mestrado Profissional em Química em Rede Nacional) terá inscrições abertas a partir do dia 09 de abril de 2018. O PROFQUI oferecerá 221 (duzentos e vinte e uma) vagas.

São oportunidades para Araraquara – Universidade Estadual Paulista (07 vagas), Campo Grande – Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (12), Curitiba – Universidade Federal do Paraná (12), Ilhéus – Universidade Estadual de Santa Cruz (06), Jequié – Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (10), Londrina – Universidade Estadual de Londrina (10), Maceió – Universidade Federal de Alagoas (07), Medianeira – Universidade Tecnológica Federal do Paraná (12), Natal – Universidade Federal do Rio Grande do Norte (08), Porto Alegre – Universidade Federal do Rio Grande do Sul (20), Recife – Universidade Federal Rural de Pernambuco (21), Ribeirão Preto – Universidade de São Paulo (15), Rio de Janeiro – Universidade Federal do Rio de Janeiro (20), Seropédica – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (05), Uberaba – Universidade Federal do Triângulo Mineiro (05), Viçosa – Universidade Federal de Viçosa (20), Vila Velha – Instituto Federal de Ciência, Tecnologia e Educação do Espírito Santos (20) e Volta Redonda – Universidade Federal Fluminense (11).

  1. Poderão participar do Exame Nacional de Acesso ao Mestrado Profissional em Química, candidatos que atendam aos seguintes pré-requisitos: Que sejam portadores de diplomas de graduação em Química (Licenciatura ou Bacharelado) ou áreas afins em cursos reconhecidos pelo Ministério de Educação; 
  2. Estejam em efetivo exercício de docência em Química na Educação Básica.

A inscrição no Exame será inicialmente efetuada via internet (na página https://profqui.iq.ufrj.br) no período de 09 de abril a 11 de maio de 2018 até às 17h00, horário oficial de Brasília. O valor da taxa de inscrição é de R$ 50,00 (cinquenta reais) e deverá ser depositada no Banco do Brasil (Banco 001), Agência 1668-3, Conta Corrente 147.213-5, em nome da Sociedade Brasileira de Química. Continue lendo

ILHÉUS: Dois criminosos morrem e PM é baleado no distrito do Itariri

ILHÉUS: Dois criminosos morrem e PM é baleado no distrito do Itariri 6

Nesta quarta-feira (4), dois sequestradores, foram mortos em confronto com a polícia, na zona norte de Ilhéus. Um PM foi baleado na ação. Segundo informações policiais, os agentes foram abordados por um rapaz solicitando o apoio da PM para levar um dinheiro a uma conhecida no Distrito de Itariri.

Durante a diligência até o local, os policiais constataram que se tratava de um sequestro, dois indivíduos sequestraram duas mulheres e um homem e pediram dinheiro para libertar as vítimas. Continue lendo

CASAR CONVIDA: PALESTRA ‘‘POLÍTICAS PÚBLICAS DE CULTURA PARA AFRODESCENDENTES’’

CASAR CONVIDA: PALESTRA ‘‘POLÍTICAS PÚBLICAS DE CULTURA PARA AFRODESCENDENTES’’ 7

A CASAR – Casa da Cultura Popular de Ilhéus realizará na próxima terça-feira (10/04/2018), na sede da instituição, a palestra ‘‘Políticas Públicas de Cultura para Afrodescendentes’’, contando com explanação do palestrante Marinho Rodrigues, Presidente da Organização Gongombira de Cultura e Cidadania (Ilhéus) além de outros representantes da cena cultural da região Sul da Bahia e da capital.

A atividade faz parte das ações socioeducativas da CASAR e tem como objetivo elucidar através de relatos de experiência a importância das políticas públicas para o desenvolvimento dos trabalhos culturais voltados para os afrodescendentes. A palestra será seguida de roda de conversa tendo como participantes Lula Dantas (Presidente da ACAI – Associação do Culto Afro-Itabunense), Edgard Freitas (Educação Ambiental – Ilhéus), Nátali Yamas (membro da Associação de Afro Desenvolvimento Casa do Boneco de Itacaré) e Karlla Costa (Especialização em Gestão e Inovação e Sustentabilidade UESC- Canavieiras).

Também haverá participações especiais da Mestra Janete Lainha (Presidente da CASAR), Juscelina Nascimento (Diretora de Cidadania Cultural) e Suely Mello (Conselheira Estadual de Cultura), participação da RENAFRO (Rede Nacional de Religiões Afro-Brasileiras e Saúde) além de apresentação da Orquestra de Tambores Gongombira. Continue lendo

HRCC vai implantar serviço de diálise para pacientes internados

HRCC vai implantar serviço de diálise  para pacientes internados 8

Foto: GOV/BA

A partir deste mês de abril, o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, vai implementar o serviço de hemodiálise, exclusivo para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Hernani Vaz Krüger, diretor-geral do HRCC, ressalta que os procedimentos de diálise intra-hospitalar, em caráter de urgência darão maior assistência aos usuários que demandam os serviços.

“Com a implantação do serviço de diálise reduziremos a necessidade de transferências para outras unidades. A equipe dará suporte preciso aos usuários dialíticos internados. Contudo, é importante lembrar que as pessoas que precisam de diálise crônica, continuarão o tratamento nas unidades indicadas”, explica.

De acordo com Cláudio Moura Costa, diretor técnico do HRCC, o serviço vai atender exclusivamente os usuários em estado grave, internados na UTI e que apresentam quadro de insuficiência renal. “Quando há indicação para realização de hemodiálise, o usuário deve ter acesso rápido aos procedimentos, pelo fato de implicar maior risco de morte caso não seja dialisado para restabelecimento das funções renais”, enfatiza. Continue lendo