O Ilhéus tem 12.974 mil indígenas, de acordo com dados do Censo 2022 divulgados na manhã desta segunda-feira (7) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Este público representa apenas 7,26 % da população que reside na cidade.

A população indígena soteropolitana também praticamente quadruplicou frente a 2010, quando somava 7.563 pessoas. O aumento de 266,79% no período representou mais 20.177 indígenas na capital baiana, em 12 anos. Foi o segundo maior aumento da população indígena ente as capitais, em termos absolutos e percentuais.

Porto Seguro, com 17.771 indígenas, era o 2º município com mais indígenas na Bahia e ocupava a 14a posição nacional; e Ilhéus, com 12.974 indígenas, tinha a 3a maior população indígena do estado e ficava em 21o lugar no ranking brasileiro.

Na Bahia, houve mudanças na lista dos dez municípios com maiores populações indígenas, entre 2010 e 2022. Salvador e Porto Seguro ficaram com as duas primeiras posições em ambos os Censos, e Prado também sustentou o 7º lugar.

Santa Cruz Cabrália cedeu a 3ª posição para Ilhéus, caindo para 4º lugar; Feira de Santana subiu da 10ª para a 6ª posição; e Eunápolis, Paulo Afonso, Lauro de Freitas e Camaçari estrearam no top-10, no Censo 2022. Por outro lado, Pau Brasil, Banzaê, Itaju do Colônia e Glória deixaram esse ranking.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *