A eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Ilhéus após meses de batalhas em sede judicial, teve na data de ontem (10) novo episódio. O Presidente do Tribunal de Justiça da Bahia retirou o efeito suspensivo sobre a sentença que julgou procedente o Mandado de Segurança impetrado pelo vereador Evilásio Valverde (PODEMOS) declarando a nulidade da referida eleição.

O trabalho jurídico foi desenvolvido pela Banca de Advogados ALEXANDRE BRANDÃO ADVOCACIA E CONSULTORIA, que atua no processo desde o seu início, a qual foi a responsável pela elaboração da tese de nulidade da eleição, após detida análise de como se deu o processo eleitoral.

No trâmite do processo, a banca de advogados assistiu a procedência do pedido liminar e sentença favorável ao requerimento de nulidade da eleição da Mesa da Câmara de Vereadores de Ilhéus.

Contudo, já no início do processo, a Presidência do Tribunal concedeu suspensão da liminar, com efeitos estendidos à sentença, no entanto, o escritório Alexandre Brandão Advocacia agravou a decisão, causando reviravolta do processo com a nova decisão da Presidência do Tribunal reconsiderando a atribuição do efeito suspensivo e determinando o cumprimento da sentença que anulou a eleição.

Agora a Câmara Municipal deverá realizar novo pleito eleitoral, seguindo as normas regimentais da Casa, para definir a mesa diretora que irá reger os trabalhos até o final desta legislatura.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *