O Juiz da Vara do Júri e Execuções Penais da Comarca de Ilhéus, Gustavo Henrique Lyra aceitou a denúncia oferecida pelo Ministério Público da Bahia e tornou réu o Agente de Trânsito, Danilo Cruz da Silva, o autor do feminicidio da sua esposa, Clea Aline Santos Andrade, de 38 anos.

Recebo a denúncia em todos os seus termos, por considerá-la amparada em lastro informativo suficiente para a deflagração da ação penal. O inquérito contem depoimentos que indicam autoria e laudos técnicos que delineiam a possibilidade de ocorrência material da conduta descrita na peça acusatória, disse o magistrado em decisão no processo de n. 8000075-30.2024.8.05.0103.

Danilo Cruz da Silva foi preso em flagrante, logo após matar a esposa Clea Aline Santos Andrade, de 38 anos, com um tiro. O crime aconteceu por volta das 23h30 desta quarta-feira (27/12), na residência do casal, no bairro Hernani Sá, em Ilhéus. No local, a polícia encontrou a arma utilizada no crime por Danilo, que confessou o crime. 

Clea Aline trabalhava no setor financeiro do Hospital Regional Costa do Cacau.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *