“Foi essa administração que tirou a gente da lama”, afirmou o aposentado Luiz da Cruz, morador da Rua Queiroz há mais de 30 anos. Na última sexta-feira (4), acompanhado do vice-prefeito Bebeto Galvão, vereadores e comunidade, o prefeito Mário Alexandre entregou a pavimentação em paralelo nas ruas Ouro Verde, Queiroz e áreas adjacentes, no Basílio.

A intervenção atende uma reivindicação antiga da população local, que convivia com a lama na porta de suas casas, nos dias de chuva, mas hoje pode trafegar com conforto e segurança pelo bairro. A 1ª Travessa Nossa Senhora de Fátima, que liga a Rua Nova Esperança à Rua Nossa Senhora de Fátima, no Alto do Basílio, também integra o rol.

No total, foram 2,1 quilômetros de ruas pavimentadas, sendo 300 metros através dos serviços de pavimentação comunitária, incluindo implantação de passeios e contenção em alvenaria de pedra. Conforme a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), o investimento foi de R$ 1,3 milhão, por meio de emenda do deputado federal Paulo Magalhães e contrapartida da Prefeitura de Ilhéus.

As obras beneficiaram cerca de 600 famílias, além de possibilitar o trânsito e o comércio da região.

“Estou extremamente feliz. Ver a felicidade do meu povo me emociona e isso não tem preço. Eu entrei nessa rua em 2016 e era pura lama. Quando chovia era inviável transitar, mas hoje, graças a Deus e ao nosso trabalho, a realidade é outra. As ruas estão todas pavimentadas, com passeio e iluminação de LED”, disse Mário Alexandre.

Aprovação da comunidade – Para Marileide Xavier, conhecida como Leidinha, “é um sonho. Foram vários anos pisando na lama. Em nome da comunidade da Vila Queiroz, agradeço ao prefeito Mário Alexandre pela entrega dessa obra”, comentou. Outro que também mostrou a sua alegria com a pavimentação foi Edmilson dos Santos Ramos, de 48 anos, morador da localidade há 35 anos.

“Essa obra foi muito boa, um benefício total. Estamos aqui para agradecer à Prefeitura por ter atendido o clamor de todos os moradores”, disse. A proposta consiste ainda na construção de uma praça na comunidade, creche municipal e término das obras da quadra poliesportiva.

“Há muitos anos, os moradores daqui clamavam ao poder público por essas melhorias. Agora transitam com mais comodidade. E mais, essa obra passa a integrar as comunidades, que poderão se deslocar até o Alto do Basílio de forma segura, a pé ou de carro”, acrescentou Bebeto.

“Essa obra foi muito boa, um benefício total. Estamos aqui para agradecer à Prefeitura por ter atendido o clamor de todos os moradores”, disse. A proposta consiste ainda na construção de uma praça na comunidade, creche municipal e término das obras da quadra poliesportiva.

“Há muitos anos, os moradores daqui clamavam ao poder público por essas melhorias. Agora transitam com mais comodidade. E mais, essa obra passa a integrar as comunidades, que poderão se deslocar até o Alto do Basílio de forma segura, a pé ou de carro”, acrescentou Bebeto.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *