Nesta quarta-feira (13), o atual presidente da Câmara Municipal de Ilhéus, o vereador Paulo Carqueija (PSD), usou sua fala em tempo regimental durante à 10ª Sessão Ordinária, para apresentar uma minuta de acordo sobre a situação do pagamento dos 60% dos valores referentes aos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF) aos professores municipais.

Segundo o parlamentar, a referida minuta “não é finalista, ela está passível de qualquer alteração”, propondo com isso um chamado para o diálogo entre as partes. Durante a fala, o vereador estava com a proposta impressa em mãos e encaminhou uma cópia à Associação Defensora dos Interesses dos Profissionais Ativos, Aposentados, Pensionistas e Herdeiros da Educação (ADIPAAPHE), a APPI/APLB e à Procuradoria do Município.

Não é a primeira vez que Carqueija utiliza a tribuna para abordar o tema, em 27 de fevereiro o presidente convidou os professores da rede municipal para o diálogo, propondo uma intermediação entre as partes, concedendo, inclusive o espaço da Casa Legislativa. Na Sessão Ordinária da última terça (12), o parlamentar também reforçou este pedido durante o seu tempo de fala em plenário, afirmando que “nós (professores) corremos o risco de termos os precatórios do FUNDEF devolvido, precisamos desse acordo, é preciso que cada um diminua a sua dita relevância”, disse o presidente da Casa Legislativa.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *