Esporte

Colo Colo enfrenta o Provincianismo

Colo Colo enfrenta o Provincianismo 1

Colo Colo enfrenta o Provincianismo (Modo de ser ou hábito próprio de uma província) local nas relações profissionais em Ilhéus e a tentativa de explorar quem é de fora, mesmo que esteja tentando ajudar o time da casa. Acostumada a tratar de negócios de forma profissional, a Arezza tem tido dificuldade para prestigiar os empresários locais.

Uma fonte da empresa comenta que, sempre que citam que a compra é da Arezza para o Colo Colo, os preços disparam e as dificuldades aumentam. Querem pagamento adiantado e cobram mais caro. “Tivemos que comprar colchões, roupas, fogão, travesseiros, enfim, tudo fora daqui”.

Um caso curioso foi o aluguel de um imóvel para o clube. Uma longa lista de corretores se dizia responsável pela intermediação e exigia comissão. Acontece que o imóvel pertence a um juiz de Salvador e o negócio foi fechado direto com ele.

O juiz avisou que não pagaria comissão para ninguém e os corretores passaram a ligar para a Arezza insistentemente, tentando ganhar alguma coisa. “Disseram que fizeram um favor de alugar o imóvel, que a gente deveria pagar comissão e até que iam cancelar a locação!” Continue lendo

ILHÉUS: Projeto Verão na Avenida tem saúde, esporte e lazer até março

ILHÉUS: Projeto Verão na Avenida tem saúde, esporte e lazer até março 2

O “Projeto Saúde, Lazer, Esporte e Movimento” estreou no domingo, dia 7 na Avenida Soares Lopes, com a participação de adeptos da atividade física, integrando a programação especial de verão em Ilhéus. As atividades foram incentivadas no horário das 7h30min às 11h30min, ao longo de toda a pista à direita, e no palanque armado nas proximidades da Catedral de São Sebastião. O projeto acontece todo domingo, até o dia 18 de março.

O evento é coordenado pela Secretaria de Turismo e Esportes (Setur), com o apoio das secretarias de Saúde e de Infraestrutura e Trânsito. No domingo, apesar do forte sol, crianças, adultos e idosos, nativos e turistas, compareceram à Avenida Soares Lopes para caminhadas, exercícios físicos, aulas de dança e aeróbica.

Os professores Jujuba e Alex, da Academia Vip, comandaram aulas de dança no palco instalado pela secretaria de Turismo e Esportes. Um posto de atendimento à saúde realizou aferição de pressão e outras ações para os participantes do Projeto e outros transeuntes. Por sua vez, a Superintendência de Transportes e Trânsito (Sutran) monitorou o tráfego em toda a avenida durante as atividades de lazer. Continue lendo

COLO-COLO: Apenas 6 times lutam por uma vaga na elite do Baianão 2019

COLO-COLO: Apenas 6 times lutam por uma vaga na elite do Baianão 2019 3

A disputa por uma vaga na elite do Baianão 2019 já tem data para ser iniciada. A partir de 3 de março, a bola rola e as emoções tomam conta dos torcedores na Série B do Baianão 2018.

Serão pouco mais de dois meses de disputa, com seis candidatos à vaga na Série A. Se inscreveram e serão postulantes à classificação velhos conhecidos dos torcedores, que já disputaram as últimas edições, como o Alagoinhas Atlético Clube (Atlético de Alagoinhas), Associação Atlética Teixeira de Freitas (Teixeira de Freitas), Colo Colo de Futebol e Regatas (Colo Colo), Galícia Esporte Clube (Galícia) e o Pituaçu Futebol Clube Cajazeiras (PFC-Cajazeiras).

Além deles, estará na disputa o Conquista Futebol Clube. Após anos longe das competições oficiais, o tradicional clube de Vitória da Conquista, que conquistou a então 2ª Divisão do Baianão em 1994 e vinha trabalhando com categorias de base e futebol feminino reestreará no futebol profissional já lutando pelo acesso.

Na primeira fase, as seis equipes ficarão em um único grupo, onde se enfrentarão entre si no sistema de ida e volta. As duas primeiras colocadas do grupo avançarão para a segunda fase, a final da competição.

Na decisão, as duas finalistas também se enfrentarão no sistema de jogos de ida e volta. A equipe vencedora se sagrará campeã e garantirá a única vaga na Série A do Baianão 2019.

A Série B do Baianão 2018 terá o total de 32 jogos, sendo 30 na fase de classificação e dois na fase final. Cada clube realizará o mínimo de dez e o máximo de 12 partidas.

Todos os duelos acontecerão nos finais de semanas (sábados ou domingos). Quatro deles em março, cinco em abril e três em maio. O campeão será conhecido em 20 de maio, um domingo.

Os clubes terão até 28 de fevereiro para inscreverem os atletas que disputarão o certame. Antes, em 18 de janeiro, a FBF e os filiados voltam a se reunir. Continue lendo

Ninguém foi punido pela Justiça na tragédia que deixou sete mortos na Fonte Nova

Ninguém foi punido pela Justiça na tragédia que deixou sete mortos na Fonte Nova 4

O Aratu Online iniciou na quinta-feira (16/11) uma série especial sobre os dez anos da tragédia na Fonte Nova, que resultou na morte de sete pessoas, no dia 25 de novembro de 2007. Na época, Bahia e Vila Nova-GO estavam na terceira divisão do Campeonato Brasileiro. Em campo, o empate sem gols entre as duas equipes garantia a baianos e goianos o acesso à Série B.

Aos 35 minutos do segundo tempo, a tragédia.

Parte do piso da arquibancada no anel superior do estádio desaba e dezenas de torcedores caem de uma altura de 15 metros, o equivalente a um prédio de cinco andares. Alguns, pelo lado de dentro do estádio. O restante, na parte externa. Destes, um ficou gravemente ferido e outros sete morreram.

Márcia Santos Cruz, 27 anos; Jadson Celestino Araújo Silva, 25 anos; Milena Vasquez Palmeira, 27 anos; Djalma Lima Santos, 31 anos; Anísio Marques Neto, 27 anos; Midiã Andrade Santos, 24 anos, e Joselito Lima Jr, 26 anos, saíram de suas casas para ver o Bahia e não retornaram.

Nesta terceira matéria do especial Último Lance está sendo abordada a questão judicial. Quem foram os culpados? Alguém foi preso? Como estão hoje os co-autores? Essas são respostas que você encontrará nas próximas linhas. Continue lendo

ILHÉUS: Etapa Bataclan do Circuito Cacau Running terá mais de 850 atletas

ILHÉUS: Etapa Bataclan do Circuito Cacau Running terá mais de 850 atletas 5

Mais de 850 atletas inscritos. 550, de outros lugares do País. Este é o Circuito Cacau Running, Etapa Bataclan, que acontece em Ilhéus, sábado (18). Considerada uma das mais importantes competições do gênero no Brasil, o circuito terá categorias de 5 e 10 quilômetros de corrida pelas ruas do Centro Histórico de Ilhéus. “A Etapa Bataclan fecha em grande estilo o Circuito Cacau Running de corridas de rua, com uma prova noturna e largada em local cheio de simbologias, onde a diversão está em primeiro lugar”, informa a comissão organizadora. A largada acontece às 19 horas, na avenida Dois de Julho, em frente ao Bataclan, uma das inspirações da obra literária de Jorge Amado e onde hoje funciona um restaurante.

A Comissão Organizadora informa que os kits contendo camiseta, squeeze, número e chip serão entregues nesta sexta-feira (17) das 14 às 19 e, no sábado (18), das 9 ao meio-dia. Os atletas deverão comparecer na avenida Dois de Julho, número 77, portando o comprovante de inscrição e identidade. Em caso de terceiros se responsabilizarem pela retirada, os mesmos deverão apresentar e entregar uma procuração específica acompanhada de documento de identificação do participante.

Classificação – Contarão pontos para o Ranking do Circuito Cacau Running, os atletas que se classificarem até o décimo lugar da categoria Geral e até o décimo lugar das categorias por Faixa Etária, havendo uma pontuação para o masculino e o feminino nas distâncias de 5 km e 10 km. Esta é a terceira e decisiva etapa do circuito, que já contou com provas nas etapas Coronéis (março) e Chocolate (julho).

Para além da competição esportiva, o Circuito Cacau Running movimenta a economia da cidade. Centenas de atletas de outras cidades e, até, de outros estados, participam da competição. O evento tem o apoio da Prefeitura de Ilhéus, por intermédio da Secretaria Municipal de Turismo e Esporte (Setur).

De acordo com a programação, a premiação dos atletas vencedores acontecerá no domingo (19), no Salão Nobre do Palácio Paranaguá. Entre 8 e 11 horas da manhã, serão premiados aproximadamente 150 atletas, no Ranking Geral e Ranking por Faixa-etária. Continue lendo

Futevôlei atrai bom público e dupla de Ilhéus conquista Série B

Futevôlei atrai bom público e dupla de Ilhéus conquista Série B 6

Os atletas de Ilhéus Lucas e Rondy foram os campeões na categoria B da sexta etapa do Campeonato Baiano de Futevôlei, realizada no último final de semana, na areia da praia da Avenida Soares Lopes, centro da cidade. O evento contou com a presença de vários nomes do futevôlei brasileiro, a exemplo de atletas que integram o ranking estadual e outros campeões baianos e mundiais da categoria.

Ainda no segundo lugar na mesma categoria ficaram os atletas Demi e Tiago; 3º, Reca e Sopha; 4º, Matheus e Luiz Felipe; 5º, Léo e Brenner; 6º, Paulo Víctor e Talles; 7º, Bambar e William; 8º, Vitinho e Iuri; 9º, Dan e Leandro; 10º, Lucas e Rominho.

Por sua vez, na categoria feminino, a classificação foi a seguinte: 1º lugar, Many e Vanessa; 2º, Liz e Luiza; 3º Laura e Thamara; 4º Paulinha e Geane e a quinta foi a dupla Edi & Clara. E, na categoria máster, foram: Washington e Gurubi; Mario e Cezinha; Tadeu e Marcelus; Rominho e Jarbas; Mochila e Piloto; João e Adauton e o sétimo foram Guaiamum e Cabeça

Três eventos esportivos distintos sediados em Ilhéus movimentaram a cidade no último final de semana. Além da sexta etapa do Campeonato Baiano de Futevôlei (com cerca de 700 visitantes, entre desportistas, árbitros e comissões técnicas), a cidade sediou a segunda rodada do Circuito Sesc de Corrida e Caminhada (que contou com a presença de 700 inscritos) e a final do Circuito Baiano de Pesca Esportiva (com mais de 300 competidores que vieram com suas embarcações). Continue lendo

Após 48 anos, Brasil voltará a não ter pilotos na Fórmula 1 em 2018

Após 48 anos, Brasil voltará a não ter pilotos na Fórmula 1 em 2018 7

(Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

O Brasil não terá um representante na Fórmula 1 pela primeira vez em 48 anos a partir de 2018. Com a aposentadoria de Felipe Massa ao final da atual temporada, um dos países mais apaixonados pela principal categoria do automobilismo mundial precisará se acostumar a torcer por estrangeiros, uma vez que não há qualquer previsão de novos brasileiros no grid a curto prazo.

Desde que Emerson Fittipaldi ingressou na Fórmula 1, em 1970, o Brasil teve representantes em todas as temporadas. Pela Lotus, Fittipaldi faturou o Mundial de 72, antes de se transferir para a McLaren, em 1974, quando novamente levantou o caneco e se firmou como um dos ícones do automobilismo brasileiro.

Depois de Fittipaldi abrir caminho, outros pilotos do Brasil trilharam uma trajetória vitoriosa na Fórmula 1. Nelson Piquet foi um dos mais ilustres, encerrando a carreira como tricampeão mundial. Dois de seus títulos foram conquistados guiando pela Brabham, em 1981 e 1983. Já em 1987, pela Williams, Piquet voltou a reinar na categoria, entretanto, um outro brasileiro já surgia para assumir o protagonismo: Ayrton Senna.

Um dos pilotos mais aclamados da história da Fórmula 1, Senna conquistou seu primeiro título em 1988, logo em sua estreia na McLaren. Após se destacar pela Lotus, o audacioso piloto da zona norte de São Paulo, enfim, pôde guiar um carro que o desse as condições necessárias para ele mostrar seu verdadeiro potencial e não decepcionou. Ao todo, foram três títulos (1988, 1990 e 1991), todos eles com a equipe inglesa, que também contava com Alain Prost, maior rival de Senna.

Com a morte do tricampeão mundial em primeiro de maio de 1994, no circuito de Ímola, em San Marino, Rubens Barrichello foi quem tomou o bastão e seguiu mantendo o Brasil em um lugar de destaque na Fórmula 1. Posteriormente, Felipe Massa herdou o posto do seu compatriota na equipe italiana e agora, prestes a encerrar sua carreira na principal categoria do automobilismo mundial, l o atual piloto da Williams ainda reflete sobre como escreverá o fim dessa história. Continue lendo

Ilhéus ganha nova casa de eventos neste sábado.

Ilhéus ganha nova casa de eventos neste sábado. 8

 

Ilhéus terá mais uma opção para as baladas dos finais de semana. A partir desse sábado será inaugurada a mais nova casa voltada para eventos de pequeno e médio porte da cidade, intitulada,Beach Garden Arena, a casa tem capacidade para 3 mil pessoas,e ainda dois formatos.

“E para eventos menores concentramos na área da piscina, para ficar mais requintada”( segundo Gedi,uns dos donos).

A Beach Garden Arena fica localizada na rodovia Ilheus/olivenca km 13 próximo a praia do back door.

Ilhéus ganha nova casa de eventos neste sábado. 9 Continue lendo