Franklin Deluzio

Franklin Deluzio é graduado em Filosofia, graduando em Física pela Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Especializando em Gestão Pública Municipal (UESC), Design Digital Júnior, Design Editorial Júnior e Servidor Municipal de Ilhéus/BA.

Volume de chuvas permitirá economia na conta de energia por muito tempo; diz ONS

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema (ONS), Luiz Eduardo Barata, declarou, na última quinta-feira (06) que com o volume de chuva satisfatório abastecendo as principais bacias, a bandeira tarifária verde deve permanecer por “muito tempo”.

De acordo com Barata, a expectativa para o início do próximo ano é positiva. “Estamos terminando este ano com condições muito melhores do que terminamos o ano passado. Então nossa expectativa é muito positiva mesmo”, disse.

O sistema de bandeiras foi criado para informar o custo da geração de energia produzida no país. O sistema é composto por bandeiras nas cores verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2). No patamar 1, o adicional nas contas de luz é de R$ 3,00 a cada 100 kWh; já no 2, o valor extra sobe para R$ 5,00. Continue lendo

Ministro sugere fim do abono salarial e revisão do reajuste do mínimo

pis

A política de reajuste do salário mínimo deverá ser revista e o abono salarial extinto, para reequilibrar as contas do governo depois da aprovação da reforma da Previdência. As sugestões constam de documento do Ministério da Fazenda com o balanço da atual gestão e recomendações para o próximo governo, disponível na página da pasta na internet.

A pasta também recomenda o controle dos gastos públicos, com a redução de privilégios e incentivos fiscais para setores da economia, revisão dos gastos com o funcionalismo público e direcionamento dos benefícios sociais aos mais pobres para reduzir a desigualdade. Segundo o documento, o salário mínimo, cuja política de reajuste será substituída em 2020, deverá ser compatível com os salários do setor privado e o aperto nas contas públicas.

Desde 2011, o salário mínimo é reajustado com base na inflação dos 12 meses anteriores pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país) de dois anos antes. Caso o resultado do PIB seja negativo, a correção se dá apenas pelo índice de inflação. Essa política vigorará até 2019, sendo substituída no ano seguinte.

Segundo o Ministério da Fazenda, cada R$ 1 de alta no salário mínimo aumenta os gastos da União em R$ 304 milhões. A maior parte desses gastos o impacto decorre do reajuste do piso pago pela Previdência Social. A nova política de cálculo do mínimo deverá ser encaminhada pelo futuro governo até 15 de abril, quando será apresentado o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020. Continue lendo

Segurança do Carrefour suspeito de matar cão não foi espancado em Osasco; A imagem é de um site de Itabuna

Como toda notícia que gera comoção popular, o caso do segurança do Carrefour de Osasco (SP) suspeito de matar uma cadela de rua a pauladas na semana passada têm gerado notícias falsas na internet.

Circula nos últimos dias a informação de que o segurança foi “brutalmente espancado por populares revoltados com a morte do animal” e internado no Hospital Municipal Antônio Giglio, em Osasco, “com múltiplos ferimentos pelo corpo” (veja acima).

Leia abaixo um trecho do boato, publicado pelo blog O Congresso:

“O homem, que não teve o nome divulgado por questões de segurança, estava indo até a unidade do Carrefour onde trabalha para pegar alguns pertences quando foi reconhecido por manifestantes. Ele ainda correu, mas foi perseguido pelos populares que o alcançaram e desferiram vários golpes e pontapés. As agressões só cessaram após dois guardas civis intervirem e ajudarem o rapaz levando-o até o hospital.”

Não é verdade que o segurança do Carrefour de Osasco investigado pela morte de Manchinha, como a cadela era conhecido, foi gravemente ferido após ser espancado em retaliação. Continue lendo

Nordeste tem maior número de pessoas vivendo abaixo da linha da pobreza, diz IBGE

A crise e o aumento das taxas de desemprego em 2017 fizeram o contingente de pobres no país aumentar em 2 milhões, segundo dados do IBGE (Instituto Nacional do Seguro Social).

Havia 54,8 milhões de brasileiros nessa situação no ano passado, ou 26,5% da população brasileira, segundo IBGE. Em 2016 eles eram 25,7% dos brasileiros.

Pela linha definida pelo Banco Mundial -que é a métrica adotada pelo IBGE-, são considerados pobres aqueles que vivem com até US$ 5,50 (R$ 406 segundo a cotação do período analisado) por dia.

Também aumentou a quantidade de crianças que vive em domicílios pobres, passando de 42,9% para 43,4% do total da população com até 14 anos.

A Síntese de Indicadores Sociais do IBGE também analisa a prevalência de pobreza considerando as características das pessoas de referência dos domicílios.

Do total de moradores em domicílios em que a pessoa de referência era uma mulher sem cônjuge e com filhos de até 14 anos, 56,9% estavam abaixo dessa linha. Se a responsável pelo domicílio era uma mulher preta ou parda (igualmente sem cônjuge e com filhos no mesmo grupo etário), essa incidência subia para 64,4%.

 
A recessão econômica dos últimos anos foi responsável pelo aumento de pessoas nessas condições, segundo o IBGE. A taxa de desocupação, que era de 6,9% em 2014, e subiu para 12,5% em 2017.

Continue lendo

Terminal pesqueiro público de Ilhéus vai passar a processar camarão a partir de 2019

O Terminal Pesqueiro Público de Ilhéus, vai passar a processar camarão a partir de fevereiro de 2019. A informação é da assessoria de comunicação da Bahia Pesca.

O crustáceo será lavado, resfriado e filetado na unidade de beneficiamento do terminal, o que vai fazer com o valor de mercado aumente em ao menos 100%. Segundo a Bahia Pesca, o beneficiamento do camarão será realizado pela empresa G6 Comércio de Pescado.

A unidade tem capacidade para processar 120 toneladas de pescado por mês. Quando estiver operando com 100% da capacidade, o setor deve gerar cerca de 20 empregos diretos.
Continue lendo

Neto LX é flagrado com drogas e conduzido para a delegacia em Itabuna

O cantor Neto LX foi conduzido para a delegacia de Itabuna, no Sul do estado, depois de ser flagrado com maconha e ecstasy nesta quarta-feira (5). O artista ficou conhecido depois do sucesso da música ‘Gordinho gostoso’, em 2015. A assessoria do cantor informou que as drogas não pertencem a ele e que Neto foi levado para a unidade policial apenas para prestar esclarecimentos.

Segundo a Polícia Civil, o cantor estava com dois homens dentro de um carro quando foi flagrado por policiais militares. Os três foram conduzidos para a delegacia, onde assinaram um Termo Circunstanciado e foram liberados.

A assessoria de Neto LX nega que ele seja usuário de drogas e informou que o cantor estava de carona com um primo e um amigo quando foi abordado. Os três estavam fazendo compras em Itabuna quando foram parados em uma blitz. A produção confirmou que a maconha e o ecstasy estavam no veículo, mas informou que não pertencem ao artista.

Neto nasceu em Ilhéus, onde viveu até os 18 anos. Aos 12, ganhou o primeiro instrumento, um cavaquinho, presente da mãe, Edna, para incentivar seu talento musical. Quando completou a maioridade, ele se mudou para Itabuna, e 3 anos depois, chegou em Feira de Santana, onde formou a banda Luxúria, dando início a carreira profissional. Foi o início da ostentação, marca registrada do artista. Continue lendo

Anúncio
Técnico em informática em Ilhéus

Técnico em informática em Ilhéus

Ultra Li

ADMINISTRAÇÃO DE SITES, BLOG E HOSPEDAGEM WEB
Administração técnica do seu site e blog, mantendo o funcionamento otimizado.

Solicite seu orçamento Aqui