Neste domingo (2), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, acompanhado da primeira-dama Janja Lula da Silva e do ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, desembarcou no Aeroporto Jorge Amado, onde foi recepcionado pelo prefeito Mário Alexandre e pela deputada estadual Soane Galvão. O encontro antecede o evento da BAMIN, sendo fundamental para fortalecer o diálogo entre os entes e apresentar demandas pontuais voltadas ao município e a toda a região.

A comitiva federal participará na manhã desta segunda-feira (3), a partir das 9h, do lançamento da parte final do primeiro trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL). O evento acontece na BA-262 (Rodovia Ilhéus-Uruçuca), km 32, próximo à entrada da Biofábrica de Cacau. A obra representa um passo importante no que diz respeito à infraestrutura logística do país. O ato contará com a presença do governador Jerônimo Rodrigues e autoridades políticas do estado, além da imprensa, empresários do setor produtivo e executivos da BAMIN.

“Momento que nos enche de alegria, porque a nossa cidade tem sido beneficiada com tantas iniciativas promissoras. Gratidão ao nosso presidente Lula, ao ministro Rui, aos senadores Jaques Wagner e Otto Alencar e ao nosso governador Jerônimo, que unidos mudaram a cara não apenas de Ilhéus, mas da Bahia e com certeza mudarão a cara do nosso Brasil”, declarou Mário Alexandre.

O consórcio TCR-10, formado pela brasileira Tiisa e pela chinesa CREC-10, é o responsável por executar as obras em uma extensão de 127 quilômetros. Conforme a BAMIN, o trecho 1F da FIOL também passará pelos municípios de Uruçuca, Ubaitaba, Gongogi, Itagibá, Aurelino Leal e Aiquara. Os serviços somam recursos na ordem de R$ 1,1 bilhão e têm previsão de conclusão em até três anos. A estimativa é que 1,2 mil postos de trabalho sejam gerados, no decorrer da construção do Lote F1.

Corredor logístico de exportação para o Brasil – A FIOL vai elevar a Bahia ao lugar de terceiro maior produtor de minério de ferro do Brasil, ficando atrás somente do Pará e Minas Gerais. A injeção de investimentos da BAMIN para execução do intermodal é da ordem de R$ 20 bilhões, recurso que inclui também a operação da Mina Pedra de Ferro, localizada em Caetité.

::Publicidade
Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *