Uma variedade de dispositivos que visam regulamentar as relações entre a administração e os particulares no uso dos espaços urbanos, contudo a sociedade ainda se depara com diversos excessos e omissões na utilização desses bens.

Dentre os diversos casos de desrespeito no uso do bem comum, será destacada a utilização irregular das calçadas pelos proprietários de estabelecimentos comerciais, fato recorrente que tem dificultado a mobilidade e trazido diversos nas vias públicas.

Nossa redação recebeu de moradores um exemplo claro de desrespeito aos dispositivos municipais. Na Avenida Princesa Isabel, um comerciante abriu uma borracharia, até aí sem problema, mas colocou vários pneus em cima do passeio, fazendo com que qualquer transeuntes tenham que se arriscar na pista para conseguir se deslocar a outra parte do passeio.

O pedestre ilheense costuma sofrer com as ocupações irregulares do espaço público. Carros estacionados em calçadas e bares que invadem ruas e passeios são obstáculos cotidianos enfrentados pelo cidadão em Ilhéus.

O caso será enviado à Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

::Publicidade
Compartilhar Post:

18 thoughts on “MORADORES RECLAMAM DE USO ILEGAL DA CALÇADA NA AVENIDA PRINCESA ISABEL EM ILHÉUS

  1. Nos mães temos que andar pela rua,com as crianças, levando e buscando das escolas,que são bem na horas de picos. Muitos carros na calçada tbm.

    1. É verdade. A Sutram precisa fazer ronda pela cidade e começar a notificar e multar esses casos. Porque todo lugar agora pode ser estacionamento.

      1. É comum na idade inteira o morador ou comerciante fazer um puxadinho para ampliar seu espaço e tem local que o morador fez uma cobertura no passeio e o transformou em garagem.
        Parece uma cidade sem comando.

        Joaquim

  2. A avenida Ubaitaba então, além das calçadas que o pedestre não pode passar tem os buracos e esgotos quê quando os carros passam você pode ficar perfumado, situação difícil também quando os caminhões grandes passam por la e estacionam para carga e descarga.

  3. Só na Princesa Isabel não. Na cidade toda. Cadê o secretário de transporte da mesma? Fico revoltada com os carros estacionados nas calçadas e os pedestres terem que passar pela rua. As faixas de pedestres todas apagadas. Aqui na Avenida Itabuna com a Canavieiras, deveriam ficar um agente escondido pra ver as barbaridades que fazem todos os dias. E dizem que o secretário vai se candidatar a prefeito. Ai ai.

  4. Lamentável, as calçadas dessa Av servem de estacionamento,e o pedestre é obrigado a andar na via,se arriscando e complicando a vida dos motoristas,
    Mais não podemos esperar muito de uma cidade mau administrada, desorganizada,uma cidade linda e abandonada pelo poder público.

  5. Bom dia, se fosse só isso tudo bem mais por que não falar daqueles que fazem dos passeios estacionamento e garagem forçando aos pedestres transitarem e disputarem espaço com os carros e lembrando que esse problema não reflete apenas na Princesa Isabel mais em toda a cidade onde nosso órgão de trânsito faz vista grossa e só se preocupam com os semáforos que é o que dá dinheiro pros cofres públicos e esqueçem de organuzar e fiscalizar o trânsito nas ruas adjacentes.

  6. Resido em Ilhéus há cerca de um ano e meio, víndo de Salvador e apesar de conhecer a cidade desde pequeno, só fui tomar conhecimento das mazelas da cidade depois que passei a morar.
    A cidade parece uma terra sem lei, sem comando seja no trânsito (onde muitos não cumprem as regras, param onde querem e bem entendem, não dão preferência quando existe a placa e nem a quem está subindo invadem o sinal a qualquer hora e maioria dos semáforos só vivem com defeito etc.). Bairro em pleno centro da cidade com ruas de terra e esburacadas e quanto as calçadas a reportagem já diz tudo, mas é um verdadeiro mangue pois cada morador se acha no direito de fazer o quer e bem entendem em frente a sua casa ou seu comércio. Seja um puxadinho para ampliar seu comércio ou para fazer garagem coberta.
    Na citada Avenida então é uma festa. Carros com as quatro rodas em cima do passeio, freezeres e outros objetos da casa comercial colocados nos passeios e em pontos, bares que fecham a rua colocando toldo e mesas.
    Na Avenida Ubaitaba então é uma baderna total.
    Outra coisa que a Prefeitura deveria fazer era regulamentar os horários para a circulação de caminhões de grande porte na cidade e por fim capacitar os agentes de trânsito a fazer ocorrências de acidentes como em Salvador e pergunto? Estes agentes de trânsito daqui servem para que mesmo?

    1. Verdade. Agente de trânsito serve para multar quem eles querem, não quem estão errados. Na porta da nossa loja avenida itabuna, os carros dos vizinhos ficam estacionados nas portas o dia todo, atrapalhando os logistas em todo setor

  7. Itabuna e ilheus são duas cidades que não crescem… Misericórdia… Nem.o básico o povo tem consciência. E as respectivas prefeituras ignoram.

  8. Quero que algumas autoridades ligados a infraestrutura e outros órgãos, responderem se por ventura ao desviar-me de alguns obstáculos deixados sobre o uso de espaços de moradores ou quaisquer habitantes for atropelados de quem será culpado o proprietário da casa aonde encontrava o obstáculo ou o atropelante?

  9. Não é o único bairro não!!Aqui na Conquista é um absurdo!Os moradores colocam os carros na calçada impedindo o tráfego de pessoas.Nós temos que ir para a estreita pista . É um descaso.Tem que haver fiscalização.

  10. Bom dia! O mais interessante é que cada um se acha dono do espaço público, além de fazerem de estacionamento, colocam rampas com pisos deslizantes que quando molhados tornam escorregadio onde já fui vítima de duas quedas… A calçada pública tem que ser liza e tem que ser pra segurança do pedestre!

  11. O meu povo que me perdoem !!! Sou Ilheense de nascença mas passei 25 anos residindo e trabalhando em São Paulo e após pouco mais de três anos de regresso a minha cidade natal me decepcionei com a tamanha falta de respeito que há entre as pessoas em Ilhéus. Prestação de serviço então, PÉSSIMO !!! Àqueles que julgam ser mais “aculturados” são na verdade aqueles que mais faltam com respeito com o próximo. Sinceramente, me causa imensa tristeza ao ver o descaso que não só as autoridades mas à população em sua grande maioria tem uns com os outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *