Educação

SESI – Ilhéus abre processo seletivo para bolsas de estudos do Ensino Médio

SESI - Ilhéus abre processo seletivo para bolsas de estudos do Ensino Médio 1

O Serviço Social da Indústria (Sesi) na Bahia abriu vagas para 410 bolsas de estudos gratuitas para o 1º ano do Ensino Médio, em 2018. Os interessados vão passar por processo seletivo. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet até o dia 19, domingo.

As bolsas são destinadas às escolas da rede na capital e no interior. O candidato precisa ser concluinte do 9º ano do ensino fundamental, ter 16 anos completos até 31 de março de 2018 e renda familiar de até dois salários mínimos.

As inscrições para concorrer às vagas devem ser feitas no site do Sesi. O candidato será submetido a uma prova escrita, composta de 45 questões objetivas e redação, de caráter eliminatório e classificatório. A avaliação será realizada no dia 3 de dezembro.

Para Salvador, o Sesi oferece 240 bolsas, sendo 140 delas para a Escola Djalma Pessoa (Piatã) e 100 para a Escola Reitor Miguel Calmon (Retiro). No interior do estado, 20 vagas são para o município de Luís Eduardo Magalhães, 20 para Vitória da Conquista, 20 para Barreiras, 30 para Ilhéus e 80 para a Escola SESI de Feira de Santana. Continue lendo

Secretaria de Educação da Bahia lança edital para concurso de professores e coordenadores com mais de 3 mil vagas. Confira

Secretaria de Educação da Bahia lança edital para concurso de professores e coordenadores com mais de 3 mil vagas. Confira 2

Estão abertas as inscrições do Concurso Público para professor e coordenador pedagógico da rede estadual de ensino. Serão disponibilizadas 3.096 vagas para o cargo de professor e 664 vagas para o cargo de coordenador pedagógico. O edital foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (10).

A seleção para os cargos de professor e coordenador pedagógico será composta por três etapas: provas objetivas (etapa habilitatória e classificatória), prova discursiva (etapa habilitatória e classificatória realizada juntamente com as Provas Objetivas) e prova de títulos para os candidatos habilitados na prova discursiva.

“Estamos querendo experimentar, nesse concurso, algo muito importante que é trabalhar com a possibilidade de abrir vagas para a Educação Inclusiva. Nossa meta, também, é caminhar para uma escola que funcione o dia todo, com atividades culturais e cursos profissionalizantes. Daí a importância de termos professores com uma carga horária de 40 horas de dedicação à escola, bem como a presença do coordenador pedagógico em todas as unidades da rede estadual”, disse Walter Pinheiro. Continue lendo

MEC vai apoiar formação de professores para educação de surdos, diz ministro

MEC vai apoiar formação de professores para educação de surdos, diz ministro 3

 

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse hoje (6) que o Ministério da Educação (MEC) busca a ampliar acessibilidade e políticas de afirmação de surdos. Segundo ele, está incluído na proposta da Base Nacional Comum Curricular, a formação adequada de professores, “para que a gente possa ter uma política pública cada vez mais inclusiva, respeitando a condição específica dos surdos ou daqueles que têm deficiência auditiva no nosso país”.

Mendonça Filho participou hoje do programa Por Dentro do Governo, produzido pela TV NBR, e comentou o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio deste ano: Desafios para a Formação Educacional de Surdos no Brasil.

Segundo o ministro, o Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), no Rio de Janeiro, é quem subsidia as políticas públicas para surdos no âmbito do MEC e apoia a sua implementação pelas esferas subnacionais de governo. “Na ponta, quem tem a responsabilidade direta por essas políticas públicas são os estados e municípios. Cabe ao Ministério da Educação induzir e apoiar politicas nacionais de inclusão geral e específicas”. Continue lendo

Internautas elogiam redação sobre educação de surdos, mas acham tema difícil

Internautas elogiam redação sobre educação de surdos, mas acham tema difícil 4

 

No primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ashtags #ShowDosAtrasados e #Enem estão entre os assuntos mais comentados do Twitter. Além de fotos e memes sobre as pessoas que chegam atrasadas aos locais de prova, o tema de redação chamou a atenção de muita gente. “Imaginar o povo chorando por causa do tema da redação, tá sendo melhor do que os memes dos atrasados. #Inclusão #ENEM #ENEM2017”, escreveu uma internautas.

 sua maioria, os internautas classificaram como difícil o tema Desafios para Formação Educacional de Surdos no Brasil. “Legal mesmo vai ser quando essa galera que tá fazendo o #ENEM sair hoje e vir pro tt [Twitter] reclamar do tema da redação”, disse um dos internautas. “O que as pessoas poderão falar sobre esse tema da redação, se nem a própria educação discute? #Enem”, escreveu outro. Continue lendo

ILHÉUS: 10 mil fazem ENEM neste domingo

ILHÉUS: 10 mil fazem ENEM neste domingo 5

Itabuna tem 11 mil fazendo provas do Enem e Ilhéus 10 mil entre os 490 mil que vão disputar o exame na Bahia neste domingo e no próximo, dia 12. O número de baianos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 representa 7,2% dos 6.731.203 inscritos em todos os estados para a prova.

Vitória da Conquista tem 18.732 concorrentes e Salvador o maior número, 120.241. Mas se engana quem acha que a maioria é de adolescentes. O maior contingente está na faixa de 21 a 30 anos, somando 174.495, depois os de 31 a 59 com 81.259. Os menores de 16 são 7.982 e 1.035 maiores de 60.

As provas são aplicadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em 160 municípios, mesmo número do ano passado, apesar do número de participantes ter diminuído 26,2% em 2017.

No Enem 2016, o estado teve 664.698 participantes. A queda no número de inscrições é consequência do Enem ter deixado de certificar o Ensino Médio, tarefa que voltou ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Continue lendo

Enem 2017 : Inep é notificado de decisão que suspende regra sobre direitos humanos no Enem

Lidia Neves – Repórter da Agência Brasil Edição: Juliana Andrade

Enem 2017 : Inep é notificado de decisão que suspende regra sobre direitos humanos no Enem 6
O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foi notificado da decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) que determinou a suspensão da regra que diz que quem desrespeitar os direitos humanos na prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio pode receber nota zero.

A assessoria de imprensa do Ministério da Educação (MEC) confirmou à Agência Brasil que o órgão foi notificado nesta quarta-feira (1º) à noite e deve recorrer o mais rápido possível. A Advocacia-Geral da União (AGU) informou que aguarda a publicação do inteiro teor do julgamento do TRF1 para analisar o recurso cabível. A prova de redação do Enem será aplicada a mais de 6 milhões de candidatos neste domingo (5).

A decisão judicial foi tomada em caráter de urgência a pedido da Associação Escola Sem Partido. A entidade alega que a regra é uma “punição no expressar de opinião”. “Ninguém é obrigado a dizer o que não pensa para poder ter acesso às universidades”, argumentou a Associação Escola Sem Partido.

O MEC reafirmou em nota que todos os seus atos são balizados pelo respeito irrestrito aos direitos humanos, conforme a Declaração Universal dos Direitos Humanos, consagrada na Constituição Federal Brasileira. A recomendação do ministério é que os candidatos sigam as regras do edital.

Texto ampliado às 20h30 para acréscimo das informações da AGU

Faculdade Madre Thaís implanta projeto ‘Bem Me Quero’ com o objetivo de atuar na promoção da saúde da mulher.

Faculdade Madre Thaís implanta projeto 'Bem Me Quero' com o objetivo de atuar na promoção da saúde da mulher. 7
O Projeto ‘Bem Me Quero’ é mais uma iniciativa da Faculdade Madre Thaís (FMT), visando aprofundar o conhecimento dos seus alunos, transferir conhecimento e levar o bem estar a população, principalmente àquelas faixas menos assistidas. A iniciativa dos cursos de Biomedicina e Enfermagem foi idealizada pelas professoras Renata Couto e Milena Aleluia e vai permitir a realização do exame preventivo do câncer do colo do útero.
Para realização do exame preventivo (Papanicolau), as interessadas devem fazer o agendamento nas terças-feiras, das 13h30min às 18 horas, através do telefone (73)3222-6428. O atendimento será na UPA da FMT. Serão beneficiadas mulheres com vida sexual ativa a partir de 18 anos de idade, contribuindo com R$ 15,00 e 1 kg de alimento não perecível.
A professora Ana Paula Adry, coordenadora do curso de Biomedicina da Faculdade, explica que “o Projeto ‘Bem Me Quero’, surgiu com o objetivo de atuar na promoção da saúde da mulher. Tem como finalidade o compromisso com as mulheres participantes visando melhor qualidade de vida, a partir da realização do exame de Papanicolau, promovendo o diagnóstico, prevenção e tratamento do câncer de colo de útero, lesões, inflamações vaginais e vaginoses”.
“Mulheres, em especial, que possuem vida sexual ativa devem realizar o exame de Papanicolaou pelo menos uma vez ao ano para detecção de possíveis alterações, aumentando as chances de cura. Desta forma, estamos em busca de novos desafios para que possamos alcançar resultados positivos e maior satisfação da população feminina, visto que o Brasil revela elevada incidência do câncer de colo do útero, correspondendo a 4ª causa de morte no país, chegando a ser o 1º colocado em áreas mais desfavorecidas,” frisa a professora.
Ela acrescenta que “o projeto Bem Me Quero estará acolhendo mulheres com muita responsabilidade e todo cuidado para se sintam seguras e amparadas, a partir da oferta de diagnóstico, orientações e esclarecimentos acerca da saúde da mulher”. A equipe, coordenada pela enfermeira, Renata Couto e pela biomédica Dra. Milena Aleluia, com a participação dos discentes de Enfermagem e Biomedicina Adrielle Acássia, Gilbernildes Bomfim, Girlene Bitencourt, Jaqueline Barreto, Jaqueline Ferreira, Manuela Rodrigues, Maria Clara Barbosa, Marta Caroline, Miquéias Rocha, Sara Leal, Vanessa Santos e Victor Arandiba.

Continue lendo

Ilhéus tem 90 vagas abertas para o PRONATEC

Ilhéus tem 90 vagas abertas para o PRONATEC 8

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia abriu, nesta quarta-feira (25), as inscrições para 2.455 vagas de cursos de qualificação pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) para a capital e interior do Estado. Os cursos, da modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC), são voltados para estudantes dos Ensinos Fundamental I e II (completo e incompleto) e Médio (completo e incompleto), além de pessoas que já fizeram outros cursos pelo PRONATEC, a exemplo de trabalhadores e mulheres em estado de vulnerabilidade. As inscrições seguem até o dia 3 de novembro.

Dentre os cursos ofertados, destacam-se: programador WEB, cuidador de idoso, microempreendedor individual, mestre de obras, instalador e reparador de redes de computadores, agente cultural, recreador cultural, organizador de eventos, auxiliar de laboratório de saúde, agente de recepção e reservas em meios de hospedagem, espanhol aplicado a serviços turísticos, inglês intermediário, confeiteiro, editor de vídeo, assistente financeiro, fotógrafo, maquiador e recepcionista.

As vagas estão distribuídas nos Centros de Educação Profissional e unidades compartilhas da rede estadual localizados nas cidades de Capim Grosso, Ipirá, Riachão do Jacuípe, Gandu, Valença, Ilhéus, Itabuna, Camaçari, Candeias, Dias D´avila, Itaparica, Lauro de Freitas, Mata de São João, Pojuca, Salvador, Juazeiro, São Domingos, Serrinha e Bom Jesus da Lapa. Continue lendo